Teló começa a mostrar as garras na fase de Tira Teima do The Voice Brasil

the voice brasil
Imagem: Isabella Pinheiro/GShow/Divulgação

Na semana passada, o The Voice Brasil chegou às fases ao vivo da temporada. Dando início, o Tira Teima deu a vez na disputa.

Em três programas, os nossos técnicos passaram a ter o direito de decisão junto ao público. Escolhas sensatas e outras nem tanto assim, além de grandes reviravoltas. Vamos conferir tudo que rolou aqui?

 

PRIMEIRO DIA

TIME BROWN (Let)

 

LC Negão – “Anjos (Pra Quem Tem Fé)”

Clique aqui para ver a performance.

Olha, por que essa música? Poxa, LC, ela não valoriza a voz, não valoriza teu talento. Eu esperava muito mais, mas foi só ok, beleza, próximo. Complicado!

 

Lia Gondim – “Amor Perfeito”

Clique aqui para ver a performance.

Aiii que ZZzzzz, tô chata hoje, mas Lia é outra de quem eu esperava muuuuito mais. Achei que desafinou em alguns momentos, e que foi a música errada. Foi fraco e claro, chato.

 

Maraia Takai – “I Will Survive”

Clique aqui para ver a performance.

Ufaaa! Finalmente uma apresentação que gostei. Maraia já chegou arrasando no vozeirão, e me surpreendeu com a sua escolha musical, mas vindo dela não poderia ser algo fácil mesmo, e nem em português né! Arrasou e não foi pouco, e de novo um baita look.

 

Rê Adegas – “Ligia”

RAINHAAAA!!! Rê nem precisa abrir a boca, já ganha. “RÊ LADRONA, ROUBOU MEU CORAÇÃO!” E aí vai lá e canta Ligia, um hino ícone que pouca gente nova conhece (e deveriam conhecer) e destrói tudo né?! Diva poderosa, cabelinho de Elis. Nessa aqui nem preciso citar o meu bairrismo, porque mesmo não sendo gaúcha de Porto Alegre como ela, eu seria mega fã.

 

RESULTADO

Maraia rainha passando pelo público foi justíssimo, e se não fosse pelo público seria por Brown, porque essa menina precisa ir longe na competição. Mesma situação com Rê, como não foi pelo público, tinha que ser por Brown, porque ela tem aroma de final né! No fim, fiquei triste por LC, mas ele errou na song choice, com isso Lívia passou, mesmo eu também não tendo curtido sua apresentação, mas Brown que sabe!

 

TIME IVETE (Edu)

 

Edson Carlos – “Muda de Vida”

Edson é um dos meus favoritos, isso é fato. Cantei junto e em alto e bom som, pois ele consegue transmitir algo inexplicável. Imagina nossa mainha levando a temporada com um act sertanejo, ao invés do nosso Blake brasileiro? Eu ia amar, assim como amei essa performance. É questão de honra Edson passando, não admito o contrário.

 

Gisele Lira – “You Oughta Know”

Clique aqui para ver a performance.

Primeiro Amy, depois P!nk e agora Alanis, Gisele só escolhendo as cantoras que amo. Apesar de amar esse hino libertador, não achei que ela tenha sido feliz na escolha. Após ter destruído nas batalhas, esperava algo mais explosivo e de atitude, conforme a original. Gi fez sua própria versão, e pra mim soou ok e nada mais. Mesmo assim quero e muito que ela continue na disputa.

 

Kevin Ndjana – “Happy”

Clique aqui para ver a performance.

Ai não aguento mais essa música, sério mesmo! Não sei se é por conta do ranço que peguei da mesma, mas não achei a apresentação tudo isso. #Paz

 

Ramon Nascimento – “Drão”

Clique aqui para ver a performance.

Nossa, Ramon conseguiu se superar. Veio com uma música difícil, começando de forma bem tímida, mas aos poucos foi evoluindo. Quando menos esperei, ele estava dominando o palco de uma maneira que me surpreendi. Depois de Edson, essa foi a apresentação que mais gostei do team Veveta essa noite.

