The Voice AU – 5×12/13 – Battle Rounds/Superbattles

the-voice-au-5x1213

Olá, como estão? Depois de batalhas bem intensas na semana passada, os últimos duelos dessa fase do The Voice Australia aconteceram e, de quebra, ocorreu na sequência a Superbattles.

Após essa intensa etapa, que esse ano inovou com quatro duelos de uma só vez, foi revelado no final disso tudo, os 16 classificados para os live shows. Bora lá ver tudo isso?

 

Battle Rounds

 

TEAM MADDEN

 

Lexi Clark x Casey Rose – “Ex’s And Oh’s” 

Clique aqui para ver a performance.

Alex: Eu nem conheço a música, mas sabe quando você escuta e se apaixona? Pois bem, assim estou. E por mais que ambas acts tenham brilhado no palco, faltou algo. A voz de Lexi é linda, e essa rouquidão que ela tem eleva tudo a um outro nível. Mas concordo com Jessie: a voz de Casey é mais técnica. Acredito eu que, o ponto de sua saída foi a tensão obtida durante a performance. Ex’s And Oh’s”, aqui, precisa ser aquela música com caras e bocas, e brincadeiras no palco. As poucas vezes que houve isso, foi por parte de Lexi, que acabou levando a melhor.

Edu: Eu odeio essa música com todas as minhas forças, mas tenho que admitir que a batalha foi muito boa e curti demais. Na minha humilde opinião Lexi destruiu, se saiu de forma incrível. Ainda bem que os Madden tiveram a mesma perspectiva, pois por mais que Casey tenha evoluído, não acho justa sua permanência na competição, pois ela chegou como uma dupla, e deveria ter permanecido assim.

Lucas: Também não sou fã dessa música e já estava pronto pra falar mal, mas pra ser bem sincero essa versão acabou me ganhando, gente. Já entre as duas, achei que Casey surpreendeu bastante, pois não estava esperando aquela voz toda, mas Lexi, essa guria com esse detalhe único na voz, fica difícil não torcer. Acho ela tão maravilhosa e fico pedindo pela próxima performance da guria, então foi mais do que justo ter vencido a batalha.

 

Kylie Jane x Talia Gianscarpo – “Not Ready To Make Nice” 

Clique aqui para ver a performance.

Alex: Só tenho um desejo: que todos os realities deveriam ter esse tipo de country, e seria feliz pelo resto da minha vida. Mas irei concordar com o Edu, a Talia estava preguiçosa. Era como se ela já soubesse que sairia campeã, e nem tentasse se esforçar. Kylie, desde o início, demonstrava interesse e, principalmente, colocar emoção na música, coisa que Talia nem fez.

Edu: Senti Talia meio que preguiçosa, e Kylie surpreendeu do começo ao fim. Nem preciso comentar mais nada, eu acho.

Lucas: Kylie foi ótima vocalmente, mas Talia estava absurdamente insegura naquele palco, e isso me fez torcer demais pra que ela vencesse. Desde as blinds gostei muito da voz dela e, mesmo achando que precisa ganhar um pouco mais de confiança e treino, quero demais que continue se dando bem na competição.

 

TEAM DELTA

 

Andrew McKinnon x Alfie Arcuri – “Drag Me Down”

Clique aqui para ver a performance.

Alex: EU ESTOU ARREPIADO!! Caramba, essa é a única música de 1D que tenho na minha playlist, e Delta pegou dois ótimos cantores, destruindo qualquer possibilidade de escolher um lado. Tanto Andrew como Alfie brilharam, se destacaram e foi um verdadeiro equilíbrio. Teve emoção, voz, movimentação no palco. Qualquer um Delta, qualquer um.

Edu: Delta veio pra destruir com essa batalha. Os dois são ótimos acts, mas Alfie é meu predileto entre eles, e soube se destacar mais por aqui. Ainda bem que ele continua na competição, pois tenho certeza que a coach tem grandes chances, se manter a qualidade incrível do rapaz, de levá-lo até a final.

