The Voice US – 13×11 – Knockout Rounds

Imagem: Trae Patton/NBC/Divulgação

Enfim chegamos à fase dos knockout rounds, e nessa edição com uma novidade pra lá de boa. A key advisor da temporada está sendo ninguém menos que Kelly Clarkson, a próxima jurada da atração no ano que vem. Os duelos estão mais acirrados, e nossos coaches tem apenas um steal.

Vem com a gente!

 

TEAM ADAM (Edu)

 

Addison Agen – “Beneath Your Beautiful” x Dennis Drummond – “All Along The Watchtower”

– Addison foi simplesmente maravilhosa! Ela soube conduzir essa canção, que já está bem batida em realities musicais, de uma forma única, colocando toda sua identidade nela. Eu não esperava por esse resultado, francamente. Já Dennis veio com uma apresentação mais do mesmo, sem evoluções, e a essa altura do campeonato isso já não é tão “bem visto assim”. Esse knockout foi da Addison desde o primeiro segundo, e só não aceita quem for cego, surdo e mudo.

 

TEAM BLAKE (Luke)

 

Adam Cunnigham – “Either Way” x Esera Tuaolo – “Superstar”

– O que eu mais gosto do The Voice é ver como os teams vão mesclando, e como isso é importante para o crescimento de um act. Esse knockout foi bem acirrado à minha opinião, pois tivemos duas apresentações totalmente diferentes, mas com qualidade vocal quase perfeitas. Na semana anterior eu não deixei Adam sem elogios e continuo acreditando no seu potencial. Contudo, Eresa trouxe uma apresentação mais do que surpreendente, que realmente deixou sua marca na competição. A escolha foi difícil, mas o que mais me alegra é ver que ambos continuam na disputa, pois Adam rapidamente e sabiamente trouxe Adam ao seu team e vai trabalhar bem com o rapaz, creio eu.

 

TEAM JHUD (Bernardo)

 

Lucas Holliday – “Tell It Like It Is” x Shi’Ann Jones – “Who’s Lovin’ You”

– Foram apresentações de extrema qualidade, embora continue acreditando que eles não foram os melhores das suas respectivas batalhas. Shi’Ann, principalmente, nunca deveria ter chegado tão longe. Dito isso, o que importa agora é analisar e ressaltar que Lucas foi levemente superior nessa knockout, mesmo longe da perfeição. Por isso me surpreende (e muito) o fato de Jennifer ter escolhido Shi’Ann mais uma vez. É uma escolha completamente equivocada, diria até que bem burra.

 

Davon Fleming – “I Can Only Imagine” x Eric Lyn – “What’s Going On”

– Eu ouvi um aleluia? Nossa, depois de fazer a maior besteira escolhendo a Shi’Ann, ao invés do Holliday, temos Jennifer tomando a decisão certíssima ao escolher Devon que, apesar dos claros problemas que enfrentou durante a sua apresentação, mostrou-se extremamente capacitado e com um enorme potencial de vencer essa parada.

 

TEAM MILEY (Renata)

 

Janice Freeman – “I’m Going Down” x Karli Webster – “Blue Bayou”

–  WHOO! GIRL! Sabe quando você tem parar para se recompor e juntar seus cacos? Pronto, eu nesse exato momento, depois de ver a performance de Janice. Entregue e segura, ela destruiu foi tudo. Não tem nada mais lindo do que ver um artista completamente tomado pela música,  e representando aquilo que vem do coração. Me lembrou Regina Love cantando “Midnight Train to Georgia”, aquele foi um grande momento para Gwen e este para Miley. Apesar da leveza e linda apresentação que Karli fez, definitivamente Janice mereceu sair vencedora.

 

Ashland Craft – “Wanted Dead Or Alive” x Chloe Kohanski – “Landslide”

– Miley jogou pesado quando escolheu Ashland. Não que a moça não tenha feito uma apresentação digna, mas Chloe expôs sua alma. Pensando mais a frente e no que o povo americano gosta, é isso mesmo… uma cantora country forte e poderosa. Ela quer ganhar, e às vezes no caminho a gente tem que abrir mão do que é preciso no momento. Chloe tem um tom forte e rasgado, mas pode ficar pelo caminho, assim como a maravilhosa Amy Vachal. Não creio que ela tenha chances de ganhar, mas vai ter um destaque maior, já que o team Blake não está lá essas coisas.

 

Os primeiros classificados para os playoffs são:

Team Adam: Addison Agen, Adam Cunnigham

Team Blake: Esera Tuaolo, Chloe Kohanski

Team JHud: Shi’Ann Jones, Davon Fleming

Team Miley: Janice Freeman, Ashland Craft

 

O que acharam dessa primeira semana de knockouts?

 

Comments

comments

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.
  • Kelly

    Eu achei a Shi’Ann maravilhosa desde o primeiro segundo, mas não tenho como comparar e te apoiar pela falta do outro video. Acompanho o programa pelas reviews, então se vcs não puderem colocar todos os videos por ficar muito pesado, por favor coloquem pelo menos “se quiser ver a apresentação do outro concorrente clique AQUI”

    • Eduardo Nogueira

      Ótima sugestão Kelly, faremos isso na próxima review. Você como sempre acompanhando de perto nossas coberturas, muito obrigado pela parceria de sempre!!

  • thiago

    Chloe, na minha opinião, foi infinitamente superior à Ashland! Maior cagada que vi no programa até agora foi essa decisão da Miley!

    • Eduardo Nogueira

      Miley estava indo bem até agora, começou já…

  • Eduardo Nogueira

    JHud, que burrada foi essa de deixar Lucas ir embora? Foi simplesmente algo inadmissível, e até agora não estou acreditando nisso. E Miley tava indo tão bem, o time dela veio das batalhas como o mais forte, aí ela vai e começa a cagar de novo? Tipo a nação mundial teria escolhido, sem dúvidas, Chloe, pois Ashland seria roubada por Blake. Nem a garota acreditou de ter sido escolhida pela eterna Hannah Montama