 

RESULTADO

Era questão de honra Edson passando pelo público, por favor. Se eu fosse Veveta, com certeza escolheria Gi e Ramon de olhos fechados, sério. Agora escolher Kevin? É sério isso, mainha? Dos quatro ele foi o pior, e não curti nada o que foi apresentado. Gisele mereceu passar, mas Ramon não tinha que sair agora.

 

TIME LULU (Ana)

 

Cadu Duarte – “Dancing On My Own”

Clique aqui para ver a performance.

Ai, não acredito que ele está cantando Calum Scott, o ícone do British Got Talent! A voz do Calum é bem parecida com a do Cadu, e sinceramente, adorei a versão dele, muita emoção, uma voz equilibrada. A música ajudou bastante, não é uma música muito difícil de se interpretar, e Cadu colocou todo seu coração na voz.

 

Daniel Lopes – “Sem Radar”

Mas é só hino no time Lulu hoje. LS Jack a banda que embalou minha infância/pré-adolescência. Eu achei ele chato nas primeiras apresentações, mas hoje ele fez uma melhor escolha de música e detonou. Fez jus aos mais de 20 anos de profissionalismo na Alemanha. Lulu está tendo trabalho até agora.

 

Giulia Sant’Anna – “Pensando em Você”

Clique aqui para ver a performance.

Amore, precisa cantar pra fora, viu? Tá cantando baixo. A pior de hoje, erra nas respirações, no tom da música. Hoje precisa rodar.

 

Priscila Tossan – “Negro Gato”

Clique aqui para ver a performance.

Sei lá, eu acho Priscila afinada, tem uma particularidade ótima, acho ela com a personalidade própria muito forte. Mas ela não me pega tanto quanto ela pega a todos. O estilo dela não me prende, mas sei reconhecer que ela tem uma voz diferente. E a song choice foi muito boa.

 

RESULTADO

Como já era de se esperar, Priscila foi a escolhida do público. Ela tem uma personalidade e ser diferente já a deixa em vantagem. A escolha de Cadu foi extremamente correta, ele também foi muito bem. Agora Lulu acusou a senilidade e escolheu Giulia, que claramente não tem maturidade musical suficiente pra estar neste programa. Daniel foi muito bem, teve a melhor escolha de música dele no The Voice. Lulu perdeu uma imensa chance de ganhar esse programa.

 

TIME TELÓ (Luke)

 

Isa Salles – “Blow Your Mind (MWAH)”

Clique aqui para ver a performance.

A garota sabe o que está fazendo, né?! Ela já tem uma noção de movimento em palco que lhe confere pontos positivos dentro da competição. Não sei se será a melhor voz da noite no team Teló, mas tem o feeling do artista em palco. Veremos!!

 

Lais Yasmin – “Cabecinha no Ombro”

Se estava em dúvida da melhor voz da noite, eu achei quem é. Lais tem uma tonalidade impressionante. Desde sua batalha com a dupla, cantando Shania Twain, eu já me vejo apaixonado por ela. E essa semana, fez o trabalho de forma exemplar. Te cuida galera, as mulheres vão dominar a final esse ano, escrevam só.

 

Morgana Rodrigues – “Amanheceu, Peguei a Viola”

Clique aqui para ver a performance.

Morgana consegue vender bem seu personagem e se apega ele até o final. É nítido uma evolução de sua audição até aqui, mas acho que ainda falta certa maturidade pessoal e vocal para os palcos. Enfim, acredito no potencial de uma próxima fase, mas depende da próxima apresentação.

 

Renan Valentti – “Recaídas”

Clique aqui para ver a performance.

Eu gosto da maneira que Renan se apresenta e sou incrivelmente apaixonado por essa música, que marcou minha vida. Contudo, não achei que se conectou bem com a canção. Ele tem uma vasta song choice do sertanejo que poderiam lhe cair tão melhor… Enfim, tudo nesse programa é uma surpresa.

