The Voice Brasil – Semana 4 – Audições às Cegas

the voice
Imagem: Rede Globo/Divulgação

Chegamos finalmente ao final da fase de audições no The Voice Brasil. Nossos técnicos finalmente fecharam seus times, e agora a disputa ficará acirrada com a chegada das batalhas.

Vamos conferir tudo que rolou?

 

PRIMEIRO DIA

 

Jennifer Rocha – “(You Make Me Feel A) Natural Woman”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Eu amo essa música! Aretha é um ícone, e a música junto. Jennifer soube cantar uma canção bem difícil, pois a voz de Aretha é mais grave que a sua. Entretanto não deixou a desejar em nenhum momento, foi segura, autêntica e simples. Veveta tem mais um ótimo nome no time.

Edu: Ai gente, essa música em reality está mais rodada que Taylor Swift antes de gravar seus álbuns. Entretanto, foi uma versão que soube dar um toque diferente das demais. Não caiu no genérico, foi algo sem exageros, lindo e singelo. Tudo na medida certa! Mainha Veveta ganhando mais um nome de peso em seu time.

Luke: Pra mim já chegou como um dos maiores nomes da temporada. Jennifer tem um potencial gigantesco e fez tudo sem exageros, aos vinte anos de idade. Foi bem suave e poderosa, com uma tranquilidade incrível. Já ansioso como Ivete vai conduzir a act na competição.

 

Jamille Alves – “Joga Fora”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Que voz é essa, Brasil? Poderosa! Embora tenha tido alguns momentos de erros, provavelmente por causa do nervoso, ela precisava estar nesta edição! Amei que Brown ficou com ela, apesar de achar que Lulu também faria um bom trabalho!

Edu: Jamille tem uma voz poderosa, isso é fato, mas o nervosismo falou mais alto. Até aí tudo bem, o importante é que ela teve cadeiras viradas a seu favor. Aí se ela tivesse sido “ignorada”, teria ficado bem revoltado. Aguardando suas próximas performances, pois tenho certeza que Brown fará um ótimo trabalho com a moça.

Luke: Brown vai trabalhar muito bem com Jamille!! Já começamos uma essa última semana de maneira incrível, com vozes poderosíssimas. Ela tem aquele potencial que o nervosismo se faz presente mas não destrói a apresentação. Foi muito bem apresentado e promete grandes coisas pela frente.

 

Rafaela Porto – “Estranho”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Sei lá, não curti a apresentação. Não me pegou. Embora Rafaela cante bem, não prendeu a minha atenção o bastante. Precisa ter uma mudança de atitude no palco pra ir longe nas batalhas. Espero que Lulu consiga trabalhar bem ela.

Edu: Rafaela canta bem, mas na altura que as audições já estão, faltou o diferencial o bastante pra seguir em frente. Foi uma surpresa Lulu ter virado, pois esperava que Teló faria isso. Curti, e espero que ela venha com algo a mais nas batalhas.

Luke: Eu gostei da apresentação e da voz de Rafaela mas, mais ainda, gostei das palavras de Lulu. Ele realmente acredita nela e provavelmente vai levar ela em potenciais altos dentro da competição. Esperem para ver.

 

Aísha Campos – “Envolvidão”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Ai, fiquei com pena de Aísha. Ela não foi bem na apresentação, não teve apelo, a música não foi a melhor escolha. Pena!

Edu: Adoro a música, odiei a versão e quase dormi aqui. Próximo!

Luke: O nervosismo tomou conta dela, é uma música de melodia difícil pela quantidade de palavras. Não ficou nem falado melodicamente como um rap nem cantado como um pop!! Enfim, não deu certo dessa vez.

 

Carolina Lelis – “Barracão de Zinco”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Cochilei aqui que até sonhei.

Edu: Outra apresentação que me deu sono…

Luke: Próximo!!

 

Zack – “Não Precisa Mudar”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Essa música é um hinooooooooooo! Amei Zack, a suavidade da voz dele, como a música casou legal com a voz dele. Eu já estava apavorada que ninguém ia virar pra ele. Amei ele e essa música!

Edu: ESSA MÚSICA, GENTE!!!!! Algo me dizia que Veveta viraria, e foi dito e feito. Fiquei na agonia de ninguém virar, mas ainda bem que isso não aconteceu. Foi uma versão mais intimista e suave, e eu particularmente amei. Já quero um dueto entre os dois para essa música, que amo por demais.

Luke: Não é fácil apresentar uma música dessa qualidade pra quem a interpreta, não é mesmo? Ainda por cima sendo Ivete. Zack tem uma voz muito suave, uma simpatia incrível e mereceu muito essa vaga no team Ivete.

 

Marcio & Douglas – “Diz Pra Mim”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Não vou negar, foi legal. Normalmente a gente já vai julgando as duplas exatamente por serem duplas. Mas a escolha da song choice foi boa, casou com a voz dos dois.