Lucas: Deixa eu falar que quando vi o ensaio e percebi que iriam cantar essa música, fiquei absurdamente decepcionado com a Delta, mas gente, que tombada na minha cara. A song choice encaixou feito luva para os dois, e a batalha toda ficou maravilhosa de assistir. Nem preciso dizer o quanto estava torcendo pelo Alfie, por motivos dele ter me conquistado nas blinds cantando a maravilhosa “Scars”, mas Andrew também fez um excelente trabalho, e eu queria muito que ambos tivessem passado, uma pena que não rolou.

 

Ben Logan x Shirin Madj – “The Prayer”

Clique aqui para ver a performance.

Alex: Hein?! Já demonstrei que odeio quando trazem ópera ou clássicos demais para os realities. Gente, foi horrível, pra mim. Desculpas!

Edu: Antes da batalha começar eu estava torcendo cegamente pra Ben levar a todo custo, depois daquele papelão todo de Shirin em sua blind. Aí quando os dois começaram a cantar, só sei que calei minha boca bonito. A candidata evoluiu de forma única, estava mais segura de si e não deixou se vencer pelo nervosismo. Foi uma batalha linda de se ver, fiquei extremamente emocionado, sem contar que essa música é poderosíssima. Podem me julgar, mas achei mais que justa a escolha de Delta pela Shirin, mesmo que seus colegas tenham demonstrado estarem surpresos com isso. Mas gente veja bem, das Superbattles ela não passa, eu acho e espero.

Lucas: Não sou fã de ópera, mas gente, Ben canta de um jeito que fico todo arrepiado aqui com aquela voz maravilhosa. Por esse motivo ainda estou sem entender aquela escolha da Delta, como assim produção? Shirin pra mim não chegou nem perto do rapaz, e não merecia ter sido a vencedora. Achei bem injusto.

 

TEAM JESSIE

 

Aaliyah Warren x Brianna Holm – “Smells Like Teen Spirit”

Clique aqui para ver a performance.

Alex: Eu pensei que elas fossem cantar a versão original, e Jessie me faz uma releitura dessas? Eu estou sem coração. Sério, fiquei bem feliz por ambas continuarem na competição, pois elas têm capacidade vocais para chegar na final, pois são extremamente ótimas!

Edu: QUE BATALHA FOI ESSA? Amei essa releitura magnífica desse grande hino do saudoso grunge. Eu estou besta até agora com essas duas, e amei por demais essa disputa. Mesmo assim eu torci pra Brianna levar a melhor, e ainda bem que Jessie foi coerente em sua escolha. Isso não quer dizer que Aaliyah merecia sair da competição, pelo contrário. Ainda bem que os Madden utilizaram o último steal com a act.

Lucas: Rapaz, que batalha mais intensa e maravilhosa de assistir! Fiquei aqui, sem reação e, se fosse eu, nem sei quem iria escolher. Foi uma coisa linda, e pra mim as duas brilharam de sua maneira. Totalmente justo o Team Madden usando o último steal com Aaliyah, mais uma batalha onde as duas mereciam seguir.

 

Ellen Reed x Claire Howell – “Unconditionally”

Clique aqui para ver a performance.

Alex: É impossível escutar essa música, e não lembrar do que Tessanne Chin fez na quinta temporada do The Voice US, em que destruiu com os outros acts. Vou ser bem sincero quanto a Claire: ela matou suas chances nas pausas para respiração. Sim, a música permite, em diversas vezes, que a candidata fizesse isso, e até faz “parte” da canção, mas é pouca. Claire abusou, e eu estava ficando realmente incomodado quando ela abria a boca, porque sabia que a candidata abusaria disso, enquanto Ellen trabalhou na medida exata. E se isso não fosse suficiente, para mim, ver um pouco do que parecia ser Tessanne em Ellen foi lindo, espetacular.