 

RESULTADO

A escolha do público me surpreendeu, mas já era esperado Morgana na próxima etapa. A escolha do Teló foi a minha como público, foi a de Ivete. Ela é a que tem mais preparo dentro do time até então e merece demais uma próxima etapa, quem sabe uma final? A escolha por Renan foi uma jogada boa pela zona de conforto de Teló e espero que eles trabalhem melhores songs choices nas próximas etapas!! Isa realmente não fez o seu melhor, mas fez bonito e teria tantas chances quanto Renan

 

 

SEGUNDO DIA

 

TIME IVETE (Edu)

 

Alan Camargo – “I Feel It Coming”

Clique aqui para ver a performance.

Não gosto da música, não gosto do The Weeknd, logo não gostei da apresentação.

 

Damiana Sadili – “Best Part”

Clique aqui para ver a performance.

Ai gente, que coisa mais delícia! Tipo, poderia ter sido bem melhor, pois teve horas que as backing vocals se sobressaíram mais, só que a suavidade de Damiana transpareceu uma paz. Melhor que Alan, isso é fato!

 

Flávia Gabê – “Falando Sério”

Agora sim o team Veveta começou pra valer nesse segundo dia de Tira Teima. Pra mim foi uma apresentação incrível, com uma segurança do começo ao fim. Foi a escolha mais que certeira, e o resultado final não poderia ter sido melhor. Amei por demais, e Flávia merece ser salva logo pelo público, a única merecedora.

 

Júlia Dantas – “Serrado”

Clique aqui para ver a performance.

Assim como Damiana, Júlia até que foi bem, mas faltou algo. Rolaram alguns deslizes, mas é normal. Ela fecha o time, com a certeza de que as três merecem passar para a próxima fase.

 

RESULTADO

Flávia foi infinitamente melhor dos quatro, logo era questão de honra sua classificação pelo voto popular. Sinceramente não aceitaria outro resultado, se fosse diferente desse. Como sempre, mainha não me decepcionou, e acabou escolhendo Damiana e Júlia. Foi a decisão mais sucinta, pois Alan já estava começando a entrar numa zona de conforto boring. Vida longa a esse trio na disputa!

 

TIME BROWN (Let)

 

David Nascimento – “These Days”

Clique aqui para ver a performance.

Boring! Poxa, David, que apresentação fraca para uma fase tão importante, parece que não quer se salvar, que isso, mano? Eu esperava muito mais, porque voz tem, né! Bom, vamos ver como vai ficar. Por mim vaza, mas com esse quarteto meia boca, é bem capaz que ele se salve mesmo.

 

Erica Natuza – “Rehab”

Clique aqui para ver a performance.

Fisk tá vencido ou ela esqueceu mesmo grande parte da letra porque foi mais grito que canto. Sempre me pergunto: “Por que essa música? Amy tem outras beeeeem melhores.” Mais uma apresentação fraca no time Brown, mais uma cantora ocupando um espaço que não merece, tá difícil hoje.

 

Helen Cristina – “Não Vou Ficar”

Clique aqui para ver a performance.

Bom, o problema deve ser eu, então, porque não gostei nada de Helen também! Pra que essa música? De novo, Tim Maia tem outras beeeem melhores e que valorizam mais a voz. Zero presença de palco né? Ficou parada no mesmo lugar o tempo inteiro. E se não fosse a rasgadinha que ela dá na voz, me sentiria em um karaokê furreca. Aff!

 

Raissa Araújo – “Minha Festa”

Clique aqui para ver a performance.

Raissa, nossa Caymmi cover foi a melhor do time Brown. Mas isso não quer dizer que foi incrível, tá! De novo uma música fraca, que não valorizou a voz e nem acrescentou nada na noite. Não foi surpreende, bem pelo contrário, esquecível total. E ela desafinou em algumas partes, o que é estranho para uma voz grave que escolhe uma música com tom grave.

 

RESULTADO

Público louquíssimo salvou Erica. Brasileiro não sabe votar, mas as opções eram horríveis. Aí Brown vai lá e salva David, ok, ele merece mais por que voz tem, só escolheu a música errada mesmo. A segunda salva foi Helen, e ela tem um perfil mais comercial que Raissa mesmo, só não sei se é uma voz melhor. Mas foi bem difícil mesmo.

 

TIME LULU (Ana)

 

Larissa Viana – “Who’s Loving You”

Tinha esquecido como era a voz de Larissa, eu admito. Mas ela foi muito bem hoje. Não acho que tenha uma grande chance com Zack e Suelen no mesmo time.

