The Voice Brasil Kids 3×01 – Audições às Cegas

Imagem: GShow/Globo/Divulgação

Vem fofuródromoooo!!!

Começou a terceira temporada do reality musical mais fofo desse Brasil, The Voice Kids. Com uma bancada quase toda feminina, o grande destaque mesmo foi o incrível Brown. Ele é ótimo com os adultos, mas com as crianças ele assume uma luz especial. Chorou, brilhou, se emocionou, amamos e não é pouco.

Já as moças todas (Milk, Simone & Simaria) vieram para causar e já lotaram as redes sociais com novos e ótimos memes. Ah e as crianças? Todas lindas, cheias de talento, e já tivemos pelo uma delas que se destaca como possível finalista, hein! Pois é!

Vamos ver como foi, então?

 

PERFORMANCES

Guilherme Martinez – “Music And Me”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Primeira apresentação da temporada e já veio me derrubando, MEU DEUS DO CÉU!!!! Desculpa gente, mas não consigo comentar, apenas dizer que foi simplesmente lindo de se ver.

Gaby: É muita fofura numa pessoa só. Quando eu menos esperava, minhas lágrimas estavam caindo. Que apresentação linda e emocionante foi essa?

Let: Foi bem lindo, lindo mesmo! Emocionante, no ponto certo, ele se emocionou e todo mundo se emocionou junto, foi até meio exagerado, e por isso mesmo acho que ele fez a escolha certa, ele é Team Milk na essência. PS: o ranço de Milk já voltou, aff!

 

Alerrandro Costa – “É O Amor”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Achei Alerrandro (gente como registraram a criança assim, ao invés do j?) uma criança espontânea, carismático, mas não foi uma escolha musical adequada. Ele tem uma voz forte e potente para sua idade, só que ficou grande demais pra canção, e olha que a original é cantada por Zezé Di Camargo (sendo que ele beira o exagero diversas vezes). Vamos ver como as nossas queridas coleguinhas vão moldá-lo daqui pra frente.

Gaby: Esse menino é carismático, uma gracinha e canta bem. Tem tudo para chegar a final e espero que as irmãs sertanejas saibam escolher as músicas certas para ele.

Let: Amei esse menino. Ele é um artista nato, que já sabe cedinho assim o que ele quer da vida. Não é a melhor voz, mas o que não falta é carisma para conquistar qualquer público, já sou fã. 

 

Ana Vitória – “Casinha Branca”

Clique aqui para ver a performance

Edu: The Voice Kids voltando com aquela carga sem fim de emoção igual na primeira temporada, e eu já estava quase chorando aqui só com a história da garota. A música cantada é linda, mas houveram certos deslizes durante a apresentação. Ana Vitória precisa trabalhar melhor em seu equilíbrio vocal, pois pra mim essas variações que tiveram não lhe foram favoráveis. Brown e sua mania de apertar o botão no último segundo, mas ainda bem, pois tenho certeza que ele fará as correções necessárias que a jovem precisa.

Gaby: Não gostei muito não. Sei que é impossível dizer não para essas crianças, que cantam melhores que muitos artistas, porém, achei que a Ana exagerou um pouco e teve várias desafinações.

Let: Eu sinceramente não gostei da apresentação, não foi a música correta para a voz dela. A história de vida é linda, mas não teria virado pra ela não. Enfim, vamos ver se melhora.

 

Bia Rosa – “Sereia”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Primeira fofura suprema da temporada, assim como Rafa na primeira temporada e o vencedor Thomas na segunda. Amei a performance, toda dócil, transmitindo uma coisa tão maravilhosa, uma energia sensacional. Junto com Guilherme já é uma das minhas favoritas.

Gaby: Posso levar essa menina para casa? É muita fofura para uma criança. Eu não sei se escolheria essa música, mas tenho que tirar o chapéu pela belíssima performance da Bia. Essa menina vai longe.