Edu: Outra batalha que foi fenomenal, encerrando a fase com chave de ouro. O único problema aqui é que foram as duas melhores candidatas do Team Jessie, porém não sobrou mais nenhum steal pra contar história. Elas vieram com uma das músicas mais intensas de Katy Perry, e francamente não gostaria de ser a loira nesse momento. Gostei de Ellen ter sido escolhida, mas queria muito que Claire continuasse também, e a cara de decepção dela foi extremamente nítida. PS: a candidata é bem fissurada pela Jessie J, notaram? Se não bastasse em sua audição estar bem parecida com sua ex coach nas blinds do ano passado, dessa vez ela veio com uma roupa praticamente igual que a britânica usou na fase desse ano, no início da temporada. Mas gente?

Lucas: Poxa, queria muito que a Claire continuasse na competição e fiquei muito surpreso com ela não sendo escolhida por Jessie. Ainda assim, Ellen fez uma excelente batalha e mereceu sair vitoriosa. Senti muito mais emoção na voz dela, e estou curioso pelas próximas performances. Uma pena que todos os steals já tinham sido usados.

 

TEAM RONAN

 

Georgia Carey x Kate Van Elswijk – “Believe” 

Clique aqui para ver a performance.

Alex: Não desceu o resultado. Ok, confesso que a voz de Georgia é linda, mas aqui não ficou legal. Estava meio fanha, abafada, trêmula, sei lá – ou tudo isso foi meu fone de ouvido. A de Kate saiu mais limpa, mais clara. Não, não gostei 🙁

Edu: Eu amei essa versão melancólica, já que a original é uma verdadeira farofa eletrônica. Georgia já subiu ao palco vitoriosa, portanto o resultado foi bem previsível, convenhamos.

Lucas: Posso repetir mais uma vez que estou apaixonado pela Georgia? Gente, a voz dessa guria me conquistou na audição, aí ela veio mais uma vez e pra mim disparou na frente durante a batalha. Kate tem uma voz deliciosa, um tom único cheio de potencial, mas na minha opinião Georgia foi a melhor dessa vez, e estou gostando demais dela e Ronan trabalhando juntos.

 

Adam Ladell x Mitch Garner – “Firestone” 

Clique aqui para ver a performance.

Alex: Vou dizer uma coisa: MELHOR BATALHA E GRAÇAS A DEUS QUE AMBOS PASSARAM! Estou feliz, pirando e feliz de novo!

Edu: Eu só sei de uma coisa, não queria ser Mr. Ronan Keating nesse momento. O cara encerrou a fase de batalhas com seus melhores acts se duelando, e que ele se conectou mais emocionalmente dizendo. Fiquei sem chão aqui, pois gosto tanto de Adam quanto de Mitch, mesmo que o segundo não tenha me agradado tanto quanto o primeiro nas blinds. Foi uma batalha interessante de se ver. Eu meio que já estava esperando o coach escolher Mitch, mas me deu uma decepção ao mesmo tempo por isso. Na hora que Delta utilizou seu último steal com Adam, eu vibrei, chorei e curti demais isso. E aquele abraço do garoto com sua nova coach? Foi lindo demais! E olha, o Team Delta deu uma boa evoluída agora.

Lucas: Gente, que batalha MARAVILHOSA! Eu sou apaixonado por essa música, ela me deixa meio maluco aqui e quando vi que eles iriam cantar, já fiquei meio destruído. Aí o resultado não poderia ter sido melhor. Ronan tinha uma baita decisão difícil pra fazer, mas pra mim fez o certo ao escolher Mitch. Agora que Delta iria usar o último steal com Adam, era mais do que óbvio né? Ela já fez algumas burradas na temporada, mas essa eu me recuso a acreditar que passou pela cabeça dela. Já quero a próxima performance dos dois, porque ambos são excelentes!

 

 

Superbattles

 

GROUP 1: TEAM JESSIE

Ashleigh Marshall x Jack Pellow x The Koi Boys x Mikaela Dean

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Vou discordar dos meninos quanto a qualidade do grupo, porque gostei bastante. Ashleigh e Jack deixaram que o nervosismo passasse na frente em alguns momentos, e isso se intensifica no segundo candidato, mas não foram ruins e nem mereciam, no caso dela, a eliminação, diferente da The Koi Boys, que foi, de fato, muito boy band e vazaram na hora certa. Quanto a Mikaela: eu a amo, adoro sua voz, mas concordo com o Ronan, pois foi caótico de escutar. Como disseram, e acredito que tenha sido a Jessie, a voz dela, aqui, estava muito backing vocal. Nem dava para diferenciar em alguns momentos.

Edu: Nossa, esse primeiro grupo das superbattles foi uma lástima. A única que realmente se sobressaiu foi Mikaela, pois os demais poderiam ter vazado todos. Jack foi o “menos pior” dos três, mas Jessie terá que trabalhar arduamente nele agora nos live shows, ou terá grandes chances de ser o primeiro eliminado.

Lucas: Gente, só eu achei que foi uma bagunça das grandes? Sério, achei bem pesado de assistir o negócio. O problema do Jack realmente são os nervos, que toda vez sai na frente, ainda assim fiquei muito feliz por ele ter sido uma das escolhas da Jessie. Mikaela foi de longe, a melhor dos quatro, e também mereceu seguir. Aquele TKB, pra mim, já vai tarde.

 

GROUP 2: TEAM MADDEN

Nazzereene Taleb x Blake Morgan x Aaliyah Warren x Andrew Loadsman

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Olhe, gostei muito, demais até, da apresentação de Nazzereene, mas faltou algo, e culpo a não satisfação dela pela música que pegou. Blake, ali, era o único que não curti, pois acho que se Andrew tivesse cantado Dark Horse”, teria sido mais emocionante. E Aaliyah: ♥

Edu: Aqui foi justíssimo tudo, pois Nazzereene estava incomodada com a song choice, e faltou emoção em sua performance. Blake eu até curti a versão folk dele para “Dark Horse”, mas seu infeliz azar foi o fato de fazer parte do mesmo grupo que Aaliyah e Andrew, que destruíram quaisquer estruturas.

Lucas: Adoro a voz da Nazereene e, pra mim, achei que ela conseguiu fazer um bom trabalho, mesmo não estando totalmente feliz com a música. Também gostei muito da versão do Blake pra essa canção da Kátia, assim como fiquei surpreso com Aaliyah, mas Andrew gente, já disse e repito, imagino fácil ele na final. Enfim, o problema é que gostei de todos. Gostei dos Madden escolhendo Aaliyah, ela realmente fez um excelente trabalho.

 

GROUP 3: TEAM DELTA

Elle Murphy x Shirin Madj x Maryann Wright x Adam Ladell

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Sabe, eu culpo a performance meia boca da Elle, única e exclusivamente a música. Desculpa Adele, mas nem eu gosto muito dela, e muito menos a deusa cantando acho essa coisa toda. De maneira geral, não foi surpresa pra mim a escolha da lindona. Delta não seria louca de seguir com Shirin ou Maryann, e perder Adam ou Elle. Seria insano!

Edu: Vou ser sincero que no começo a performance de Elle me incomodou um bocado, mas logo ela foi evoluindo, e mostrando então que merecia ir para os live shows. Shirin até que não foi o pior dos mundos, mas já chega né? Maryann não sei o que ainda faz na competição, enquanto Adam não cansa de surpreender. Escolhas mais que sensatas por parte de Deltinha mozão.

Lucas: Fiquei meio na dúvida com Elle cantando essa música, mas não demorou até ela dar aquela tombada bonita com essa voz maravilhosa! Shirin pra mim nem merecia estar ali, enquanto Maryann novamente mostrou uma bela voz, mas gente, Adam roubou a cena total. O guri não erra nunca é? Ele e Elle eram as escolhas corretas, e felizmente Delta acertou.