 

Suelen Karine – “Nosso Nó(s)”

Clique aqui para ver a performance.

Gente, que música é essa? Não conheço, mas ficou muito boa na voz da Suelen. Com certeza é o melhor time da noite.

 

Tai Chiaro – “Believe”

Clique aqui para ver a performance.

Nossa, odiei muito. A pior com certeza. Não curti nada a escolha, não teve uma emoção na act, a versão da música não combinou com ela. Não curti.

 

Zack – “Nessas Horas”

Clique aqui para ver a performance.

Amo Zack com todas as minhas forças, mas não acho que a escolha de música tenha sido a certa. Ele tem tanto potencial pra tirar essa voz do fundo da sua alma, mas essa música não ajudou nem um pouco.

 

RESULTADO

A escolha de Larissa pelo público pra mim já era certo. Ela foi uma das melhores da noite e do grupo, assim como Suelen. Agora Tai ser escolhida ao invés de Zack foi mais uma afronta do Lulu, mais uma chance de ser campeão perdida. (E eu também…)

 

 

TIME TELÓ (Luke)

 

Arthur Henrique – “Desperdiçou”

Clique aqui para ver a performance.

Claramente Arthur conseguiu trazer sua identidade pra canção, pois foi uma vertente um pouco mais pesada que a original feita por Sandy e Junior. Isso quer dizer que ficou excelente? Nem tanto. Foi uma apresentação incrível, Arthur tem um talento nato, é um artista completo, canta, dança e envolve a plateia. Contudo, em alguns poucos momentos eu me incomodei com o emprego da voz na canção, em momentos bem específicos. Acho que há todo potencial de passar e de crescimento ainda maior na competição.

 

Dri – “Whole Lotta Love”

É potencial vocal que vocês querem? É potência vocal que vocês terão. Dri tem o feeling do rock n’ roll inegavelmente. Ela é sim uma artista completa, com interação, gestos em palco, interpretação da canção!! A voz é potente e combina com seu estilo. Claro que uma canção “gritada” nem sempre tem o reconhecimento e a beleza de uma musicalidade. Contudo, Led Zeppelin pede essa entonação mais forte dos gritos que Dri trouxe perfeitamente. Dava para ouvir a canção e entender o que estava sendo dito. Enfim, um belíssimo trabalho de uma das favoritas na competição.

 

Letícia Gonçalves – “Loka”

Clique aqui para ver a performance.

Analisando qualidade vocal, sabemos que Letícia é uma grande competidora. Na verdade, a essa altura da competição todos são. Contudo, devemos fazer uma análise mais ampla. Optaram por adaptar a canção em uma versão mais praiana, o cenário amarelo indicava algo mais puxado pra esse lado também. Durante a apresentação, Letícia canta dentro da versão original, que não atrapalha tanto, mas confunde quem está assistindo. Para que mudar a melodia, se você não acompanha a mudança com a voz? Enfim, foi um bom trabalho, mas vale ressaltar esse ponto como crítica aos produtores e competidores.

 

Micaella Marinho – “Oh Happy Day”

Clique aqui para ver a performance.

Micaella será, com toda certeza, uma exímia e conhecida cantora brasileira. Aos 16 anos, ela tem um potencial violento e soube trabalhar muito bem sua song choice. Ficou dentro de uma zona de conforto, mas trabalhou a voz com a mudança de melodia. Ela tem um potencial gigantesco e fechou a diversidade do team Teló.

 

RESULTADO

Teló, nunca poderíamos concordar tanto em escolhas. Acredito que a ordem foi perfeita, com Dri sendo a escolha popular e com um grande apreço depois de quatro boas apresentações. Arthur segue com aqueles pequenos pontos que não destroem sua apresentação, mas que mostram ousadia de uma song choice inusitada. Micaella tem o potencial gigantesco, muito jovem e crescerá bastante aqui dentro, merecendo ficar. Letícia teve aquele deslize de não criar o match entre melodia e voz que deu uma mudada em sua apresentação, mas ainda assim de ótima qualidade. Estou muito feliz com as escolhas e bora pra quinta feira, que vem mais.