Edu: Quando a performance começou eu senti uma vergonha alheia e pensei que seria bomba, mas logo me enganei bonito. Me julguem, mas eu adorei e muito a performance. Foi uma explosão inicial desnecessária e exagerada, mas aos poucos eles foram se encontrando. Eles são intensos, e isso é algo a ser trabalhado neles.

Luke: Cara, eu achei incrível!! É uma música diferente para uma dupla, quando todo mundo espera um sertanejo. Foi bem apresentado, vozes características, uma versão boa de uma música incrível. Teló vai trabalhar bem com os meninos.

 

Mariana Alho – “O Nosso Amor A Gente Inventa”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Amei, nota zero! Sem personalidade nenhuma!

Edu: Ai sou obrigado não!

 

Gisele Lira – “Will You Still Love Me Tomorrow?”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Que música difícil de se cantar, do nosso ícone atemporal Amy Winehouse. Achei muito monótono para uma apresentação. Ela tem uma boa voz, e me impressionou em alguns momentos. Embora achei que a apresentação foi morna, ela mereceu as cadeiras viradas. Mais uma ótima voz no time Ivete. Tô achando que o #VemTetra do Teló não vai rolar esse ano.

Edu: Ai minha Amy, que saudades! Gisele não teve uma apresentação épica, mas foi um número bacana de se ver. Essa canção é bem difícil, e ela conseguiu alcançar cada camada da mesma. Eu curti por demais, e Veveta tá indo para as batalhas com um time incrível.

Luke: Gisele trouxe um trabalho bem feito e de difícil execução. A canção é um clássico atemporal de Amy e merece uma apresentação a altura. foi bem realizada sobre uma boa voz. Acho que Ivete tem muito o que passar à garota e formarão uma sincronia interessante.

 

Lia Gondim – “Deixa Eu Dizer”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Amei a versão dessa música. Lia foi autêntica, gostei demais! Brown ganhou muito com Lia no time.

Edu: Lia tem uma voz interessante, mas não me ganhou. Gosto da música, mas sei lá, algo ficou faltando, na minha humilde opinião.

Luke: Não me conquistou muito, mas não é uma voz ruim. Tem que ser melhor trabalhada para passar das batalhas. Veremos o que vem por aí…

 

Ian Alone – “My Girl”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: A música mais clichê de realities eveeeeer! Ian tem algo na voz que não escutei até então. Não sei decifrar ao certo, não sei se é o timbre mais agudo dele, ou a rouquidão. Só sei que amei. Time Lulu com mais um concorrente bom.

Edu: Eu amo forte “My Girl”, pois é o tema de um dos meus filmes prediletos da vida. Achei meio karaokê a performance, mas mesmo assim amei. Foi autêntico ao mesmo tempo, e mereceu sim ter uma cadeira virada.

Luke: My Girl” em reality é igual evidências no karaokê, não tem como não rolar. Ian fez uma boa apresentação, tem uma voz marcante e foi característico. Espero ver Lulu seguindo em frente com o rapaz, pois é um bom trunfo para as próximas etapas, se bem trabalhado.

 

SEGUNDO DIA

 

Marine Lima – “Piece Of My Heart”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Cantando esse hino começamos esta quinta-feira, como eu amo essa música da Janis. E Marine pegou essa música forte e icônica e deu sua identidade. Amei forte! Time Ivete vindo muito forte essa temporada.

Edu: Começamos muito bem, obrigado, a última noite de audições. Marine soube trazer a identidade de Janis, sua atitude e paixão. Uma presença de palco de uma verdadeira rockstar, e ganhou muitos pontos comigo. Team Veveta está um verdadeiro hino!!

Luke: Marine é uma verdadeira popstar e soube apresentar muito bem seus pontos fortes!! Trouxe uma song choice marcante e bem executada, um verdadeiro clássico de Janis Joplin. Aguardo um trabalho muito minucioso de Ivete sobre a garota, veremos.

 

Murilo Bispo – “Coração de Papel”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Que voz suave Murilo tem. A música é linda, e a escolha foi ótima para a voz dele. E lembrando que era um sertanejo, escrito por Sérgio Reis. Uma voz diferente para o time Teló.

Edu: Só o VT dele com o pai já me derrubou bonito aqui, meu Deus! Aí ele com essa voz suave, que soube casar perfeitamente com a canção escolhida. O Clay brasileiro de 13R conseguiu me fazer chorar bonito aqui. Nosso Blake tupiniquim ganhando um nome bom em seu time, mas ainda não o bastante para o tetra… #paz

Luke: Murilo tem muitos pontos a seu favor que o tornam um favorito. O rapaz tem seu carisma e humildade, que faz um bom diferencial. Trouxe uma song choice peculiar e muito bem executada, mantendo a qualidade do início ao fim. De uma maneira fria ao dizer, ele tem uma voz bem comercial. Enfim, não vamos passar os carros na frente dos bois, mas é um grande nome ao team Teló.

 

Tamires Braga – “Alô! Alô! Marciano”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Amei a delicadeza e ao mesmo tempo a força da voz da Tamires. Já estava apavorada que não iam virar para ela, mas Looloo salvou o mundo.

