Templo processa a Netflix em U$ 150 milhões por exibir estátua em série

Imagem: Divulgação/Netflix

Templo vinha ameaçando processar a Netflix

Um templo satânico entrou com um processo contra a Netflix. A organização cumpriu ameaças prévias e está pedindo US$ 150 milhões da Netflix e da Warner Bros. A notícia foi confirmada nesta quarta (08).

De acordo com o The Blast, o processo está alegando uso inapropriado de imagem pela plataforma. Os documentam destacam que a série O Mundo Sombrio de Sabrina apresentam uma estátua de Baphomet, que se assemelha à uma peça criada pelo templo.

Assim, o templo está processando a Netflix por violação de direitos autorais. Além disso, também está processando por violação de marca registrada e prejuízo à reputação da empresa. Ela também está buscando uma liminar que impediria a Netflix e a Warner Bros de distribuir a série com as imagens supostamente infratoras.

Baphomet monument, Sabrina
Estátua citada em processo é vista várias vezes na série O Mundo Sombrio de Sabrina. Imagem: Divulgação.

Na documentação, ainda, o templo disse que a Netflix fez uma “réplica”, representando erroneamente a estátua original. Ainda, defende que a gigante do streaming está atribuindo à peça ações que seriam “moralmente repugnantes”.

Embora sites americanos tenham tentado uma declaração, a Netflix e a Warner Bros se recusaram a comentar o caso para a imprensa.

O processo

O co-fundador do templo, Lucien Greaves, alegou no dia 31 de outubro sobre a apropriação da série da Netflix. A alegação veio cinco dias após a estreia da série no catálogo de streaming.

Na ocasião, ele ressaltou que a Netflix “se apropriou” do projeto do monumento de Baphomet, que é se de sua organização, e protegido por direitos autorais.

O assustador monumento pode ser visto em várias cenas da série, enquanto a bruxa adolescente frequenta a Academia de Artes Invisíveis (basicamente Hogwarts para satanistas). A peça é uma espécie de criatura com uma cabeça de bode.

Nova Sabrina

O Mundo Sombrio de Sabrina é uma releitura dark da origem e das aventuras de Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira. Uma história de transição entre a adolescência e a vida adulta, a série apresenta elementos de terror, ocultismo, e, é claro, muita bruxaria.

Seguindo a linha de clássicos como O Bebê de Rosemary e O Exorcista, esta adaptação mostra uma Sabrina que luta para conciliar sua natureza dupla – meio bruxa, meio mortal – enquanto combate as forças do mal que ameaçam a sua própria vida, a de sua família e o mundo habitado pelos humanos.

A primeira temporada já está disponível completa na Netflix. Além disso, uma segunda temporada já foi encomendada, antes mesmo da estreia.

Leia também: Elenco de “Sabrina” dos anos 1990 comenta versão da Netflix

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.