 

TERCEIRO DIA

 

TIME TELÓ (Luke)

 

Andressa Hayalla – “Final de Tarde”

Clique aqui para ver a performance.

Inegável a qualidade, mas a apresentação me deu um pouco de sono em alguns momentos. Sei lá, não é a vertente que eu gosto, mas aprecio muito a beleza. Tem uma voz potente, que promete alcançar grandes notas dependendo da song choice. Mas ainda acredito que podemos ter coisas melhores por aí.

 

Kelvin Bruno – “Redemption Song”

Olha, poucas apresentações me deixaram empolgados como esta que acabo de ouvir. Kelvin foi de uma suavidade e sutileza ao apresentar que realmente me emocionou viu. O team Teló é inegavelmente eclético e isso é um ponto positivo, pois o técnico pode ter uma noção do que agrada mais o público e moldar seu team. Espero ver mais de Kelvin na próxima etapa.

 

Leo Pain – “Por Um Minuto”

Clique aqui para ver a performance.

Olha, não é fácil cantar Bruno & Marrone em um nível desses, viu. Leo trouxe um clássico da dupla e deixou sua marca. O cantor é o atual representante do sertanejo no team Teló, sem nenhuma dúvida. Espero que ele consiga uma vaga na próxima também.

 

Lílian Menezes – “Feira de Mangaio”

Clique aqui para ver a performance.

Quando falo da diversidade em uma noite só, é isso que estou dizendo. Cada um com seu universo e com apresentações bem executadas, apesar de alguns detalhes. Lilian tem uma voz bacana, é animada dentro de sua zona de conforto. Não sei se tem o culhão pra ganhar a competição, mas pode passar tranquilamente pra mais uma etapa.

 

RESULTADO

Como público, ficaria indeciso entre Leo e Kelvin. A decisão do sertanejo foi justa pela qualidade apresentada, mas Teló não decepcionou e já segurou Kelvin como sua primeira decisão. Foram as duas melhores da noite e o que acontecesse a seguir seria responsabilidade do próprio técnico. A decisão foi justa com Andressa passando, mas Lílian também não foi das piores. Vocalmente falando, Andressa está anos-luz a frente, mas hoje, The Voice não se resume apenas a uma voz.

 

TIME IVETE (Edu)

 

Jennifer Rocha – “Sorry Not Sorry”

Clique aqui para ver a performance.

Nossa, pra começar, o áudio estava péssimo. Achei interessante essa versão diferenciada do hit de minha guerreira, mas não beneficiou Jennifer. Não sei ao certo, mas pra mim não rolou.

 

Mariá Pinkusfeld – “Espumas Ao Vento”

Clique aqui para ver a performance.

Bom, eu não gostei de Mariá desde o começo, ela nunca me desceu. Resumindo, tédio define essa performance. Ela levou a sério o termo “sanfona sofrida”, e parece que estou vendo um número versão forró de Lana Del Rey, scrr!

 

Marine Lima – “Stayin’ Alive”

Depois de duas apresentações desastrosas e terríveis, finalmente um acerto no team mainha. Marine foi ousada, transformando esse hino da disco music em um rock de qualidade. Ela pegou a canção do Bee Gees, como se fosse sua desde sempre. É questão de honra sua ida para a próxima etapa.

 

Tamires Braga – “Let’s Stay Together”

Clique aqui para ver a performance.

Não chegou aos pés de Marine, mas Tamires fez um bom número também. Começou de forma meio morna, mas foi evoluindo no decorrer da música. Não teve aquele destaque, que vamos relembrar por um bom tempo, aliás amanhã nem me lembrarei mais.

 

RESULTADO

Parece que depois da nata, Veveta deixou para a última noite o “resto”. Sinceramente só Marine e Tamires mereciam passar, mas tem que ser três. A nossa roqueira de atitude era questão de honra ser salva pelo público, dá vontade né The Voice US? Jennifer e Mariá  decepcionaram, por mim ambas seriam eliminadas. Mas aí uma escolheu a canção de uma das minhas cantoras prediletas, enquanto a outra possuo um ranço sem fim. Logo, me deu um certo alívio pela escolha de Veveta. Com isso, me deu um medo danado dela escolher Mariá por último, mas ainda bem que Tamires foi a escolhida. Tchau, querida!

