The X Factor Brasil – 1×17/18 – Top 16

txf br 5

Olá gente, tudo bem?

Finalmente chegamos aos shows ao vivo, demorou, né? Foi ótimo ver todos os participantes em “tempo real”, o palco estava lindo demais e até o Twitter pirou com tudo. As performances também não ficaram para trás, e até o show inicial foi incrível.

Com uma regra louca criada pela edição brasileira, os 16 participantes foram divididos em dois grupos (um cantou na segunda e outro na quarta), e no final de cada dia 3 foram embora, SIM, TRÊS! Vamos ver como foi?

PERFORMANCES 1

Eli Ribeiro – “Locked Out Of Heaven”

Edu: Curti essa performance de Eli, senti uma confiança grande, que nem percebi dele estar nervoso. Uma presença de palco brilhante, e foi evoluindo a cada segundo. Di está fazendo um ótimo trabalho com o rapaz, e nem parece aquele Eli do começo.

Luke: Eli sempre se mostrou um candidato que evolui bem durante as fases do programa. A apresentação foi interativa, o rapaz soube interagir com o balé, soube dosar a voz nos momentos certos. Eu realmente gostei bastante!!

Paula: Sempre torci por Eli e ele é um ótimo representante de sua categoria. Voz afinada, bonita e ótima evolução desde o início do programa. Arrasou demais cantando Bruno Mars e a segurança no palco. Adorei!

Tamires Alves – “A Lua Que Eu Te Dei”

Edu: Amo essa música, pra mim é uma das melhores de Veveta! Finalmente ela cantou em português, apesar de não ter o mesmo brilho de quando é em inglês. Rolará, algumas desafinações, mas que ela venha com mais song choices brazucas e certeiras.

Luke: Se continuar na competição, Tamires realmente não deve arriscar o português!! A supremacia de uma canção da Beyoncé já nos mostra o quão boa ela é!! Não que tenha ficado ruim sua versão de Ivete, mas realmente não impactou tanto…

Paula: Adoro esta música e Tamires realmente mostrou que sabe cantar na nossa língua também. Achei que ela desafinou em alguns momentos, mas no geral fez uma boa performance. Foi delicada, serena, e pode ter uma boa quantidade de votos hoje.

Ravena – “Survivor”

Edu: Tudo errado, que vergonha alheia. Apenas não!

Luke: Realmente não tá tão legal assim! Não sei se esperava muito mais delas pelo que já vi em outras competições. Elas precisam brincar mais em palco, interagir entre elas, sorrir… Realmente o grupo está decepcionando consideravelmente.

Paula: Alguma coisa continua errada com este grupo. Acredito que algumas cantam melhor que outras. Foi a pior apresentação até agora, houve desencontros e desafinações. Foi bom, não!

Heloá Holanda – “Love On Top”

Edu: “Love On Top” é tão espetacular né gente? Heloá fez uma apresentação linda, sexy, e confiante. Gostei desse toque urbano adotado, e por enquanto, na minha opinião, foi a melhor apresentação dessa primeira noite de shows ao vivo. Vai que é tua, Heloá!

Luke: De longe a melhor apresentação da noite até agora. Heloá tem um jeito sexy de cantar e de se expressar. Houve uma interação bacana com o balé, a voz foi muito bem entregue durante a canção. A garota realmente mostrou que tem a essência do X Factor!!

Paula: Divou, né, amores?! Bonita, segura, bem vestida, sexy, com voz poderosa, esta performance não tinha como ser ruim. Afinada, no ponto, Heloá movimentou bem no palco e arrasou na música. Foi uma apresentação excelente e de um verdadeiro x factor! Acredito que foi a melhor da noite até agora!

Conrado Bragança – “Iris”

Edu: Eu tento entender essas forçadas de Conrado, parece que está sofrendo, sabe? Apesar dele me incomodar em diversos momentos, essa foi, por ora, sua melhor apresentação na disputa.

Luke: Sempre achei a voz dele no tom ideal e continua me surpreendendo! O garoto ainda precisa de amadurecer alguns vícios vocais, mas tem um potencial incrível!! A song choice foi perfeita, a simplicidade da apresentação casou bem com seu estilo. Gostei muuuito!!

Paula: Já chorei tanto com esta música kkkk… até que gostei da versão dele e sua voz rouca. Porém, ele força um pouco a voz para parecer mais sofrido e isso não fica natural. Mas eu curto o canto dele, e acho que é um forte candidato. Sua apresentação não foi perfeita mas ele tem grandes chances de se manter na competição.

