The Voice UK – 7×09 – Battle Rounds

Imagem: ITV/Divulgação

As batalhas continuam a todo vapor no The Voice UK. Novos duelos agitaram o programa, com algumas surpresas no meio desse percurso.

Vamos ver o que rolou?

 

TEAM JHUD (Edu)

Jake Benson x Jilly Riley – “Every Breath You Take”

– Estou bem impressionado com essa batalha! Foi uma verdadeira luta de gigantes, e foi bacana de ver a evolução de Jake. Diferente de sua blind, ele estava bem mais seguro de si, e veio com song choice pra lá de certeira. Jilly foi muito bem também, e apesar de adorá-la, não deu pra ela. Queria muito que sobrevivesse na disputa, e esperei muito para fosse roubada. Uma pena, mas JHud foi sensata e viu futuro em Jake.

 

Harri Oakland x Ross Anderson – “September Song”

– JHud pegou seus dois teens supremos, colocando-os para duelar. Foi uma batalha morna, que não me ganhou da forma como eu esperava. Mesmo assim, foi nítida a forma como Ross se sobressaiu. Ele tem tudo para surpreender na disputa, pois vem sendo um participante ímpar. Harri, pelo visto, não ouviu nenhum conselho de sua coach, e retornou pior que sua blind. Já foi tarde e não fará falta alguma por aqui, francamente.

 

Jason Nicholson-Porter x Tesni Jones – “Let It Be”

– O QUE FOI ESSA BATALHA? Gente, sério, estou extasiado aqui. “Let It Be” é uma das minhas músicas prediletas da vida, e sempre me emociono ouvindo. Foi um número impressionante, pois Jason e Tesni se completaram de uma maneira totalmente inexplicável. Por mim os dois sairiam vitoriosos, e qualquer que fosse a escolha de JHud ficaria satisfeito. Gostei de Jason sendo o escolhido, mas doeu ver Tesni se despedindo da disputa. Ela era uma candidata que eu via muito potencial na competição, e acho que Tom seria o certo em roubá-la, mas ele usou o steal em vão com a planta da Nandi.

 

 

TEAM OLLY (Bernardo)

 

RYT x Jamie Grey – “Falling Slowly”

– Foi uma escolha bem difícil que o Olly teve que fazer aqui. Desde colocá-los juntos até decidir quem avançaria. Ainda assim, acredito que fica bem claro que Jamie Grey teve uma leve vantagem em alguns momentos da performance. Soube remediar seus erros, ao destacar-se de uma forma surpreendente noutros momentos. E nos relembrou que é sim, um dos melhores do Team Olly. É uma pena que o RYT não tenha avançado, já que é sempre difícil para os grupos irem mais longe em qualquer reality show musical, mas daqui a pouco 2019 está por aí. Quem sabe eles não aparecem por aí de novo?

 

Bailey Nelsen x Kirby Frost – “Friends”

– Eu realmente não entendi os comentários dos coaches tentando colocar os dois no mesmo nível. Bailey foi completamente destruído nessa batalha pela Kirby, do início ao fim, sem oportunidade de reação. É claro que ela apresentou seus tropeços no desenvolvimento da apresentação, principalmente na reta final. Mas de qualquer forma, não tem como comparar. Não sei o que aconteceu com o moço, talvez a música não tenha lhe ajudado ou as pontuações do Olly não foram boas o suficiente. Enfim, seja como for, está (bem) longe daquilo que vimos ele apresentar nas audições. Nocaute claro, deixando a decisão do do Sr. Murs bem fácil e tranquila.

 

 

TEAM TOM (Luke F.)

 

Chloe Jones x Kalon Rae – “Vincent”

– Estou arrepiado com essa apresentação. Foi algo genuíno, vindo de dois grandes competidores e que trouxeram seu poder vocal. Ao mesmo tempo que houve domínio, houve respeito sobre a apresentação. Cada um em seu tempo, unindo-se ao som do refrão. Enfim, foi uma performance bem executada. A escolha de Tom por Kalon foi inteligente. O rapaz tem carisma, seu estilo Boy George pode levá-lo a caminhos maiores aqui dentro. Só devem se preocupar com os rótulos!! Uma pena Chloe ter ficado no caminho, mas segue o jogo.

 

TEAM WILL (Luke S.)

 

Anna Willison-Holt x Nandi – “Teardrops”

– Gente, se eu falar que mal lembrava de nenhuma das duas nas audições é muito feio? Mas foi exatamente o que aconteceu. Quando mostraram aquela pequena parte das blinds, eu meio que fui me recordando. Pra mim foi uma batalha bacana, mas continuo achando que a Anna precisa treinar um pouco mais pra enfrentar uma competição desse porte. Eu teria dado a vitória para Nandi, que mostrou um pouco mais de potencial e em relação a voz, achei que a dela se destacou mais. Ainda assim Will optou pela Anna, mas felizmente o Tom fez uso do seu steal e arrastou Nandi pro time dele.

 

RESULTADOS

Tem JHud: Jake Benson, Ross Anderson, Jason Nicholson-Porter

Team Olly: Jamie Grey, Kirby Frost

Team Tom: Kalon Rae, Nandi

Team Will: Anna Willison-Holt

 

O que acharam desse segundo dia de batalhas? Venha comentar conosco!

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.