The Voice UK – 7×08 – Battle Rounds

Imagem: ITV/Divulgação

Depois de dois longos meses de audições, enfim chegamos a uma das fases mais enérgicas do The Voice. As batalhas já chegaram com força total, e os coaches mostrando que esse ano não estão para brincadeira. Duelos inesquecíveis e reviravoltas impressionantes, venham conferir tudo o que rolou nesse primeiro dia.

 

TEAM JHUD (Edu)

 

Belle Vocci x Scarlett Quiggley – “Smells Like Teen Spirit”

– Estou simplesmente impressionado com essa batalha. Nunca, em hipótese alguma, pensei numa versão tão incrível desse grande clássico do Nirvana. Foi tudo tão perfeito, alinhado e na medida certa. Tenho certeza que se um dia tivesse um musical da Broadway baseado no Nirvana ou em Kurt Cobain, esse seria um dos atos. Nas blinds fiquei meio cismado com as meninas do Belle Vocci, mas a evolução foi notória. Na minha opinião, elas acabaram se destacando mais, e foi merecida a vitória. Entretanto, queria muito que Scarlett tivesse sido roubada, uma pena vê-la saindo da disputa tão cedo.

 

TEAM OLLY (Bernardo)

 

Chris James x Holly Ellison – “I’d Do Anything For Love (But I Won’t Do That)”

– Eu tenho alguns problemas com essa combinação, na verdade, eu não gostei nem um pouco. São dois estilos de vozes completamente diferentes. Adoraria vê-los avançando, mas cada um no seu estilo. Seja quais forem as ideias do Sr. Murs, tivemos uma batalha sensacional, explosiva e realmente surpreendente. A escolha da música foi boa, mesmo que não tenha feito jus às particularidades de Chris e Holly. Quanto a escolha do vencedor, não poderia ter discordado mais, porém entendo o porquê Holly foi escolhida.

Obs: Eu adorei ver o Kade sendo “resgatado”. O moço tem seus problemas, mas pode contribuir e muito para as próximas fases.

 

TEAM TOM (Luke F.)

 

Courtney O’Neil x Eliza Gutteridge – “Fight Song”

– Duas vozes bem características e diferentes. Sou obrigado a dizer que Tom fez um trabalho incrível em ambas. Uma vem com aquela voz poderosa, grave que emociona. A outra com uma voz mais anasalada, que traz um trabalho incrível em diversas canções. Mas é claro que pra tudo temos um escolhido, e eu acreditei muito em Tom com sua escolha. Eliza tem aquela potência vocal grave que permite song choices belíssimas à sua voz.

 

Lucy Milburn x Simon Davies – “Too Good At Goodbyes”

– Apesar de ter oscilado muito minha opinião durante a apresentação, o resultado final foi bem apresentado, assim como a escolha de Tom. Ambos têm vozes potentes, mas que precisam serem trabalhadas e que possuem características peculiares. A escolha de Lucy não me surpreende e pode ser uma grande competidora por aqui.

 

TEAM WILL (Luke S.)

 

Mark Asari x Loaded Sista – “Don’t Let Go”

– Eu lembro bem do quanto fiquei um tanto mexido com a audição do Mark, mas pra ser bem sincero senti falta do que vi pela primeira vez e pra mim ele deixou um pouco a desejar nessa batalha. O contrário da dupla, pois pra mim elas realmente foram melhores, tanto no quesito foz quanto na presença de palco. Particularmente eu teria dado a vitória para elas, mas também não vou dizer que não rolou aquele pingo de esperança do Mark voltar a me ganhar, como fez na primeira vez.

 

Tai x Kade Smith – “Stand By Me”

– Mas gente, que batalha mais deliciosa foi essa? Sério, eu não estava esperando por isso e tipo, fiquei aqui sem saber quem iria escolher. A voz da Tai é maravilhosa demais e seria rapidamente minha escolha, mas aí o Kade começou o rap e pronto, me ganhou total. Porém a Tai também partiu pro rap logo em seguida, e eu fiquei aqui, dividido novamente. Obviamente que não existia a possibilidade de um deles irem embora, né? Curti a escolha do Will e continuar com a Tai, mas curti ainda o Olly roubando o ‘mini Olly’ pro seu time, pois vamos combinar que era o mais correto a se fazer naquele momento. Ansioso demais pela próxima performance dos dois.

 

Rhianna Abrey x Donel Mangena – “Rain”

– Essa batalha encerrou com chave de ouro a primeira noite de batalhas. Os dois estavam em ótima sintonia, e a evolução de Rhianna perante às blinds foi extremamente notória. Já era de se esperar que Donel seria escolhido, afinal de contas ele tem tudo para representar o team Will na grande final. A grande surpresa foi Rhianna sendo roubada por JHud.

 

RESULTADOS

Os primeiros classificados para os knockouts foram:

Team JHud: Belle Vocci, Rhianna Abrey

Team Olly: Holly Ellison, Kade Smith

Team Tom: Eliza Gutteridge, Lucy Milburn

Team Will: Mark Asari, Tai, Donel Mangena

 

O que acharam das primeiras batalhas da temporada? Venham comentar conosco!

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.