Christopher Clark – “I Don’t Wanna Miss A Thing”

Edu: Com licença, que um dos meus favoritos da temporada chegou! Christopher veio com essa obra prima do Aerosmith, mas vou admitir que de começo não gostei tanto, só que ele foi evoluindo de forma única. E o que foi aquele alcance no ápice da música? Simplesmente me arrepiei aqui, e como sempre, ele mandou bem, mesmo com uma leve desafinada quase no final.

Luke: Realmente não tem jeito, um rock clássico é um rock clássico. E na voz de Christopher ficou simplesmente incrível. O rapaz tem um timbre vocal do … Trabalhou incrivelmente bem em cima do palco, soube dosar sua voz e apresentar a potência aos poucos. Mais uma vez, muuuuuito bem e com grandes chances!!

Paula: Vamos todos levantar os bracinhos e cantar com Christopher este clássico!

Naomi Dominguez – “Na Sua Estante”

Edu: É incrível como essa música é profunda, toca na nossa alma. Naomi veio com uma apresentação bem obscura e teatral ao mesmo tempo, e eu até que gostei, apesar daquele monte de gente em cima dela, que isso sim me incomodou. Palmas!

Luke: Essa canção da Pitty mexe com muita gente, acredito eu. E a apresentação incrível de Naomi tocou ainda mais. A interação da garota com o balé foi incrível, teve sincronia, harmonia. A voz dela é muito poderosa, sabe bem como apresentar isso na canção. Realmente Alinne fez uma incrível escolha para sua competidora!!

Paula: Esta música é maravilhosa, e Pitty é sempre marcante. Naomi cantou uma música mais leve que está acostumada. Eu gostei, mas ela poderia ter sido mais imponente, mais power, sei lá… Faltou um pouco de agressividade, que ela sempre demostrou ter tanto. Mas no fim das contas, foi diferente com o seu cabelo raspado e tem possibilidade de continuar nos surpreendendo por aqui.

O Clã – “País do Futebol”

Edu: Achei tudo muito bagunçado, e não me cativaram tanto assim.

Luke: Essa foi a melhor apresentação deles até o momento, e ainda assim não foi lá tão boa. Muitas vozes ali me incomodam, seja por sua ausência ou por certos tons meio estranhos na canção. Mas ainda assim, dançam pra caramba, agitam a galera e tem uma grande presença de palco.

Paula: Achei que este grupo foi bem melhor do que o das meninas, mas O Clã tem muito o que melhorar em questões de voz e canto. Em termos de palco e presença, eles são ótimos! Tem carisma, animação e interagem bem entre si. Enfim, foi uma apresentação divertida, mas não sei se será o suficiente.

ELIMINAÇÕES 1

Edu: Das quatro performances, a do Eli foi a que mais gostei, e pra mim doeu vê-lo sair da competição agora. Poxa vida, ele teve uma evolução tão grande na disputa. Já O Clã era de se esperar, francamente, pois essa última apresentação não foi legal mesmo, então por mim mereceram sair, infelizmente (ainda acho que era pra Ravena estar nessa repescagem). Agora de todas as eliminações, a que mais me doeu foi de Tamires. Por mais que ela tenha escorregado nesse programa de shows ao vivo, a candidata era uma das minhas favoritas, mas faz parte da competição, não é mesmo?

Luke: Justiça seja feita, Naomi foi melhor!! A garota não desequilibrou entre as apresentações, mostrou qualidade, manteve o poder vocal de formas distintas. Mereceu continuar apesar do choque que foi a saída de Tamires. Realmente, a Beyoncé brasileira não mostrou tanta garra e variedade na canção. A escolha de Rick não ajudou muito a cantora e isso trouxe certos empecilhos que fazem com que ela saia. O Clã não deu o seu melhor hoje e, apesar da animação, a falta vocal é um peso grande na competição. Eli foi também uma surpresa, mas a cada semana perdemos pessoas incríveis, e dessa vez aconteceu com ele…

Paula: Até concordo com a saída de O Clã, pois eles não estavam preparados para esta competição. Tamires também desafinou algumas vezes, mas ela é única com esta voz no programa. Porém, acredito que ela associou sua imagem demais com a musa Beyoncé. Agora, doeu demais Eli ser eliminado. Ele era fundamental no reality, sua voz é ótima e ele merecia muito ter continuado, uma pena. Talvez Conrado que tivesse que estar no lugar dele? Não sei, mas que foi uma grande perda, isso foi. Naomi pode até ter arrasado na segunda apresentação, mas ela foi mal na primeira e Eli representou e segurou as pontas em ambas… Enfim, quem disse que a vida é justa, ?

