2ª temporada de Stranger Things deixará histórias abertas para outras temporadas

Imagem: Entertainment Weekly/Netflix/Divulgação

Continua após as recomendações

A Netflix está mantendo-se compreensivelmente silenciosa em relação à segunda temporada de Stranger Things, e a pergunta que não quer calar é se ela irá demorar para renovar a série para uma terceira temporada. No mínimo, os irmãos Duffer parecem estar transbordando de idéias, uma vez que o diretor Shawn Levy revelou que partes da segunda temporada tiveram de ser cortadas para uma potencial terceira temporada.

Continua após a publicidade

Em entrevista ao Mashable, o diretor e produtor teorizou que três quartos das idéias iniciais para a segunda temporada de Stranger Things irão ao ar, com o restante potencialmente marcado para um terceiro ano. Anteriormente, os produtores revelaram que a intenção era escrever até cinco temporadas, mas isso não é definitivo.

“Como os episódios foram escritos pelos Duffers, eles perceberam que havia muita história para apenas nove episódios. Por isso, fomos forçados a sermos cuidadosos sobre quais histórias contaríamos nesta temporada. Então, uma das surpresas foi que nem todas as nossas grandes idéias vão ser atendidas em uma temporada… Se tivéssemos 40 idéias na temporada, iríamos escolher 30, e o resto ficaria reservado para possíveis novas temporadas”, revelou.

“Como há muita densidade de história na nossa série, temos de servir os personagens – e os momentos e relações entre eles – acima de tudo. Se deixarmos de estar ancorados nos personagens, e nos tornarmos um gênero puro, penso que tiraríamos a essência pulsante Stranger Things“.

Portanto, a série deixará histórias abertas para uma potencial terceira temporada – o que não significa que ela tenha de terminar essencialmente com um cliffhanger ou sem final.

De qualquer forma, sabemos que a segunda temporada não irá estrear no verão americano, como era esperado, tendo sua estreia jogada para algum momento entre setembro e outubro. A história vai retomar no outono de 1984, enquanto os criadores Matt e Ross Duffer continuam provocado uma influência de James Cameron – que lançara O Exterminador do Futuro em tal ano – nos capítulos da segunda temporada.

Fonte: ScreenCrush

 

Nenhum comentário

Adicione o seu