The Gifted – 1×02 – rX

Imagem: FOX/Divulgação

Neste segundo episódio, The Gifted consegue manter o padrão do piloto de forma instigaste e preserva de um jeito seguro o ritmo da série.

O episódio começa com um rápido flashback e depois vemos Blink doente por usar seus poderes para salvar os outros mutantes ao final do piloto. Consequentemente ela perde o controle dos portais, abrindo-os de forma aleatória no esconderijo da resistência. Essa cena foi bem elaborada no sentido de permitir a criação de um mistério do porque sempre um dos portais abrir sempre na mesma rua. Além de possibilitar uma maior interação entre a família Strucker e os outros personagens.

Em paralelo, somos levados a prisão, onde Polaris se encontra num local em que há tantos pessoas com o gene X como pessoas normais. Ela usa um tipo de coleira que impede o uso de poderes, ou seja, não tem como fugir sem receber uma “leve” descarga elétrica. No entanto, a cena do banheiro é uma das mais interessantes e importantes para a construção visual da personagem, pois revelou-se que a mesma pintava o cabelo de preto para esconder a real cor que é verde, um dos traços do visual dela mais marcante. Digo que foi uma das surpresas mais agradáveis do episódio foi a  briga  com a “chefona” da prisão – neste caso prefiro as detentas de Orange Is the New Black.

A narrativa que menos chamou atenção foi a do Reed Stucker, sendo no caso um simples de troca de farpas entre ele e o agente Turner, salvo a menção do dia 15 de julho um evento cercado por mistérios e que deverá ser bem explorado no decorrer da história. A busca de remédios para Blink por Caitlin e Eclipse foi importante para caracterizar a realidade em que os mutantes vivem sem direitos básicos, sendo negado até mesmo o atendimento no hospital fazendo que o telespectador criei um tipo de simpatia a causa mutante.

Por fim, o desfecho do capítulo com o salvamento Blick e a maior participação da Caitlin foram bem encaixados na narrativa. Já nos minutos finais foram apresentadas mais inquietações – relacionado a um incidente ocorrido em 1962 no Rio de Janeiro e uns gêmeos até então desconhecidos, agora basta esperarmos pela desenrolar da trama para descobrir se a algum relacionado com a família dos Strucker ou se os mesmos possuem parentesco com o Barão Von Strucker, um dos vários inimigos do Capitão América nos quadrinhos. A narrativa contada em “rX” foi bem estruturada e cumpriu em mostrar o raio X de certos personagens.

rX

Nota do Episódio - 9

9

Review do segundo episódio da primeira temporada de The Gifted, da FOX, intitulado rX.

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About pedrodouglas