10 anos de Gossip Girl: Relembre 10 momentos marcantes da série que marcou uma geração

Imagem: CW/Divulgação

Você piscou e o tempo passou! Há dez anos atrás, exatamente no dia 19 de setembro de 2007, o mundo era apresentado à “vida escandalosa da elite da Manhattan” através da icônica série Gossip Girl, assinada pela dupla Josh Schwartz e de Stephanie Savag e transmitida pelo canal americano CW. “GG”, para os íntimos, foi um sucesso global e ainda hoje é lembrada por muitos.

Imagem: CW/Divulgação

Durante seis temporadas, o mundo inteiro acompanhou a luxuosa vida dos moradores Upper East Side: Serena Van der Woodsen (Blake Lively), Blair Waldorf (Leighton Meester), Chuck Bass (Ed Westwick), Nate Archibald (Chace Crawford), Dan Humphrey (Penn Badgley) e vários outros.

Continua após a publicidade

Tudo visto sob e ótica da misteriosa “Gossip Girl” (“garota fofoqueira”, em tradução livre), uma entidade mantida em segredo até o último episódio que vigiava e divulgada tudo que acontecia na vida dos jovens milionários de Nova Iorque.

Ficou com saudades? Então vem com a gente relembrar 10 momentos inesquecíveis dessa série que deixou saudades:

Continua após a publicidade

1. Nate trai Blair com Serena (1 ª Temporada) – Esse acontecimento foi um dos grandes ganchos da primeira temporada, que gerou conflitos entre as principais personagens, as amigas (e ás vezes rivais) Serena e Blair. A traição foi o que motivou a ida de Serena para um colégio interno no exterior.

Imagem: CW/Reprodução

 

Continua após a publicidade

2. Blair lê carta que escreveu para Serena (1ª Temporada) – Provavelmente um dos pontos mais emocionantes da primeira temporada da série, o momento em que Blair lê a carta que escreveu (mas nunca enviou) enquanto Serena estava “desaparecida” de Manhattan. A cena antecipava ali o que veríamos ao longo dos anos: uma amizade cheia de altos e baixos.

Imagem: CW/Reprodução

 

Continua após a publicidade

3. O ensaio fotográfico Blair e Serena (1ª Temporada) – E por falar em altos e baixos, eis um momento divertido entre Serena e Blair. Depois de presenciar a melhor amiga virar a queridinha da própria mãe, em um editorial de moda, Blair fica decepcionada e abalada. Serena percebe a situação, joga tudo pro alto e juntas, elas criam o próprio ensaio fotográfico pelas ruas da cidade. Vale lembrar que o universo da moda é, sem dúvidas, um tema recorrente durante toda a série.

Continua após a publicidade
Imagem: CW/Reprodução

 

4. O retorno épico de Georgina Sparks (2ª Temporada) – Georgina Sparks (Michelle Trachtenberg) é a principal antagonista feminina da série. Depois de aprontar horrores na primeira temporada, Georgina é desmascarada e sai da cidade, mas não por muito tempo. No segundo ano, Serena precisa da ajuda de Sparks para se livrar de um grande problema. Georgina ressurge assumindo uma postura quase angelical, muito diferente do que todos estavam acostumados. Céticos, ninguém acredita na nova vida da garota, que depois de alguns acontecimentos decide voltar ao seu “normal” e cita uma das frases mais famosas da série “You can tell Jesus that the bitch is back!” (Você pode dizer pra jesus que a vadia está de volta!). Georgina, um caso eterno de amor e ódio, não é mesmo?

Imagem: CW/Reprodução

 

5. O ménage de Dan, Vanessa e Olivia (3ª Temporada) – Gossip Girl era considerada o pesadelo dos pais da época, pois brincava com assuntos um tanto quanto “polêmicos”. Uma das cenas mais sensuais e, definitivamente, inesquecíveis é a do “ménage à trois” (ou sexo a três, como preferir) entre Dan, Vanessa (Jessica Szohr) e Olivia (Hilary Duff). Durante um jogo envolvendo álcool e desafios, os três acabam trocando beijos e dividindo a mesma cama.

Imagem: CW/Reprodução

 

6. Jenny chora após ser exilada de Manhattan (3ª Temporada) – Jenny, a irmã caçula de Dan Humphrey, começou a série como uma jovem sonhadora, mas logo depois se mostrou uma das mais ambiciosas jovens de Manhattan. Sua vontade de pertencer à elite lhe trouxe bastante problemas. Na terceira temporada, Little J, como era conhecida, dorme com Chuck Bass, que já namorava Blair. Quando a verdade veio à tona, Blair expulsa Jenny da cidade e diz que se ela voltar, será destruída. Desolada, Jenny chora ao conversar Eric van der Woodsen (Connor Paolo), em uma cena emocionante que marcou a saída da atriz Taylor Momsen do elenco regular da série.

Imagem: CW/Reprodução

 

7. Chuck Bass beija outro homem (3ª Temporada) – Se na TV brasileira ainda é tabu exibir a cena de dois homens se beijando, em Gossip Girl isso aconteceu em 2009, na terceira temporada da série. O momento causou euforia nos fãs e foi uma cena bem divertida que revelou um lado desconhecido do playboy Bass.

Imagem: CW/Reprodução

 

8. O beijo de Dan e Blair (4ª Temporada) – É claro que romance era o carro forte de uma série direcionada para o público jovem. E em Gossip Girl, os namoros eram uma verdadeira dança das cadeiras. Todo mundo pegou todo mundo. Um dos casais mais improváveis, mas ainda assim muito shippado, foi Dan e Blair. Os dois que trocavam alfinetadas desde o início da série, acabam se apaixonando e vivendo um romance. Muitos preferiam que eles tivessem terminado juntos. E você, concordam?

Imagem: CW/Reprodução

 

9. Blair e Chuck em Paris (4ª Temporada) – Entre tanta idas e vindas, Blair e Chuck sofreram bastante para permanecer juntos. No início da quarta temporada, Blair teve que andar bastante para encontrar Chuck, que após um tempo desaparecido, foi encontrado em Paris, vivendo uma vida totalmente diferente e já engatando um novo romance. A cena, ao som de “I’m In Here”, da Sia, ao fundo, emocionou e nos mostrou Blair e Chuck muito mais maduros e realmente apaixonados.

Imagem: CW/Reprodução

10. Quem era Gossip Girl? (6ª Temporada) – Foram seis anos de fofocas, mistérios, vários “xoxo” e muita, muita especulação. Mas os criadores deixaram para o último episódio o momento revelador: quem era a pessoa por trás do blog “Gossip Girl”? Quem era o responsável por tanto drama e escândalo? Em um episódio final clássico, com direito a casamento, elenco reunido e muitos desfechos, descobrimos que Dan Humphrey, o “garoto solitário” do Brooklyn, era o rosto por trás do mito. A cena contextualizou o espectador dos motivos de Dan e não deixou dúvidas ou questionamentos no ar.

Imagem: CW/Reprodução

Deu saudade de Gossip Girl? Pois saiba que ainda há esperança de revermos esses personagens que marcaram época. Josh Schwartz, produtor executivo, não descarta a possibilidade de um revival da série. “Talvez, eu não sei. Nós realmente não havíamos pensado sobre isso… Mas seria interessante uma nova temporada da série em uma época de Snapchat, Instagram e outros aplicativos de mídia sociais”, disse em entrevista. Será que veremos isso em breve na TV? Só no resta esperar e, até lá, matar a saudade com essa lista.