PERFORMANCES 2

Valter Jr. e Vinícius – “Infiel”

Edu: Eles evoluíram, não vou negar, mas sabe aquela performance esquecível? Então…

Luke: Realmente esteve longe dos melhores do sertanejo brasileiro. A dupla possui uma identidade de raiz, por mais que o universitário que nunca se formou esteja sempre em crescente. Houve uma evolução durante a canção, mas nada incrivelmente bom.

Paula: Nossa, gente, simplesmente péssimo. Foi bem fraca a apresentação da dupla. Na minha opinião, foi a pior performance deles e talvez eles vão rodar hoje.

Prih Queiroz – “Overjoyed”

Edu: Odiei tudo, a voz dela estava muito abaixo do tom exigido. Adeus!

Luke: Não sei se foi a melhor apresentação, acredito que já tenha me emocionado um pouco mais com ela durante a competição. Não que tenha sido ruim, longe disso, Prih sempre consegue mandar bem em suas performances, mas algo me diz que faltou uma coisa a mais… não sei bem o que é, espero que ela continue pois é um estouro para esse time.

Paula: Esta apresentação realmente foi bem melhor que outras apresentações da Prih. Voz poderosa e música linda. Ela estava confiante e demonstrou sua força. Uma pena que ela pecou um pouco no inglês, mas acho que ela tem chance de ter agradado o público e continuar no programa.

Miguel EV – “Crazy”

Edu: Menino Miguel sempre surpreendendo, não é mesmo? Eu simplesmente amei essa performance, o tom suave que ele usou para a voz, a desenvoltura e confiança. Com certeza Di o passará direto para o Top 10, sem escalas.

Luke: A apresentação realmente foi muito boa, divertida ao seu ponto certo. Miguel tem uma voz poderosa e brincou bem com ela durante a canção. Acredito que ele esteja se empenhando mais durante as etapas e merece muito continuar.

Paula: Miguel é muito fofo e carismático. Dançando, fica mais fofinho ainda. Nem precisa dizer que ele canta bem, é afinado e equilibrado. Desta vez arrasou mais ainda pois melhorou a presença de palco e a performance. Adorei! Foi demais! Já sei que vai ser o melhor da noite! Ele precisa ficar! #TeamMiguel

Ariane Villa Lobos – “Firework”

Edu: Que vergonha alheia! Se nem a própria intérprete da música consegue os alcanços ideais para essa canção, e o pior de tudo foi Ariane tentando fazer coreografia junto. Apenas que ri e muito alto com esse show de horror.

Luke: Eu fiquei ofegante junto com ela no final da apresentação. No geral, não foi ruim, mas tem que trabalhar mais o controle da respiração durante a canção, porque atrapalhou e muito a garota. A voz dela é bem interessante, mas não sei se o ritmo que a música foi conduzida me agradou tanto.

Paula: A apresentação de Ariane não foi ruim, mas passou longe de ser perfeita. Ela perdeu muito o fôlego e não deu conta de cantar e dançar ao mesmo tempo, ainda mais de salto alto. É difícil, mas ela deveria ter se preparado mais. Houve desequilíbrio na voz também, mas no geral a performance foi ok. Só não sei se será suficiente para ela nesta fase.

TropeirÁfrica – “Segura o Corpo”

Edu: Foi uma baita produção, mas ainda não entendo nada o que eles cantam. Próximo!

Luke: TropeirÁfrica é um grupo incrível. A apresentação deles envolve cultura, ritmo, alegria, dança. Eles têm a garra e buscam pelo reconhecimento e pela vitória. Realmente a apresentação mais divertida de todos os shows ao vivo.

Paula: Com certeza foi o grupo mais animado da noite. Eles têm uma vibração forte, uma vibe boa. Conseguem passar uma boa mensagem com a música. Talvez houve algum equívoco no retorno e no som do tambor, mas acredito que não tenha atrapalhado a apresentação do grupo como um todo.

Diego Martins – “Want To Want To Me”

Edu: Essa foi a performance que mais gostei de Diego na disputa, mesmo com alguns pequenos deslizes durante o trajeto.

