The Flash – 4×05 – Girls Night Out

Imagem: The CW/Divulgação

Quando anunciaram algum tempo atrás que neste quinto episódio teríamos a despedida de solteiro de Barry e Íris, eu não imaginava que veríamos Barry em um dos seus melhores momentos dentro de The Flash: bêbado. Foi desde um dos primeiros episódios da primeira temporada da série (corrijam-me se estiver errado) quando o vimos uma vez alterado – mesmo que por poucos segundos – que aguardávamos um dia poder rir muito dele. E podemos dizer que foi missão cumprida. Sabemos que Grant Gust é um ator versátil, tem seus bons momentos trabalhando um lado dramático do personagem, também o lado artístico como no episódio musical, mas seu forte é e sempre foi o irônico e o cômico. Quando então junto de Carlos Valdes a coisa toma outro patamar.

Nesta semana, tivemos o primeiro crossover da temporada entre as séries da DC com a participação de Felicity neste episódio. Já que o elenco de The Flash é predominantemente masculino, foi uma boa adição feminina ao episódio para a despedida de solteiro de Iris. Apesar de ter sido apenas um extra especial para o episódio, sua participação foi divertida como todas são quando acontecem essas interações entre as 4 séries. Também foi bom que ela tenha testemunhado os acontecimentos com Caitlin ampliando assim o conhecimento da “vilã, não vilã” entre os personagens do universo DC.

Imagem: The CW/Divulgação

O episódio equilibrou a comédia presente nesta temporada e começou a desenvolver melhor a nova trama da personagem Nevasca, o que nunca é demais dentro da série. Desde o ano passado ela ganhou um grande destaque e a evolução de Caitlin tem sido cada vez mais interessante. Com a ajuda de um bom roteiro, consequentemente os atores conseguem trazer à tona o melhor de seus personagens e Danielle Panabaker tem feito um excelente trabalho desde então. Pudemos sentir sua dor e angústia, todo aquele medo e receio em relação aos seus poderes, seus relacionamentos e seus segredos. Foi muito bom também vermos Caitlin e Íris mais tempo juntas em tela, criando laços mais fortes e demonstrando que o elenco feminino da série precisa e deve continuar ganhando espaço.

Amunet Black, ou Forja (Balcksmith no original) como é melhor conhecida nos quadrinhos, enfim deu as caras na série, depois de ter sido citada no primeiro episódio. Ter Katee Sackhoff interpretando a vilã fez toda a diferença ao episódio. Todo personagem que a atriz faz são ótimos e sua presença em cena continua incrível. Foi interessante ver um lado mais solto dela, que tem como marca personagens fortes e sérios. Assim como a forma com que trabalharam os poderes da personagem na série foi muito bom. As cenas de luta entre ela e Nevasca foram divertidas e empolgantes.

O grande vilão da temporada Pensador começou a dar seus primeiros passos e neste episódio podemos vê-lo pela primeira vez fora de seu esconderijo. Já fico esperando ver logo as cenas entre ele e Flash e curioso para onde a trama será conduzida. Girls Night Out foi um episódio recheado de vilões e um bom exemplo de como o cômico e o drama podem muito bem trabalhar em harmonia, e torcemos para que os roteiristas o sigam como exemplo para o restante dessa temporada.

PS: O que tem acontecido para que esse ano quase toda semana alguma série da DC cite algum personagem da sua concorrente Marvel? Neste episódio tivemos Felicity citando o Incrível Hulk, que já havia sido citado antes.

CURIOSIDADES:

– Nos quadrinhos, Hunk Norvock foi um chefe do crime dos anos 30 responsável por arruinar a carreira de advogado de Clifford DeVoe em seu primeiro grande caso. Anos mais tarde, já como Pensador, DeVoe passa a controlar Norvock e outras organizações criminosas.

– O meta-humano Weeper é totalmente diferente nos quadrinhos. Mortimer Gloom, o vilão Weeper, foi originalmente publicado pela Fawcett Comics antes da DC licenciar seus personagem. O personagem é conhecido por chorar após cometer algum tipo de crime ou atrocidade. Recentemente apareceu na animação Batman: The Brave and the Bold.

– Este foi o primeiro episódio em que Barry não aparece como Flash.

– A série Doctor Who foi citada por Joanie, filha de Cecile.

– Harry sarcasticamente chama Ralph Dibney de “Disney”. Depois quando são expulsos do strip club, Dibney lamenta dizendo que foi forçado a deixar “o lugar mais feliz da Terra”, a frase que já foi slogan da Disney World.

Girls Night Out

Nota do Episódio - 8.5

8.5

Review do quinto episódio da quarta temporada de The Flash, da The CW, intitulado "Girls Night Out".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.