 

TIME BROWN (Let)

 

Cristiane Santos – “Ai Que Saudade De Ocê”

ESSA MÚSICA! Baita clássico, e Cris tá tão lindinha cantando. Foi apenas perfeito, amei tudo, amei o tom, amei a segurança, amei ela toda, tocou lá no fundo mesmo, sabe! Foi tão bom, que fiquei parada olhando assim como o público, hipnotizada por esse vozeirão que soube mostrar sua força de forma contida. Tomara que passe.

 

Meggie Santos – “À Francesa”

Clique aqui para ver a performance.

Clássico dos karaokês né, porém não foi tão bom assim. Acho que foi o baque que Cris me deu, quem sabe. A questão é que Meggie é boa, mas nem tanto. Falta nela o The X Factor (SIMMM EU SEI QUE É OUTRO PROGRAMA, MAS É VERDADE), ela canta muito, mas falta carisma, hipnose. Então não sei se passa, mais do mesmo.

 

Murilo Bispo – “Lost Stars”

Clique aqui para ver a performance.

QUE OUSADIA DE MENINO MURILO! Olha, tem que ser muito seguro de si para cantar essa música mega difícil, e tem que ter o SENHOR FALSETE também – mas não é o caso, né! Murilo foi bem no início até o refrão, que ele se segurou e não passou a explosão necessária para nos conquistar. Que pena, mas é aquilo, não basta pegar musicão se tua voz não aguenta.

 

Nina Black – “O Nego Do Cabelo Bom”

Clique aqui para ver a performance.

Ai Nina! Bom, música just ok. Pessoal insiste nessas músicas cheias de swing que não valorizam a voz e não trazem nada de novo. Eu achei beeem dispensável, por mim adeus.

 

RESULTADO

Murilo é bonitinho de levar pra casa, só por isso passou, porque outro motivo não teria né gente, sejamos sinceros. Bom, aí Brown foi lá e fez justiça, passou Cris, a melhor do seu time e que realmente passou muita emoção em sua apresentação. Ainda arrepiada, confesso. Aí do nada ele bateu a cabeça e escolheu Nina, que foi só a pior pessoa da noite toda até agora, e mandou Meggie embora. Ah, Brown, assim não dá para te defender, gato!

 

TIME LULU (Ana)

 

Dreicon – “Lemonade”

Clique aqui para ver a performance.

Ai, posso ser sincera? Dreicon já deu o que tinha que dar. Ele canta bem? Sim. Mas essa melosidade na voz, sempre o mesmo estilo de música, cansa. Ele precisa se destacar, mas não se continuar sendo mais do mesmo. Foi muito monótono, credo.

 

Gika Bacci – “Chain Of Fools”

Gika sabe colocar a voz dela no rock. Da única vez que ela não cantou rock, foi bem meia boca. Hoje ela dominou a música, o palco e a act fluiu muito melhor. Torcendo por ela.

 

Isa Guerra – “12 Horas”

Clique aqui para ver a performance.

Nossa, não curti nada a apresentação. A música não casou com a voz da Isa, foi bem pobre a act.

 

Thailla Lima – “Medo Bobo”

Clique aqui para ver a performance.

No início ela não foi muito bem. Entretanto, ao longo da música a voz foi encaixando com a canção e ficou legalzinho. Não o suficiente pra ser aquela voz, mas foi interessante.

 

RESULTADO

Dreicon como escolha do público já era visto, só pelo rostinho bonito e estilo musical que agrada as pessoas. Isa como segunda escolhida doeu, pela falta de critério. Mas pelo menos Gika Bacci passou, fazendo com que o Time Lulu tenha alguma chance. Uma pena, pois Thailla Lima, apesar de um início complicado na act hoje, conseguiu evoluir bem. Choices, né?

 

Com isso a fase de Tira Teima chega ao fim, e com Teló tendo se destacado por aqui. Na próxima semana começa a Batalha dos Técnicos, e é claro que não vamos perder.

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.