Luke: A música é incrível, a ideia da coreografia acompanhando o crescimento da música e a performance de Diego foram muito bem executadas. Contudo a voz dessa vez me deixou um pouco atrás. Ele é indiscutivelmente um excelente cantor, mas a apresentação de hoje não me surpreendeu tanto assim.

Paula: Eu acho Diego um artista, uma diva. Ele arrasa sempre, mas apesar de eu gostar desta música, achei a apresentação com vários erros. A música foi difícil, a performance atrapalhou a voz, ele semitonou e isso prejudicou a qualidade do seu show. Enfim, como um todo ele foi ótimo até agora, mas esta noite talvez não esteja a seu favor.  

 

Rafael Oliveira – “Stay”

Edu: O QUE FOI ISSO? Eu estou arrepiado até agora e, pra mim, essa foi a melhor performance dessa primeira semana de shows ao vivo. Estou boquiaberto até agora, e não estou sabendo lidar com esse tiroteio todo!

Luke: E quem diria que Ludmilla faria uma coisa incrível dentro do X Factor. Rafael é um exímio cantor, afinado, com um poder vocal incrível. Vem crescendo até aqui e foi o melhor dos adultos hoje com toda certeza, superando até mesmo a grande Priscila…

Paula: Rafael arrasa na voz, não é mesmo? Ele evoluiu demais no programa. Criou segurança, melhorou a presença de palco e ficou menos nervoso. Gostei demais da sua apresentação, da confiança, do vozeirão, e acho que foi lacre, hein?! Tomara que ele passe!

Jenni Mosello – “Mercy”

Edu: Maravilhosa! Foi divertido, gostoso de se ouvir, e amei por demais todo mundo usando peruca igual o cabelo dela. A segunda melhor performance da noite, na minha opinião.

Luke: Eu sou apaixonado pela Jenni. Desde sua audição, seu desenvolvimento no CT, a apresentação incrível do 4CC. Ela vem a cada semana me impressionando cada vez mais com a suavidade vocal que tem. A ideia da peruca foi genial, até Rick aderiu kkk

Paula: Arrasou! Girl power total na apresentação de Jenni. Adorei sua performance, foi única, expansiva, alegre, bem forte. A música ajudou bastante também. Gostei da sua atitude no palco e para mim ela tem o fator X. Curti demais também o ícone representativo da artista que foi a peruca. Merece ficar, com certeza!

ELIMINAÇÕES 2

Edu: Essas eliminações foram muito mais coerentes que de segunda-feira, anos luz a frente. Doeu ver Prih na berlinda, mas ela foi péssima em dose dupla. Sua apresentação na repescagem foi o extremo da vergonha alheia, e pra mim foi justo sua saída. Ariane assinou sua sentença de morte na primeira apresentação, e veio até com uma redenção bacana, mas mesmo assim já era tarde demais. TropeirÁfrica não me conquistou essa semana nenhum pouco, e achei a performance deles na repescagem bem machista, diga-se de passagem. Agora Diego fez uma roupagem toda rock para esse hit da Sia, e eu amei o resultado. Mais que merecido ele ter sido salvo pelo público!

Luke: Realmente a repescagem nos trouxe surpresas. Prih foi um just ok para seu nível, esperava um pouco mais da cantora. Tropeira ainda veio com a animação esperada, mas também nao foi o suficiente para levar a vitória. Ariane foi muito bem nessa repescagem, escolheu uma canção condizente a sua voz é teria grandes chances de continuar, se não fosse por Diego. A apresentação foi mediana, mas a volta com Sia foi muito boa. O cantor apresentou um domínio incrível da canção, que o fez continuar merecidamente na competição.

Paula: Ver Prih e Tropeira na berlinda me surpreendeu. Prih mandou bem por optar por uma música em português e mandou bem melhor. Já o grupo trouxe mais uma vez alegria e uma apresentação energizante. Uma pena os dois saírem. Diego realmente mereceu ficar, pelo artista completo que ele é. E como falei anteriormente, esta noite contou pontos negativos para ele, pois não foi tão bem. Cantou Chandelier da segunda vez, que é uma música mais difícil ainda. Mas que bom que o público apoiou a diva mor do XFBr. Agora, a apresentação que me surpreendeu positivamente foi a de Ariane, pois ela cantou bem melhor agora. Porém, como a performance anterior deixou muito a desejar, acredito que isso colaborou para ela ser eliminada. Desta vez, acho que concordei com a decisão do público, e deu para perceber como o nível da competição está mais alto.

E vocês, o que acharam das escolhas do público e dos jurados?

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.