 

GROUP 4: TEAM RONAN

Georgia Carey x Nina Ferro x Georgia Wiggins x Emad Younan

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Edu, sabe aqueles cantores que ficam em barzinho/restaurante? Pronto, assim associei a Georgia C. Concordo contigo, porque não achei sua performance ruim, pelo contrário, curti demais. Mas senti que faltou algo, e isso me deixou mega triste. Já Nina achei linda, pois começou de maneira lenta e sonolenta, concordo, mas no refrão ela explodiu lindamente. Emad foi lindo e gostoso de se assistir, mas nada compara a Georgia W. Caraca, eu me arrepiei e lacrimejei com essa performance, até por que tenho uma paixão platônica por essa música.

Edu: Foi uma batalha interessante de se ver. Georgia C não foi ruim, mas senti que faltou algo. Nina por sua vez veio com uma performance sonolenta, parecendo se sentir intimada em ralação aos demais. Emad mais uma vez destruiu meu emocional, enquanto Georgia W não para de me surpreender. Volto a dizer, ela tem grandes chances de representar o Team Ronan na final, anotem.

Lucas: Adoro a Georgia Carey, mas pra mim não foi a melhor performance dela, embora eu seja completamente apaixonado por aquela voz. Agora Nina foi o contrário, achei que foi o melhor que ela fez até aqui, porque a performance realmente foi linda. Georgia me arrepia toda vez que começa cantar, enquanto o Emad tem aquela voz tão deliciosa, que eu nem sei. Sério, mais uma batalha que eu não saberia quem escolher. Emad e Georgia Wiggins vencerem foi bem justo, eles foram os melhores, mas vou sentir falta da Georgia C. na competição.

 

GROUP 5: TEAM MADDEN

Carmel Rodrigues x Talia Gianscarpo x Lexi Clark x Lane Sinclair

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Olha, gostei de Carmel, mas faltou algo. Foi simples demais, vocalmente falando, e isso também se aplica a Talia, conhecida como mosca morta de palco. Lexi foi, para mim, a explosão do group, que pegou fogo com Lane.

Edu: A Ronan cover, digo Talia, não sei nem o que ela ainda faz por aqui. Com isso, fiquei mega dividido entre Carmel, Lexi e Lane. No final as duas últimas levaram a melhor, fechando então o Team Madden, e eu fiquei mega satisfeito, no final das contas.

Lucas: Gente, Lane na final, por favor! Essa mulher é tão maravilhosa, que eu nem sei o que dizer. Cada vez que sobe no palco, acaba comigo de um jeito. Ela e Lexi são favoritas desde as audições, mas pra ser bem sincero, eu escolheria Lane e Talia, porque não sei porquê, mas a loira também mexe comigo. Ela não é a melhor cantora, e muito menos não tem a melhor voz, mas gosto muito dela. Mesmo assim Lexi ter passado também foi bem justo, porque a guria tem muito potencial!

 

GROUP 6: TEAM DELTA

Kim Sheehy x Calvin Stewart x Marcia Howard x Alfie Arcuri

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Cara, eu curti tanto essa superbattle. Nenhum, para mim, foi fraco, pelo contrário, todos mereciam estar ali. Mas comemorei com a permanência de Alfie e Kim sim!

Edu: Kim não cansa de ser linda, né? Fiquei simplesmente arrepiado com sua performance. Alfie é outro que me ganha a cada apresentação, sendo justíssima sua permanência, fortalecendo ainda mais esse maravilhoso Team Delta que, na minha opinião, acabou se tornando junto com dos irmãos Madden, o mais forte da temporada depois dessa fase de superbattles. Sobre Calvin e Marcia? Adeus!

Lucas: Kim e Alfie, por favor! Gente, esses dois arrepiaram absurdamente aqui. Kim novamente estava maravilhosa, com essa voz linda e tocante, aí vem Alfie e pronto, o cara pra mim tem uma das melhores vozes da competição, e é outro que estará fácil na final. Agora gente, Marcia me surpreendeu tanto, que performance linda! Já Calvin, ainda sem entender o motivo dele estar no Team Delta.

