Grandes batalhas marcam o desfecho da segunda fase no The Voice US

the voice battles 2
Imagem: Tyler Golden/NBC/Divulgação

As batalhas chegam ao fim no The Voice US!

Nossos coaches finalmente fecharam seus times para a próxima fase do The Voice. A segunda e última semana de batalhas foram compostas por duelos espetaculares, outros esquecíveis. Os resultados variaram de surpreendentes para injustos, e com reviravoltas.

Vamos acompanhar tudo o que rolou?

 

TEAM ADAM (Renata)

 

Emily Hough x Reagan Strange – “Photograph”

Começando que amo a música, portanto qualquer versão dela me emociona. Achei uma batalha bem linear, pois as duas são muito parecidas no timbre e na doçura. Porém, Reagan tem mais potência. Concordei demais com a escolha de Adam, o crescimento dela vai ser grande daqui para frente.

VENCEDORA: Reagan Strange

 

Jake Wells x Natalie Brady – “Closing Times”

Confesso a vocês que tenho um pé atrás com Natalie, mas gostei de ver esse lado mais contido numa batalha que foi tão sentimental. Sabia que Adam levaria Jake para frente, o garoto tem um jeito que encanta quem está assistindo. No fundo eu concordei demais com ele.

VENCEDOR: Jake Wells

 

DeAndre Nico x Funsho – “Can You Stand The Rain”

Batalha mais gostosinha de se ver, hein?! DeAndre tomou conta de tudo, assim sendo merecida demais sua vitória. Apesar de gostar bastante do Funsho, DeAndre reinou absolutamente. Talvez ele tenha sido mais favorecido? Provavelmente sim, mas Adam foi certeiro no gingado. Blake também tem alguém de peso em seu time agora.

VENCEDOR: DeAndre Nico

STEAL: Team Blake

 

 

TEAM BLAKE (Edu)

 

Dave Fenley x Keith Paluso- “I’m a One Woman Man”

Olha, pra mim foi uma batalha bem consistente, e uma das melhores do team Blake. Agora, cá entre nós, Keith não se sobressaiu mais? Não é desmerecendo Dave, que foi muito bom, mas o rapaz merecia mais a vitória, sinceramente. Ainda bem que Adam, pelo visto, finalmente acordou pra vida nessa fase, pegou Keith para o seu time. Ótima aquisição! Chora, Blake!

VENCEDOR: Dave Fenley

STEAL: Team Adam

 

Kameron Marlowe x Kayley Hill – “Only Wanna Be With You”

Nossa, que batalha mais xôxa. Sério, odiei profundamente e me deu um sono danado aqui. Por mim qualquer um dos dois poderia sair, porque não fariam falta alguma. Kameron continua e vamos ver como será seu próximo passo.

VENCEDOR: Kameron Marlowe

 

TEAM JHUD (Luke)

 

Franc West x Matt Johnson – “Too Close”

Batalhas no team Jhud são sempre surpreendentes!! Franc e Matt mantiveram uma qualidade parecida durante toda a apresentação, e a escolha por Franc certamente não me surpreendeu. Ele tem uma voz potente, que consegue variar por diversas vertentes dentro deste cenário. Triste por ver Matt sair, mas o show tem que continuar…

VENCEDOR: Franc West

 

Tyshawn Colquitt x Zaxai – “Love Lies”

Gostei da emoção, da atitude que eles apresentaram em palco. Acho que ambos estão preparados para crescer na vida e na competição. Contudo, apenas um pode ir adiante. A decisão de JHud foi inesperada, porque eu gostei mais dos movimentos e afinação de Zaxai. Entretanto, ambos merecedores e Kelly, consequentemente, já foi correndo buscar seu escolhido desde as blinds

VENCEDOR: Tyshawn Colquitt

STEAL: Team Kelly

 

 

TEAM KELLY (Bernardo)

 

Abby Cates x Delaney Silvernell – “Love Me Like You Do”

Essa eu posso dizer que foi realmente uma batalha, porque Abby e Delaney se apresentaram de uma forma impressionante, impactante e emocionante. A performance de ambas estava carregada de paixão, força e vontade de ser melhor e ir ainda mais longe. Assim como na semana passada, não consigo definir quem foi melhor, por isso eu confio na decisão da Kelly. Afinal de contas, ela, mais do que ninguém, sabe quais são suas estratégias para ser competitivas nos “ao vivos”.

VENCEDORA: Abby Cates

 

Erika Zade x Sarah Grace – “No Roots”

Nós amamos essa música, não é mesmo? É um dos destaques de 2018 e faz parte da trilha internacional de Segundo Sol. Então todos aqui temos algo para comparar. Por isso acredito que o trabalho desempenhado foi bom, mas nenhuma das duas têm o perfil da música. Temos, infelizmente, um claro exemplo do que acontece quando a escolha musical é equivocada: um resultado final mediano, que não testou as cantoras propriamente e ainda falhou na missão em fornecer entretenimento de qualidade.

VENCEDORA: Erika Zade

 

O que acharam do desfecho das batalhas? Na próxima semana começam as knockout rounds, e teremos novidades nessa fase em nossa review, fiquem bem atentos!

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.