Let: JÁ TEMOS A VENCEDORA DA TEMPORADA! ANOTEM!!! Bia é criança que canta com voz de criança, e no frigir dos ovos, é isso que importa. Ela é toda kawai mesmo, como a mesma se intitula. Essa menina tem tudo para arrasar. Aguardo mais apresentações fofíssimas!

 

Lúcia Muniz – “Moving On”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Adorei Lúcia com essa voz surpreendente, fiquei bem boquiaberto aqui. Vai ser interessante a parceria dela com as coleguinhas, pois jurava que ela acabaria indo com a Milk. Uma coisa é certo, se ela não conseguir ir muito além aqui, Lúcia pode voltar com tudo na versão adulta quando fizer 16 anos, com chances até de vencer.

Gaby: Gente, o que são essas crianças? Se eu tivesse um terço da voz que elas tem para cantar, não estaria aqui não e nem no The Voice Brasil Kids não. Tentaria a sorte em algum lugar. Cantar músicas brasileiras já é difícil, mas cantar em inglês é mega difícil porque tem que acertar a pronúncia e saber o que está cantando. Lúcia não só arrasou na voz como parecia que estava conectada com a canção.

Let: Lúcia está com os boletos da Fisk em dia, e arrasou. Mas dá um mini ranço porque não é tão “criança” assim e parece meio injusto, sei lá! Fora isso, já comecei a campanha do The Voice Teen para abrigar vozes incríveis como essa.

 

Augusto Michel – “Estrada da Vida”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Gente, amei Augusto, e algo me diz que ele terá um futuro e tanto no time Simone & Simaria. Ele tem um controle vocal incrível, uma presença de palco e carisma sem igual.

Gaby: Eu não poderia trabalhar nesse programa não, pois viraria a cadeira sempre. Augusto foi uma grata surpresa e adorei o jeitinho dele. Ótima presença de palco e excelente escolha da música.

Let: Eu chorei e não foi pouco. Apresentação linda, no ponto, perfeita (mesmo que a banda tenha tocado uma versão bem karaokê eletrônica, ficou meio feio). E o que foi o match com o pai no final? Augusto tem muito potencial, muito, vida longa!

 

Pedro Sousa – “Oh Happy Day”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Vir com uma canção gospel poderosa como essa é sacanagem. Assim como Simone, também viraria a cadeira de imediato e totalmente desnorteado. Pedro tem o perfil de cantar músicas grandiosas como essa, e ele tem capacidade de ir bem longe na disputa. PS: e o que foi Simaria imitando JHud, ao jogar a sandália dela?

Gaby: Estou arrepiada. Que voz!!! Essa canção é dificílima e Pedro mandou muito bem. Soube equilibrar a voz, sem parecer uma diva enrustida e eu também jogaria minhas havaianas para ele.

Let: EITAAA!!! Mas gente do céu, que foi essa apresentação? Pedro tem um vozeirão poderoso todo gospel, e resolveu cantar esse clássico enorme e beeeem difícil. Arrasou e não foi pouco, e ele combina perfeitamente com o Team Milk, sorry coleguinhas, sou mais vocês! Tô bem ansiosa para as próximas apresentações.

 

Aline Conrado – “Esse Tal de Rock And Roll”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Eu até gostei dela, mas a música não combinou com sua voz. Além disso, tive a leve sensação do nervosismo ter falado mais alto. Espero que ela esteja melhor preparada e possa voltar novamente, mas aí então no The Voice adulto.

Gaby: Péssima escolha da música. Algo não se encaixou e Aline parecia perdida. Acredito que o nervosismo atrapalhou muito.

Let: Sempre tem que ter alguém para desandar um pouco, nesse domingo foi Aline. Apresentação chata, música mais que batida (deveriam até proibir), e tudo muito ZZZzzz, mas muito mesmo.

 

Alane Freitas – “Água de Beber”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Ai bonitinha desculpa, mas não gostei. Vamos ver com Brown vai trabalhar com a garota, mas não a vejo muito longe na disputa.