Edu: Adoro essa música, e não entendi quase ninguém virando. Não foi a oitava maravilha do mundo, obviamente, mas Lulu soube não desperdiçar esse talento de Tamires. Chupa, sociedade!

Luke: Tamires tem uma qualidade inegável!! Seus movimentos entre o grave e o suave fizeram uma boa apresentação. Sua identidade é predominante e Lulu vai saber trabalhar muito bem nisso.

 

Lais Yasmin – “Eu Só Queria Te Amar”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Nossa, que boring essa apresentação. Cochilei aqui. Teló segue com um time bem diferente.

Edu: Ai Namaria, vou discordar kkkkk… Eu já amei, não sei se é porque eu gosto de uma balada, mas eu viajei aqui. Achei que a canção casou com Lais, mas não sei se ela terá vida longa na disputa, sinceramente. Por mais que team Teló ainda não esteja lá aquelas coisas, ele pode nos surpreender, mas talvez não com ela.

Luke: Vou concordar com Edu, eu achei incrível a apresentação!! Por mais que tenha preconizado a balada, ela tem uma vertente sertaneja que vai encaixar bem com Teló. Não sabemos se tem o potencial de uma final, mas não acho que passará batido e será esquecida pelas batalhas.

 

Suelen Karine – “Azul”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Teló e Ivete ícones que merecem ser ovacionados! Concordo com Edu, a apresentação dela foi bem normal. Ela escolheu fazer parte do Time Lulu, e sinceramente, vai ser bem legal ver.

Edu: Primeiramente, EU TÔ MORRENDO COM VEVETA QUERENDO BATER EM TELÓ POR TER SIDO BLOQUEADA! Suelen é linda demais, me apaixonei, mas achei sua performance just ok.

Luke: Teló e Ivete já merecem aplausos por carregarem essa competição nas costas de maneira exemplar. A apresentação foi just ok, mas Suelen tem carisma e sabe colocar isso em sua apresentação. Ela combina muito bem com Lulu e terá grandes chances em seu team.

 

Bruno Tini – “Mercy”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: A voz do Bruno me dá os ares bem de longe com a voz do Chad Kroeger, vocalista do Nickelback. Mas não foi a melhor apresentação dele. Talvez esteja cansada dessa música e do Shawn Mendes.

Edu: Next, bitch!

Luke: Uma song choice equivocada e pequena falta de adequação vocal. Ele tem potencial de crescer no cenário pela qualidade da voz, mas merece ser lapidado neste próximo ano.

 

Géssica Lima – “As Canções Que Você Fez Pra Mim”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Ai, não gostei muito da act, sei lá, não me prendeu. Com Géssica, a Ivete fechou o time, que está bem heterogêneo e interessante.

Edu: Géssica tem a voz, cantou uma música ok, mas não me ganhou. Desculpa, mas eu não viraria.

Luke: Géssica ganhou em qualidade, mas não segurou a empatia. Ela tem uma voz com identidade e fez uma song choice interessante e bem executada. Ivete pode trabalhar bem, mas não sei se passa das batalhas.

 

Nina Black – “Gostava Tanto de Você”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Amei a voz da Nina, mas achei uma apresentação bem morna. Quero vê-la atingindo um nível maior, porque a voz dela proporciona isso. Espero que Brown possa fazê-la evoluir.

Edu: Nina tem uma voz potente, conseguindo atingir notas altíssimas com uma facilidade e plenitude sem igual. Entretanto, isso não quer dizer que tenha gostado. Foi bem just ok, mas acho que ela pode nos surpreender.

Luke: A apresentação foi bem executada, contudo, não é aquela que deixará marcas na temporada. Nina tem uma voz potente, com uma dinâmica interessante entre graves e agudos. Espero que Brown faça um bom trabalho com ela.

 

Cadu Duarte – “Your Song”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Eu amo essa música do queridíssimo Elton John. Ela é delicada, e Cadu cantou super bem. Ótima adição ao time Lulu, a última vaga.

Edu: Gente, que apresentação mais linda! Obviamente que essa canção ajudou e muito, e Lulu fechou seu time com chave de ouro.

Luke: Essa música por si só já merece aprovação. Cadu fez um bom trabalho com ela, trouxe uma identidade para não ficar aquele karaokêzão que estamos acostumados. Mas não sei se tem o feeling para passar das batalhas em um team como o de Lulu. Veremos…

 

Morgana Rodrigues – “Pagode em Brasília/Chora Viola”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Eu gosto bastante do sertanejo de raiz, mas Morgana canta pra dentro, não entendi muito o que ela falava. Precisa de uma ajuda de fonoaudiologia. Era visto que Teló viraria pra ela.

Edu: Concordo com Namaria, a moça parece que canta pra dentro, e ainda com um ovo quente na boca. Teló, amigo, me ajuda para ser ajudado.

Luke: Gente, não!! Que que Teló tá fazendo?? kkkkk… Foi bem aquela coisa, tô precisando de mais um act, bora lá… Teve aquela coisa do pot pourri, mas a voz não conquistou.

 

O que acharam do final das audições às cegas?

About Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira
Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!