11.22.63 – 1×07 – Soldier Boy

Soldier Boy MAIOR

Imagem: AV CLUB

 

Confesso que antes de vir escrever esta review para vocês hoje, dei uma lida nas análises feitas pelo The Daily News e também pelo Entertainment Weekly, porque queria ter certeza se era o único que tinha assistindo esse brilhantismo e excelência chamada de Soldier Boy que 11.22.63 nos apresentou aqui. Não consigo ver outro destino para essa produção além dos Emmys e também para a história do Hulu, como uma das suas melhores séries originais. Isso que ainda falta um episódio para terminar.

IMAGEM: The Daily News

Imagem: The Daily News

Continua após a publicidade

É verdade que a minissérie vem de um momento bastante tedioso em que se perdera ao focar exaustivamente em uma história de amor que, sinceramente, nunca foi isso tudo. Entretanto, aqui não há apenas uma grande redenção por parte do roteiro, como uma guinada criativa que me remeteu a exímia quinta temporada de The Good Wife. Os personagens voltaram a sua forma anterior, os diálogos ainda mais caprichados e a história principal tomando conta de tudo.

Confesso que a morte de certo personagem me deixou um pouquinho frustrando, visto que evidencia o quão desnecessário ele foi a para a história, mas mostra com bastante exatidão que George MacKay é uma das maiores revelações da televisão em 2016, mesmo que ainda estejamos no mês de abril. Ele chegou sem muita perspectiva, mas logo nos mostrou uma performance forte, segura, sólida e que não teve medo de escancarar o seu trabalho com James Franco ali ao lado. 

Sarah Gadon também cresce bastante e é uma grande aposta para o futuro, todavia sabe-se que a atriz precisa de personagens mais ousados e que a desafiem mais, porque por mais impressionante que ela tenha sido em algumas cenas aqui, o perfil de donzela em perigo não funcionará para sempre ao colocarmos em perspectiva o fato de que a indústria está desesperada para atrair as minorias para consumirem.

O trabalho e a união da direção com a edição enriqueceram assustadoramente a qualidade deste episódio, pela simples ideia de colocarem uma contagem regressiva a cada mudança de cena. Ao assistirem, vocês irão me entender o quão sensacional foram tais intervenções. Por fim, gostaria de deixar ressaltado a minha ansiedade em assistir esse Minisseries Finale, pois não será apenas épico, como também memorável e espetacular.

Tags 11.22.63
Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours