The Voice Brasil – 6×08/09 – Tira-Teima

Imagem: Isabella Pinheiro/Gshow/Divulgação

Fala pessoal! A fase de Tira-Teima continuou fazendo a limpa no The Voice Brasil nas últimas semanas, cortando de vez os quatro times pela metade. Algumas escolhas coerentes e outras nem tanto… Vamos lá?

 

TIME IVETE

 

Douglas Alessi – “Pétala”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Bá, Douglas arrasa, hein?! Apresentação muito boa, mas muito boa mesmo. E não tem como não amar a voz desse menino.

Luke F.: Douglas trouxe um grande diferencial nesse início de noite. O rapaz tem uma afinação gostosa de se ouvir e fez uma boa song choice. Por se manter em uma média interessante durante a apresentação, pode conseguir a vaga na próxima fase

Luke S.: Gente, eu lembro bem que não tinha gostado nada da audição do Douglas, mas dessa vez o cara me surpreendeu demais da conta. Que voz deliciosa de ouvir e que acerto na escolha da música, hein?! Mandou bem demais da conta!

 

George Sants – “Me Abraça”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Que bom que esse chato fez uma apresentação horrorosa, assim não passa. Adeus!

Luke F.: Não gostei nem um pouco dessa versão… Mas é aquela coisa né, sempre podem vir coisas piores por aí!!

Luke S.: Sério que vocês não gostaram? Eu achei gostosinha a apresentação dele, talvez por gostar dessa música e achar que serviu bem pro tom de voz que o rapaz tem.

 

Samantha Ayara – “What About Us”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Olha, me incomodou um pouco a apresentação. O tom dela é sempre diferente das cantoras que ela escolhe, e isso deixou estranho com falhas, exageros. Mas Samantha sabe cantar, né?! Então quando ela sabe que não tá legal, vai lá e solta o vozeirão. Então por isso aí ela merece passar.

Luke F.: Realmente Samatha fez um estrondo de apresentação, apesar dos pequenos deslizes que ainda são bem permissíveis por aqui. A garota possui o timbre característico de uma grande voz e tem tudo para evoluir por aqui.

Luke S.: Olha só gente, que performance maravilhosa da Samantha! Achei que ela conseguiu ter um baita controle nesse tiro de música da P!nk, pois vamos combinar que não é pra qualquer um cantar a música tão bem assim. Samantha me surpreendeu bastante e com certeza foi um dos destaque do grupo.

 

Samuel – “Lábios de Mel”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Samuel tem uma das melhores vozes da competição, e essa apresentação foi boa demais. Me contagiei aqui e fiquei com o coração na mão, e agora? Torcendo por Samuel.

Luke F.: Me lembrou um pouco do grande Ed Motta e ainda por cima com uma menção incrível à Tim Maia. Tudo muito bem construído em uma perfomance deliciosa de assistir!!!

Luke S.: Foi uma performance gostosa de assistir, até porque o cara realmente tem uma baita voz, mas entre as quatro acabou sendo a que menos gostei.

 

Alinne Alves – “Don’t You Worry ‘Bout a Thing”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Alinne não foi tão maravilhosa, mas fez um número bem interessante. Acredito que tenha sido o bastante para sua permanência.

Luke F.: Stevie Wonder com certeza tem um pézinho brasileiro e ninguém sabe ainda. Alinne fez uma apresentação gostosa de ouvir, e trouxe uma sensualidade à canção com a voz e o olhar. Dominou bem o espaço e cumpriu sua missão, espero que continue.

Luke S.: Alinne pra mim não mostrou seu verdadeiro potencial com essa música. Não sei, mas acho que não foi a melhor escolha pra ela, e por esse motivo não consegui gostar tanto como o pessoal.

 

Brenda Luce – “Pra Você Dar O Nome”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Próximo!!

