12 Monkeys – 3×01 – Mother

Imagem: Youtube/Reprodução

Continua após as recomendações

Mother é o nome do primeiro episódio da terceira temporada de 12 Monkeys. Em seu início, somos trazidos a um James Cole envolto em uma aura sombria e em um contexto onde o personagem sofre uma nítida mudança em sua postura. Voltamos a ter um James Cole tão intransigente e, aparentemente, insensato quanto o da primeira temporada. Um pouco diferente do tom sóbrio que vimos no protagonista durante boa parte da última temporada.

Continua após a publicidade

Cole surge em um cenário onde somos envolvidos com a busca à Cassandra, que parece, na perspectiva temporal desses, já estar distante há um bom tempo. O resgate da Cassandra confirma que as ambições de Cole se confundem agora com seu objetivo final e, muito provavelmente, com o plot deste início desta temporada.

A aura sombria do protagonista é retratada, aliás, por uma bela fotografia que ambienta a trama, trazendo também à temporada um  silêncio assombroso. O silêncio é certamente um elemento novo que sempre trouxe à tona um turbilhão de acontecimentos intercalados que suscitavam uma velocidade impressionante aos episódios.

A paz que emana desse silêncio é quase certamente também um vulto passageiro da narrativa, que deu um tiro certeiro ao trazer de volta o contexto norteador de sua obra original (12 Monkeys, 1995), no sentido de encaminhar a busca como o conceito da relação entre os personagens, como também certo sentido da primeira temporada da própria série, onde Cole ansiava por Cassandra em um objetivo contínuo pelo seu próprio fim.

Cole ganha agora uma nova companhia em sua busca por Cassandra e seus parceiros através do tempo. Sua relação com essa personagem parece direcionar os caminhos nos primeiros passos do episódio e também deixa clara a já citada insensatez de Cole na busca por seus objetivos.

Transitamos daí para um futuro distópico que é rasgado por um tom vermelho sangue em sua aura medieval. Somos introduzidos então a personagem do título, onde o futuro e passado passam a dialogar constantemente. Nesse sentido, o enredo se separa quase que totalmente da segunda temporada.

Cassandra, a mãe, é alcançada por Cole que consegue a encontrar e tenta resgatá-la, quando é interrompido, num rompante, por um personagem misterioso. E aí, neste exato quadro, que se altera a lógica presente até então. Cole passará a estabelecer um diálogo entre sua lucidez e seus rompantes de insensatez.

Este fantástico primeiro episódio termina com mais referências ao filme – dessa vez uma mais direta –, onde acompanhamos um possível trágico fim e uma mais uma revelação.

Tags 12 monkeys
Avatar

No comments

Add yours