Gaby: Só eu não achei graça nessa apresentação? Logo que ela começou a cantar, já imaginava que Brown fosse virar a cadeira e espero que ele fala algum milagre para ela continuar na competição.

Let: Eu achei uma fofa com uma boa voz e aquela cara de ranço de grandes artistas – já são bons requisitos para o sucesso. A história de porque ela escolheu essa música achei demais também. Mas tomara que escolha músicas mais fofinhas para as próximas. Tenho certeza que Brown vai trabalhar bem a menina.

 

Rayane Lima – “Meu Violão e o Nosso Cachorro”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Mais uma apresentação que não gostei, não achei tudo isso. Senti que ela quis muito imitar a Simaria, mas não rolou. Vejamos o que será daqui pra frente.

Gaby: Rayane já escolheu a música pensando na dupla serteneja. É claro que as irmãs sertanejas iriam virar a cadeira. Como não sou muito fã desse estilo musical, não sou a melhor a pessoa para dizer que ela arrasou, mas se os jurados amaram é porque a menina mandou bem, certo?

Let: Rayane tem uma voz poderosa, mas o problema é que ela imitou muito a dupla e isso prejudica a apresentação. Que na próxima apresentação ela consiga ser mais original.

 

Fabiana Moneró – “Will I See You”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Ela conseguiu transmitir a mesma serenidade que Anitta na versão original, simplesmente amei.

Gaby: Que menina linda? Posso apertar as bochechas dela? Nunca imaginei que veria uma fofura dessas cantando essa canção. Jurava que ela fosse escolher uma canção mais pop e me surpreendi muito. Fabiana tem tudo para ser uma estrela quando crescer.

Let: Fabiana é uma fofa, mas teve o mesmo problema da Rayane, imitou Anitta. A falta de originalidade me dá ranço, e só na próxima apresentação poderemos ver a personalidade musical da menina (ou não). Pena!

 

Giovanna Khair – “Bohemian Rhapsody”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Essa música é um hino espetacular, que me arrepio toda vez que ouço. Giovanna foi bem ousada em cantar nas audições, pois a canção é perfeita para se apresentar nos shows ao vivo. Ela teve grande risco de não ter as cadeiras viradas, mas ainda bem que todos viraram.

Gaby: Cantar Queen não é para qualquer um e Giovanna arrasou. Para mim, foi a melhor do programa em disparada. Ela foi afinada, deu a sua cara para a música e eu estava quase xingando o povo por não ter virado as cadeiras, mas nos últimos segundos, não é que todos viraram? Louca para saber o que essa menina vai aprontar nas próximas apresentações.

Let: Cantora maravilhosa, mas não é criança. Então sei lá!

 

João Henrique – “Que Sorte a Nossa”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Hoje não, amigo.

Gaby: Fiquei com dó do menino. Ele é uma gracinha, mas realmente não soube escolher a música certa. Ele parecia perdido e desafinou muito. Tente no próximo ano.

Let: Faltou personalidade e afinação. Até ano que vem!

 

Maria Clara & Mariana – “Trevo (Tu)”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Maravilhosas! Foi tão lindo, genuíno essa apresentação. E essa ligação entre as irmãs? Isso pra mim foi o ponto alto de tudo, sendo uma ótima forma de encerrar essa primeira semana de audições.

Gaby: Eu to apaixonada por essas irmãs. Que performance linda. E que voz! Brown não foi o único que se emocionou não. Eu fiquei arrepiada e já quero mais de Maria Clara e Mariana. As vozes combinaram direitinho e elas conseguiram transmitir o que a música transmite de forma única. Essas meninas tem talento!

Let: Nossaaaaaa agora simmm! Me senti o Brown, tava chorando feito uma criança. As irmãs são incríveis, se completam, tão diferentes e tão perfeitas juntas. Amei e tô aguardando mais. Essas meninas tem futuro.

E vocês, o que acharam das apresentações e dos jurados? Curtiram?

 

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.