Luke F.: Brenda, Brenda, Brenda… Realmente não foi dessa vez viu. Eu sou encantado com essa música e a versão da garota não ficou nem um pouco maleável. Nem preciso falar do momento de desatenção no início com o esquecimento né? Enfim, pra mim não rolou…

Luke S.: Gente, eu adoro o tom de voz da Brenda, acho tão leve e delicioso de ouvir! Percebi que rolou aquela derrapadinha no meio da apresentação, mas ainda assim eu gostei muito.

 

Danielle Dias – “I Remember You”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: MELHOR APRESENTAÇÃO DO TIME IVETE DESSA ÚLTIMA SEMANA! Quando vi que Danielle cantaria esse hino, pensei que viria bomba, mas ainda bem que me enganei lindamente. Foi uma evolução surreal, animal e extraordinária. Quando menos se esperou lá estava ela, destruindo tudo ao seu redor, entregando-se de forma única à canção. Amei!

Luke F.: A voz de Danielle é poderosíssima e ela foi se descobrindo no decorrer da apresentação. No geral, teve um destaque altamente positivo na noite, mas teve um breve momento de adaptação com a canção. Espero que ela possa continuar!!

Luke S.: Não sou o maior fã dessa música, mas vamos combinar que a Danielle entregou uma apresentação bastante poderosa e foi meio difícil não gostar. Ela tem tudo pra continuar crescendo na competição.

 

Grazzi Brasil – “Amuleto da Sorte”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Foi uma apresentação bem leve, daquelas que você ouve e viaja na canção. Foi gosta de se ouvir, com uma energia poderosa sendo transmitida por cada verso cantado por Grazzi.

Luke F.: Que coisa gostosa de ouvir. Hoje estamos com apresentações de samba excedendo os limites, e trazendo boas energias. Grazzi tem uma potência vocal bacana e trouxe uma apresentação deliciosa. Fechamos a noite para o team Ivete com um problema nas mãos de nossa baiana!!

Luke S.: Gente, que apresentação deliciosa de assistir! Eu fiquei aqui, imaginando que é aquele som delícia que você quer ouvir tomando uma gelada (me julguem). Gostei muito da Grazzi!

 

TIME LULU

 

Arthur Sena – “Heaven”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Eu não gostei de nada, credo.

Luke F.: Apesar de ser um grande apaixonado por essa canção, não sei se a apresentação se encaixou bem com o contexto. Talvez haveria melhores escolhas para ele!!

Luke S.: Eu já gostei e muito por sinal. Essa música mexe demais comigo, e isso foi um dos motivos de ter ficado tão fixado na apresentação e aplaudir o Arthur pelo ótimo trabalho.

 

Nãnan Matos – “O Canto da Cidade”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Mas que apresentação mais sem graça, hein Nãnan! Que coisa mais sem vontade, tão simples. Me decepcionei real com isso. Nossa!

Luke F.: Foi uma apresentação bem simples, mas teve seu sutil impacto. Esperava um pouco mais?? Talvez, mas ainda assim trouxe uma sutil tranquilidade e passou sua mensagem. Nãnan tem isso consigo, mas ainda falta um ponto preciso para crescer dentro da competição.

Luke S.: Assim como na audição Nãnan começou cantar e me deixou aqui morrendo de vontade sair dançando junto. Achei bem delícia a apresentação dela!

 

Nathalia Bellar – “Hoje Só Quero Sair Só”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Uma das músicas mais chatas da história da MPB, só podia ser uma apresentação tão chata quanto. Tá difícil o time Lulu.

Luke F.: Acreditei que impressionaria um pouco mais. Não que tenha sido ruim, mas ficou um pouco desconstruída a evolução da apresentação. Vamos esperar a próxima apresentação, para ver como Lulu vai comandar o futuro de seu time.

Luke S.: Com Nathália é aquele negócio que tu olha ela cantando com esse vozeirão todo, e fica aqui com aquele sorriso na cara curtindo cada momento. Gostei demais!

 

Rhaysa – “Axé Acappella”

Clique aqui para ver a performance.

Let: FINALMENTE UMA APRESENTAÇÃO BOA NESSE TIME! E coloca boa nisso, Rhaysa arrasou com vozeirão cheio de nuances. Poderosa!

Luke F.: Sou suspeito pra falar, pois amo essa canção. Rhaysa trouxe uma versão própria, e não fugiu muito do clássico. Foi uma bela apresentação e merece totalmente passar para próxima fase!!

Luke S.: Aí vem a Rhaysa e pronto, da um tiro desses com essa performance tão gostosa que foi.

 

Alexandre Massau – “A Festa do Santo Reis”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Foi uma apresentação ótima, abrindo a presença do time de Lulu Santos na última noite de Tira-Teima. Alexandre veio com uma energia tão boa, que isso impactou com a música, e houve o match perfeito. É questão de honra o rapaz passando para a próxima fase, francamente.

Let: Vozeirão potente, música ruim, mas no total foi uma apresentação bem boa. Alexandre é ótimo e sabe cantar como poucos, mas quem sabe a música seja importante na hora do resultado?

Luke F.: Eu gostei da song choice, uma música animada que combinou com seu vocal potente. Trouxe um pouco da essência de Tim Maia com sua identidade. Conseguiu transparecer a presença de palco tão importante, e fez uma apresentação de qualidade.

Luke S.: Ah gente, não vou falar que foi ruim, porque realmente achei que não foi, mas pra mim o Alexandre deu uma exagerada em alguns momentos da apresentação, e isso me irritou um pouco. Mesmo assim ele mostrou ser um dos mais forte do time do Lulu e vou esperar pra ver se volta a me surpreender na próxima fase.

 

Kako de Oliveira – “Trem das Onze

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Tchau Kako, obrigado por ter estragado um dos maiores clássicos da música brasileira com esse número tão sem sal.

Let: Ahhh Kako <3 um dos meus favoritos

Luke F.: O sorriso de Kako enquanto canta já dá vontade de chamar ele pra uma mesa de bar, e ficar uma tarde toda cantando os melhores clássicos. Que voz gostosa de ouvir, um ritmo suave e que passa a mensagem. Um dos pontos fortes do team Lulu.

Luke S.: Eu gosto muito do tom de voz do Kako, acho que o cara é um dos mais cativantes ali e eu realmente queria vê-lo por mais tempo na competição.

 

Mariana Coelho – “Me & Mr. Jones”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Mariana foi simplesmente destruidora, e ainda estou tentando processar tudo até agora. Ela foi tão incrível, segura de si, que entregou um número surpreendente. Cantar Amy Winehouse não é para muitos, e seu controle vocal do começo ao fim é algo que não estava no meu script de coisas a serem esperadas para essa apresentação.

Luke F.: Fui uma montanha russa de pensamentos, mas no fim eu gostei da apresentação. Mariana veio com um clássico da eterna Amy e trouxe uma essência bacana. Não ficaria triste em vê-la mais por aqui.

Luke S.: Que samba foi esse, hein?! Eu adorei a performance do começo ao fim, e boa parte disso se deve a feliz escolha musical da Mariana. Como não ficar mexido ouvindo essa música, gente? Adorei!

 

Marília Lopes – “E.C.T.”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Tchau, querida!

Luke F.: Fecho o team Lulu feliz com todas apresentações, contudo Marília trouxe a que me deixou menos empolgado. Sua voz é potente, mas teve umas pequenas falhas em agudos que não me levaram a estase durante sua apresentação!!

Luke S.: Sim, eu concordo com o Luke que a Marília poderia ter trazido um pouco mais de empolgação, mas eu gosto tanto da voz dela. Desde o início a candidata me prendeu aqui, e pra ser sincero, queria muito que fosse uma das escolhidas pelo Lulu.  

 

TIME TELÓ

 

Chai – “Proibida Pra Mim”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Essa menina até canta bem, mas não tem estilo né? Da outra vez foi feminejo, agora Charlie Brown. Ok, é eclética, mas acho infantil da parte dela não se definir. Por mim não passa.

Luke F.: Acho que todos ficamos com esse gostinho de que faltava algo. Foi uma apresentação bacana, mas tem aquele “quê” faltando. Nos resta aguardar a evolução dos próximos, para medir a decisão!!

Luke S.: Gosto dessa música, mas gente, não sei o que rolou, pois não consegui curtir tanto a apresentação. Fiquei na dúvida aqui, parecia que estava faltando algo.

 

Diego Karter – “Vamos Fugir”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Nada a ver essa música, hein?! Mas Diego é bom e sabe o que faz, então até que ficou ok. Mas sei lá!

Luke F.: A apresentação foi ótima. É bacana ver como o team Teló está eclético e muito bem composto. Diego tem uma voz boa e merece continuar, quem sabe o que podemos esperar ainda?

Luke S.: Viajei junto com o Diego, porque é exatamente o que essa música faz comigo. Good vibes!

 

Felipe Maurente – “Essa mina é louca”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Olha que coisa mais louca. Nada a ver essa música, mas ficou bem boa a apresentação. Cheia de malandragem, swing e vozeirão. Gostei!

Luke F.: Comecei tendo a certeza de que não ia gostar e terminei me envolvendo com o ritmo. Trouxe uma identidade bacana pra canção e fez dela própria. Realmente está de parabéns!!

Luke S.: Essa eu já não gostei. A música é maravilhosa, CLARO, mas pra mim ficou parecendo que o Felipe quis fazer o Lucas Lucco ali no palco e peguei um certo ranço.

 

Mariana Volker – “Roxane”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Começou ousada trocando totalmente o tom da música, mas foi ficando chato de um jeito tão chato, mas chato mesmo, que cochilei até.

Luke F.: Mariana me surpreende vocalmente e isso é bem bacana. Contudo, não consigo me sentir admirado com suas apresentações como gostaria. Acho que ela possui um talento e rumo musical incrível, mas o fator estrela e gosto nacional ainda bate muito de frente com sua linha de canção.

Luke S.: Gente, ouço essa música e a primeira coisa que vem na cabeça é aquela versão maravilhosa do Josiah Hawley, no The Voice US! Quanto a Mariana, ela mais uma vez fez um ótimo trabalho e me ganhou durante toda a apresentação.

 

Luiza Winck – “You And I”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: “You And I” é a minha canção favorita de Gaga, e fiquei com um grande receio do que Luiza faria. O resultado não foi tão extraordinário, rolaram alguns exageros, e no final foi algo just ok.

Let: Ah, Luiza canta bem, mas não tem futuro no Time Teló. O estilo dela não combina com ele, e querendo ou não, Teló sempre acaba escolhendo quem tem um pezinho no sertanejo. Então tchau, Luiza!

Luke F.: Potência inigualável no team Teló, e acredito que eles possam fazer um trabalho que surpreenda. A garota tem um estilo próprio e o cantor já demonstrou que sabe lidar com esses ideais fora da caixinha sertaneja.

Luke S.: Ah gente, pra mim não rolou foi nada. Acho sim que a Luiza tem uma voz bem poderosa, mas ela me perdeu com essa song choice. Pra mim não funcionou e não consegui gostar.

 

Sara Meireles – “Nessas Horas”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Quando rolou o lance do esquecimento me apertou o coração, mas Veveta foi rainha como sempre, e teve a mesma atitude quando uma garotinha sofreu do mesmo mal no The Voice Kids. Sara estava muito nervosa, o que resultou nesse imprevisto em sua apresentação. Acredito que se ela estivesse mais segura de si, teria entregue um número muito melhor.

Let: Ai gente, coitadinhaaa! Esquecer a letra no meio de uma fase assim é complicado. Mas vamos admitir, não tava legal até mesmo antes dela se confundir toda. Pois é, Sara, sei não!

Luke F.: Me deu uma angústia com esse esquecimento, porque deve ser horrível estar lá em cima com toda essa pressão. Gostei de ver como Ivete tratou a situação e incentivou, me lembrou o The Voice Kids, quando ela virou para incentivar a menina que havia esquecido. Enfim, uma apresentação gostosa de ouvir, mas o esquecimento é um problema.

Luke S.: Nossa, que dó da menina, gente. Fiquei sofrendo junto aqui, quando ela esqueceu a letra da música. Ivete, pra variar, foi maravilhosa dando todo aquele incentivo, porque vamos combinar que a cabeça da guria deve ter quase explodido. E achei uma pena, porque no comecinho da performance eu tinha adorado da voz dela.

 

Sérgio Dalcin – “Nova York”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Sérgio canta super bem, e é um dos principais nomes do time Teló, mas ele veio com uma música tão brega. A vaga dele está garantida, obviamente, mas foi tudo muito clichê.

Let:  Sapão nem precisa cantar, é só subir no palco e deu. Tá, mas falando sério, ele cantou bem até, e conhecendo o histórico do Teló, ele passa.

Luke F.: Chegamos finalmente ao bom e velho sertanejo. Sérgio não é um mau cantor, mas esse clássico não ficou tão bem encaixado como ele deveria ter planejado. Pode ser que passe pela qualidade e presença de palco.

Luke S.: Se eu disser que fiquei super impressionado com a apresentação do Sérgio estaria mentindo, mas o rapaz realmente canta bem e fez um ótimo trabalho. Acredito que passa fácil para a próxima fase e espero me surpreender um pouco mais com suas performances futuras.

 

Sinara Costa – “Tem Sorte Que Cê Beija Bem”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Não consegui sentir outra coisa, a não ser vergonha alheia.

Let: Eu achei uma gritaria sem propósito, exagerada mesmo, achei que iria rasgar a garganta. Sinara é boa, mas precisa se controlar mais. Sei lá!

Luke F.: Não vi tudo aquilo que Lulu falou. Tem uma potência, mas achei meio abusivo, se é que posso usar essa palavra…

Luke S.: Ela canta? Sim, e por final tem uma puta voz, mas gente, foi mais uma que exagerou um pouco na dose durante a apresentação.

 

TIME BROWN

 

Aline Peixoto – “Higher Ground”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Eita, poderosa! Aline arrasou e não foi pouco. Vozeirão da po**a e muito estilo, cantando um rock com muita propriedade. Merece e muito passar.  

Luke F.: A garota tem uma voz inigualável, mas me senti meio incomodado em pequenos momentos. Isso não tira o brilhantismo da song choice e da apresentação. Concordo que mereça avançar.

Luke S.: Aline tem um tiro de voz que só vendo, mas eu particularmente não sou muito fã da música. Ainda assim ela já abriu o time do Brown da melhor maneira, baita energia!

 

Deborah Vasconcellos – “Aquele Um”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Adoro Deborah e foi ótimo, mas né, pelo estilo que ela canta e por toda sua mansidão e tranquilidade, sei que ela vai embora hoje. Pena!

Luke F.: Me senti na vibe da canção e de Deborah, foi algo bem construído como uma pessoa que pensa entrar no ramo musical deve fazer. Animou a galera e trouxe suavidade!!

Luke S.: Só eu achei que ela quis enfeitar demais na apresentação? Sei lá, ela com certeza tem talento e voz, mas pra mim não rolou dessa vez.

 

Gab Ferreira – “Você Não Entende Nada”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Gab é uma linda, e cantou muito bem. A performance foi evoluindo, evoluindo de um jeito que destruiu tudo. Foi ótimo!

Luke F.: Eita que esse time é o mais forte da noite, com toda certeza. Gab tem uma voz própria, uma identidade ao apresentar que emociona. Fez uma belíssima apresentação e pode ter certeza que Brown já está em uma enrascada.

Luke S.: Gabi maravilhosa, hein?! Essa personalidade toda, olhar que te pega já de primeira e claro, uma voz que dá gosto de parar pra ouvir. Pra mim foi a melhor dos quatro, sem sombra de dúvida.

 

Vinícius D’Black  “Vou Desafiar Você”

Clique aqui para ver a performance.

Let: Hahaha… genteee ele cantou funk e foi MARAVILHOSOOO!!! Vinícius é arraso mesmo, tão bom, que nem chega a ser justo estar ali.

Luke F.: Quem entende, entende né? D’Black já foi um sucesso e está provando que tem tudo pra arrebentar novamente. O cara sabe como conduzir uma canção, e sua apresentação foi mais do que digna.

Luke S.: Gente, o cara tem talento? Sim, dominou legal o palco, mas particularmente eu não curti foi nada da apresentação. Já tinha achado que a Deborah enfeitou demais, aí o guri pegou ainda mais fundo. Não seria uma das minhas escolhas.

 

Antonio Pack – “I Don’t Wanna Miss A Thing”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Alguém pode me explicar o que foi isso? Por que ele assassinou esse hino?

Let: Eu quase morri de vergonha aqui com essa apresentação horrorosa. Até começou ok, mas depois nem Jesus na causa. Volta pro mar, oferenda.

Luke F.: O meu amigo, não faz uma coisa dessa com a gente não. Sua apresentação fez Steven Tyler ter um mini-infarto!!

Luke S.: Gente, o que esse cara estava pensando? Forçou demais a barra e definitivamente não deveria ter cantado essa música.

 

Dhi Ribeiro – “Muito Obrigado Axé”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: CALA A BOCA! Agora sim o programa começou, e Dhi já chegou com tudo. Que energia boa, quase levantei aqui pra dançar ao som da música. É questão de honra ela ser aprovada para a próxima fase, me recuso do contrário.

Let: Dhi é uma diva, que presença de palco, que vozeirão, que poder. Oh mulher maravilhosa essa, precisa passar.

Luke F.: Realmente é uma voz incrível e indiscutível. Teve alguns momentos que sua leveza era tanta, que a senti um pouco aérea, mas isso não matou totalmente a qualidade. Dhi é realmente uma embaixada do que personifica, como bem disse Lulu.

Luke S.: Dhi, assim como eu já estava esperando, foi maravilhosa e me felizmente me fez esquecer da apresentação anterior. A voz dela é linda demais, te leva junto de tão deliciosa e o resultado foi o melhor possível.

 

Juliano Barreto – “Assim Que Se Faz”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Mais uma vez Juliano soube entregar uma apresentação formidável, e eu simplesmente amei. Por mim ele também pode passar, que não tem problema algum.

Let: Se Dhi é rainha, Juliano é rei. E já deu pra notar que ele pode cantar o que quiser, de Luciana Mello a Spice Girls, vai sempre arrasar. Tem que passar sim, pelamor!

Luke F.: Juliano nos mostrou que, mesmo em um programa chamado The Voice, a presença de palco é uma chave para as portas da classificação. Além disso, sua voz é mais do que incrível e envolveu todos com a música!!

Luke S.: Fiz tipo os técnicos e levantei pra dançar junto, porque foi outra apresentação deliciosa de assistir!

 

Rose Barcellos – “Flor de Lis”

Clique aqui para ver a performance.

Edu: Rose foi muito boa, mas nessa última semana de Tira-Teima o Time Brown está tão poderoso, que estou totalmente dividido, exceto por Antonio. Eu vou ficar muito feliz de vê-la passando, mesmo minha torcida seja pra Dhi e Juliano.

Let: Eu amo Rose, e amo essa música, mas não curti muito a performance, parece que não foi feita para a voz dela. Foi estranho, que pena.

Luke F.: Uma apresentação gostosa, mas também não sei se foi feita exatamente para a voz de Rose. Ela tem um poder vocal imenso e traz na bagagem uma experiência de vida. Espero que ela continue, pois me simpatizo demais com ela, mas o team Brown já tem meus dois preferidos.

Luke S.: A versão Alcione do programa mais uma vez estava ótima gente, gostei tanto que fiquei aqui com medo do resultado. Ela tem uma presença de palco que dá gosto de assistir, e te faz assistir com aquela vontade de ficar torcendo por ela.

 

RESULTADOS – SEMANA 1

Let: Uma noite justa, né gente! Ivete tinha o segundo melhor time, depois de Brown, e escolheu muito bem, assim como seu conterrâneo baiano, que foi justo. Lulu errou ao escolher Nãnan, e Teló não tinha muito o que escolher. Então, resumindo, foi uma noite justa.

Luke F.: Ivete foi certa em sua escolha e trouxe suas melhores armas para uma próxima etapa. Tanto Douglas quanto Samantha já estão no caminho certo para um grande sucesso. O time Lulu foi aquela coisa, Rhaysa já estava certa de classificação e Nãnan tem um pouco ainda a crescer aqui dentro. Foi uma escolha mais do que justa. Teló fez o doido e resolveu arriscar. Na verdade ele não tinha muito o que escolher e foi pela qualidade, uma vez que Pedro ainda tem o que apresentar por aqui e Mariana já é uma estrela que necessita de adaptações. Brown teve a decisão mais difícil da noite e o time mais intenso. O nosso querido técnico escolheu por força e fez bem. D’Black já tem seu conhecimento e Gab vem com toda a qualidade. Mais uma noite difícil, meus amigos.

Luke S.: Gostei muito do desenrolar do episódio e da maioria dos resultados. Começando pelo time da Ivete, ela escolheu exatamente meus dois preferidos: Douglas e Samantha foram de longe os dois melhores, mas confesso que senti um pouco pela eliminação do George. Quanto ao time do Lulu, eu queria muito que o Arthur tivesse passado, porque realmente curti a apresentação dele, mas ainda assim achei o resultado bem justo. Já o Teló fez tipo a Ivete, e escolheu exatamente os dois que eu estava na torcida por aqui, acredito que o Diego não mostrou nem metade do seu potencial ainda e já estou na expectativa pela próxima apresentação dele. Brown pra mim acertou com a Gabi, porque gente, essa menina vai muito longe, mas no lugar do Vinicius eu teria escolhido a Aline.

 

RESULTADOS – SEMANA 2

Edu: Gostei muito das escolhas de Brown, mas doeu ter viso Dhi sair. Mas é aquilo lá, mil vezes Rose rainha, do que Antonio, que infelizmente pisou na bola. Já no time Lulu, seria imperdoável outro resultado, se não fosse Alexandre e Mariana. Na vez de Veveta, francamente fiquei dividido entre Alinne e Grazzi pela segunda vaga da noite, mas a primeira é óbvio que teria que ser de Danielle, algo totalmente indiscutível do contrário, já que ela foi a dona desse último Tira-Teima da temporada. Teló me decepcionou, ao escolher Sinara, e bem previsível em ter passado Sérgio.

Luke F.: A escolha de Brown foi surpreendente e fiquei bem satisfeito. Juliano era escolha certa, e a disputa entre Dhi e Rose fez com que nossa veterana levasse a classificação pra casa. Vai ser interessante ver o trabalho de Brown nas próximas semanas. No team Lulu fico triste com a saída de Kako, pois fez uma apresentação deliciosa, mas Alexandre e Mariana trouxeram grandes números que animaram e emocionaram. A presença de palco se fazendo mais uma vez crucial na decisão. Com Ivete também tivemos uma tristeza, devido a partida de Grazzi, mas a escolha não poderia ter sido mais justa. Danni e Alinne são duas potências do team e necessitavam continuar para aprimorar seus conhecimentos. Teló fez algo tão óbvio, que eu realmente fiquei surpreso quando vi as escolhas. O técnico simplesmente foi com o sertanejo de mãos dadas e não largou. Não sei se foi a escolha mais plausível, mas espero que possa dar bons frutos no futuro.

Luke S.: Nessa semana não consegui acertar nenhum 100%, mas no geral eu achei que até conseguiram ter uma decisão aceitável (rs). Só continuo achando que o Brown fez uma sacanagem terrível, mandando a Dhi pra casa, porque gente, eu adorava a guria. Também vou sentir muita falta da Marilia e da Brenda, pois mesmo ambas não tendo feito suas melhores apresentações, eram duas candidatas que me ganharam demais com as vozes.

 

O que acharam dos dois últimos programas? Foram justas as escolhas? Nessa semana, excepcionalmente na terça, começa a fase de batalhas, finalmente.

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.