13 Reasons Why – 1×01 – Tape 1, Side A [SERIES PREMIERE]

Imagem: Banco de Séries

“If you are getting this tape, you are one of the 13 reasons why.”

Hanna está morta. É um fato. Mas a memória de Hanna está mais viva do que nunca.

O piloto de 13 Reasons Why é de encher os olhos. Com um roteiro intrigantes e super dinâmico e uma história que nos deixa com a pulga atrás da orelha, as primeiras impressões não poderiam ser melhores. Não há o que se discutir, Selena Gomes conseguiu mostrar que sabe sim produzir uma série e que dá conta do recado.

13 Reasons chama a atenção para o plot principal. Treze fitas gravadas por Hanna antes de seu suicídio, explicando, passo a passo, o que a levou a cometer essa brutalidade contra a sua própria vida. E os roteiristas conseguem, com mestria, entregar as informações aos poucos, através de flashbacks e nos deixando cada vez mais ansiosos para saber e entender o que vem pela frente.

O primeiro episódio foi bastante introdutório e até mesmo bastante explicativo. Precisávamos entender qual era o propósito de Hanna com as fitas e isso ficou bem claro ao longo dos 50 minutos.

Logo de cara conhecemos Clay, amigo de Hanna e escolhido para lidar com essa “brincadeira” mórbida da garota, para falar o mínimo. Fiquei com dó do garoto, não deve ser fácil engolir algo desse tipo, mas a história de Hanna precisa ser contada e alguém precisa se encarregar disso, por pior que seja.

Um ponto muito interessante de 13 Reasons é o fato de Hanna ter escolhido enviar fitas cassetes em pleno 2017, mas isso vai muito além do fato dela querer ter sido vintage. Hanna, assim como acontece com muitas adolescentes no dia de hoje, sofreu na pele como a internet e a tecnologia pode ser tóxica para garotas que não tomam cuidado com exposição. Hanna percebeu que não dá para confiar cegamente em quem a gente acabou de conhecer. Não dá para confiar em um cara só porque a ideia de um primeiro beijo foi bonita.

Imagem: Banco de Séries

Não foi a exposição virtual que matou Hanna. São treze fitas, vinte e seis lados, então temos a certeza de que vai muito além disso. Mas isso foi algo que contribuiu e muito para a decisão, ou esta não teria sido a primeira história. Por mais forte que uma garota seja, isso é algo que não estamos preparados para passar e lidar.

Não posso deixar de comentar sobre a produção e a trilha sonora de 13 Reasons. Contar a história de Hanna com a narrativa da garota e intercalar dias atuais com flashbacks foi uma grande sacada, porque não ficou confuso e isso aguça ainda mais a nossa ansiedade por respostas. E a trilha sonora? Só músicas lindas e que batem perfeitamente com cada momento.

Sei que em um balanço geral, 13 Reasons fez um excelente piloto e deixou uma vastidão de perguntas sem respostas e que nos fazem ansiar pelo que vem pela frente. A fita 1, lado A já foi. Prontos para o lado B?

Espero vocês na próxima review! Beijos e até lá!

Avatar

1 comment

Add yours

Post a new comment