3% – 1×06 – Vidro

Imagem: Netflix/Divulgação

Imagem: Netflix/Divulgação

Pois é, companheiros. Um ciclo se encerra agora. A parte, até então declarada como mais difícil foi encerrada. O processo já selecionou seus 3% para irem para o lado de lá. O Maralto receberá, entre outras pessoas: Michele, Joana, Rafael (Tiago para os íntimos) e Fernando. Nossos protagonistas sobreviveram a muitas provas difíceis. A prova final e individual me pareceu fraca para um grupo que se mostrou tão forte, mas vamos avaliar como cada um se saiu.

Vamos começar com Joana. Essa nem precisou passar por duas provas. Ela foi testada de forma diferente por Ezequiel, que fez questão de ter ela do lado de lá. O mais curioso é que, desde o começo, eles sabiam sobre sua falsa identidade, porém isso não foi impedimento para que ela chegasse tão longe e fosse uma das aprovadas, ou melhor dizendo, a primeira aprovada. Rainha, né, pessoal? <3

Imagem: Netflix/Divulgação

Imagem: Netflix/Divulgação

Continua após a publicidade

Já Tiago, vulgo Rafael, foi testado covardemente pela sua mãe que se mostrou uma pessoa totalmente relaxada em relação ao filho. O relacionamento deles não é só conturbado como também não existe. Tivemos a confirmação de que o Rafael verdadeiro não era só um conhecido, mas o seu próprio irmão. Ele tirou sua chance de seguir no processo em nome da causa. Basta saber se dará certo. Quanto a sua prova individual, que não foi individual, também foi muito fácil. Só exigiu que engolisse seu orgulho (fácil para quem? Oi?).

Quanto a Fernando, o encontro com seu pai não nos trouxe novidades, pois já sabíamos que ele faria de tudo para o filho passar. Foi chato e totalmente sem sentido a sua prova individual. Uma coisa sem pé nem cabeça. Talvez não houvesse mais imaginação dos roteiristas neste momento, pois os demais deveriam ter destaque. A única parte em que se mostrou útil (além do rala-e-rola com a Michele), foi ajudar, mesmo que a contragosto, o Rafael.

E falando nela, foi a cena com Michele que salvou o episódio. Apesar de ser muito fraco, Vidro nos mostrou revelações de sentimentos da protagonista. Sem saber, os organizadores colocaram uma pessoa da causa para fazer o contrário do que prega. Ela deveria convencer os pais da Bruna a inscreverem sua filha no processo. Isso somente depois de dar a notícia de que a primogênita havia morrido. Uma missão muito difícil e que deu oportunidade para Bianca Comparato mostrar que possui talento.

Agora as questões abertas são: o cargo de chefe do processo; o que é aquela cápsula da Michele; o afastamento de Ezequiel de Augusto; e como serão levados os aprovados para o Maralto – se bem que não creio que veremos tudo isso nessa primeira temporada não.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours