The Voice US – 13×09/10 – Battle Rounds

Imagem: Tyler Golden/NBC/Divulgação

Chegou o momento decisivo das batalhas em The Voice, e agora é tudo ou nada. Poucas vagas e steals disponíveis, a disputa fica acirrada e o desfecho dessa fase, rumo aos knockouts, promete grandes surpresas.

 

TEAM ADAM (Edu)

 

Brandon Brown x Jon Mero – “I Wish It Could Rain”

– Sinceramente não achei a batalha tudo isso. Na minha opinião a música não combinou com o estilo dos rapazes, e por conta disso, não evidenciou as vozes deles como esperado. Jon até tentou uns falsetes que, pra mim, foram totalmente desnecessários, porém foi fator decisivo para sua vitória.

 

Anthony Alexander x Michael Kight – “I Feel It Coming”

– Eu particularmente odeio essa música, aliás não suporto The Weeknd, mas até que a dupla fez um número super satisfatório. As vozes estavam bem alinhadas, os rapazes numa sintonia única, foi bacana de se ver. Senti Anthony mais conectado com a canção, e portanto foi muito justo a vitória dele nessa batalha. Como não foi um duelo extraordinário, achei coerente de ninguém ter roubado Michael.

 
TEAM BLAKE (Luke)

 

Red Marlow x Ryan Scripps – “Finishin’ In The Dark”

– A batalha em si não me agradou tanto, uma vez que não percebi tanta evolução assim dos competidores com a canção. Red tem um timbre característico e isso confere alguns pontos positivos em se destacar, contudo, achei que Ryan fez uma apresentação mais consolidada e realmente não concordo com a escolha de Blake. Red parece ser aquele competidor que o coach já sabe que levará pra final, mas duvido muito que tenha uma chance de vencer com os outros teams tão talentosos. Blake possui grandes nomes, mas gostaria de ver uma evolução interessante de seus acts, que ainda não percebi.

 

Adam Cunningham x Natalie Stovall – “Boondocks”

– Isso sim foi uma batalha digna e que dá gosto de assistir. Adam e Natalie fizeram tudo muito bem encaixado e, por incrível que pareça, suas vozes parecem se completar de uma maneira perfeita. Mas estamos em uma batalha, e por decisão, Blake fez certo em escolher Adam. Não tirando o mérito de Natalie, que iria para outro time se ainda tivessem steals, mas porque o rapaz transparece um feeling de qualidade boa e maturidade. Espero vê-lo alçando longos vôos por aqui.

 

TEAM JHUD (Bernardo)

 

Shi’Ann Jones x Stephan Marcellus – “Oh! Darling”

– Essa foi uma disputa complicada. Ao meu ver, a Jennifer precisa desses dois cantores para ter alguma competitividade daqui para frente. São vozes ótimas dentro das suas próximas limitações, porém a música parece ter sido feita para que Stephan pudesse surpreender e mostrar o quão sensacional ele consegue ser. Novamente, eu discordo completamente da decisão que a Jennifer tomou ao dar a vitória para Shi’Ann, porque mesmo que ela tenha potencial, Stephan foi destruidor em todos os sentidos.

 

Eric Lyn x Ignatious Carmouche – “Unware”

– Antes de mais nada, permitam-me ressaltar o quão monótona e desinteressante foi a apresentação desses dois. É verdade que um dos principais culpados foi a Jennifer e a produção do programa pela escolha da música, mas Eric e Ignatious não fizeram absolutamente nada para melhorar a situação. Eu escolheria Ignatious, mas se pudesse eu eliminaria os dois.

 

TEAM MILEY (Renata)

 

Addison Agen x Karli Webster – “Girls Just Wanna Have Fun”

– Primeiro, que música incrível! Sou completamente fascinada por muitas versões já criadas, adiciono mais uma a lista. Segundo, como escolher entre essas duas MARAVILHOSAS? Foi de uma delicadeza e lindeza que só as elas podiam proporcionar. Addison tem algo tão surreal, que não sei descrever. É assustador vê-la cantando tamanha a entrega e conexão. Tem algo muito particular em sua voz, que me encanta e me intriga muito. Não tirando o brilho de Karli, que é tão grande quanto. As duas se conectaram  com a música e fizeram uma batalha gigante. Eu teria escolhido Addison, porque ela tocou realmente meu coração e minha alma. Miley teve uma decisão difícil, mas não perdeu em nada, as duas são únicas. Adam tem agora uma grande estrela nas mãos.

 

Janice Freeman x Katrina Rose – “W.O.M.A.N.”

-UOUUUU! Era batalha poderosa que vocês queriam? Então toma! Miley escolheu a dedo a música para mostrar a potência de ambas. Os vocais de Janice me levaram à loucura, de verdade! Fiz cosplay de JHud, com aquelas caras e bocas. Fico feliz por Katrina seguir na competição, as duas merecem muito. São mulheres e vozes marcantes, tenho certeza que o melhor ainda está por vir. Incendiaram tudo! Pequena Miley sabe muito bem o que faz. Fico bem chocada o quanto ela é capaz, e faz seus pupilos crescerem e mostrarem que não estão para brincadeira. #TeamMiley é uma grande ameaça.

 

Ashland Craft x Megan Rose – “Good Hearted Woman”

-Vou ser sincera e dizer que achei bem água com açúcar. As duas com um controle excelente, mas não vi nada especial ou diferente. Não vi evolução alguma, também não sei se foi pela escolha da música, mesmo sabendo que é o estilo das duas e Miley tinha que passar uma peneira. Não entendi o roubo, mas tudo bem! Sorte as duas.

 

Os últimos classificados para os knockout rounds são:

Team Adam: Jon Mero, Anthony Alexander, Emily Luther, Addison Agen

Team Blake: Red Marlow, Adam Cunningham, Anna Catherine DeHart, Megan Rose 

Team JHud: Shi’Ann Jones, Eric Lyn, Jeremiah Miller, Katrina Rose

Team Miley: Karli Webster, Janice Freeman, Ashland Craft, Stephan Marcellus

O que acharam das batalhas? Venham opinar conosco!

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.