 

GROUP 7: TEAM RONAN

Mitch Garner x Kayleigh Killick x Tash Lockhart x Sam Trenwith

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Decepção é o que sinto quanto a Mitch. Sério, super curto a voz dele, mas a song choice foi erradíssima, fraca, e não foi exploratória. Mesmo Kayleigh se saiu melhor que ele na apresentação, pois ela se esforçou, brincou, tentou! Tash e Sam foram, para mim, os vencedores, mesmo que Ronan tenha escolhido Mitch no lugar do rapaz, o que foi totalmente injusto.

Edu: Tash me deixou jogado no chão, ao cantar esse hino gigantesco do saudoso Bowie. Ela é toda poderosa, e cada vez mais me apaixono por ela, é a Hannah Huston na versão The Voice AU. Eu não entendi nada sobre a performance de Kayleigh, Amy deve ter se contorcido toda em seu caixão, coitada. O que também fiquei com várias interrogações na cabeça foi o fato de Ronan ter escolhido Mitch, ao invés de Sam, que foi mil vezes melhor. Mas né, o garoto é o predileto do coach, só que achei mega injusto.

Lucas: Rapaz do céu, o que foi essa performance da Tash? Caramba gente! Essa mulher vai seguir surpreendendo etapa após etapa? Que tiro! Mitch mais uma vez entregou uma performance deliciosa, assim como todas as outras dele. Kayleigh novamente não rolou pra mim, enquanto Sam achei que foi um tanto quanto exagerado, e não consegui gostar. Curti as escolhas do Ronan, CLARO que Tash iria passar, né gente? Já Mitch eu fiquei feliz, porque acho que os dois fazem uma ótima dupla trabalhando juntos.

 

GROUP 8: TEAM JESSIE

Nada-Leigh & Jasmine Nasser x Maddison McNamara x Brianna Holm x Ellen Reed

Clique aqui para ver as performances.

Alex: Eu concordarei com o Luke de não querer estar na pele da Jessie. Particularmente, gostei muito de Nada e Jasmine, e culpo a não excelência da performance pela música. Ellen pisou e brilhou, não tinha pra onde recorrer, ela passaria. Mas Brianna? Não achei essa performance toda, principalmente por ser uma música tão amada, como The Scientist”.

Edu: As irmãs Nasser deixaram MUITO a desejar, enquanto Brianna senti que faltou uma pitada boa de emoção. Ellen, como de costume, mandou hiper bem, e veio com uma performance poderosa, tendo sua permanência mais que merecida. Já Maddison fez uma apresentação comovente, equilibrada e na medida certa, porém não foi escolhida, dando vez a Brianna. Jessie está me decepcionando legal nessa temporada.

Lucas: Rapaz, essa foi difícil hein? Não queria estar na pele da Jessie, porque olha, achei que todas foram bem. Agora Maddison e Brianna me destruíram aqui com suas performances. Cada uma escolheu músicas que eu levo pra vida, e cantaram de uma maneira que foi difícil não ficar choroso. Nada e Jasmine também foram bem, mas concordo com o Duh, e achei que deixaram um pouco a desejar, enquanto Elle entregou uma performance interessante, mas acho que com essa voz também poderia ter feito algo melhor, então precisa nem dizer que fiquei surpreso com ela sendo uma das escolhidas por Jessie.

 

Após todo esse massacre, vão para os shows ao vivo:

Team Jessie: Jack Pellow, Mikaela Dean, Brianna Holm, Ellen Reed

Team Madden: Aaliyah Warren, Andrew Loadsman, Lexi Clark, Lane Sinclair

Team Delta: Elle Murphy, Adam Ladell, Kim Sheehy, Alfie Arcuri

Team Ronan: Georgia Wiggins, Emad Younan, Mitch Garner, Tash Lockhart

 

O que acharam da formação do Top 16? Foram justas as ecolhas dos coaches? Semana que vem estamos de volta, até lá!

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.