4×01 de New Amsterdam destacou amor de Max e Sharpe

Nova temporada promete amor e boas histórias.

Crítica 4x01 New Amsterdam
Imagem: Divulgação.

Digamos que se tem algo que me encanta em New Amsterdam, esse algo é o otimismo. Depois de uma temporada intensa, em que todos os personagens enfrentaram problemas graves, a terceira temporada da série terminou com essa nota de que as coisas poderiam ficar melhor. Foi exatamente com um beijo entre Max e Sharpe, que a série dividiu essa promessa com os fãs.

Continua após publicidade

Promessa é dívida. Promessa está paga!

Continua após a publicidade

A quarta temporada inicia exatamente com uma pegada de romance, voltando os olhos para o que acontece com Max e Sharpe logo depois daquele explosivo beijo. Mas as coisas não saíram tão bem como o planejado. Embora, como dito, a esperança parece perdurar para os dois.

Continua após publicidade

O amor está no ar em New Amsterdam

Adotando uma narrativa não muito linear, New Amsterdam abordou a noite de amor entre Max e Sharpe. Mas o pós foi que ganhou foco. Helen destacou para Max que não se viu mais feliz em Nova Iorque, e foi em Londres que se encontrou. Próxima à família e aos conflitos de lá, é como se ela tivesse encontrado um propósito de viver que ela não via no New Amsterdam. Bem, até agora.

Leia também: The Resident enrolou público com trama batida

Claro que Max ficou um pouco decepcionado, principalmente por esclarecer que aquela era a primeira vez que ele via um futuro, após a morte da esposa. Era quase uma contrapartida. Só que Sharpe ainda precisava entender o que era aquilo. Ela se tornou uma pessoa fechada ao longo dos anos, e ela sempre foi resistente aos sentimentos dela por Max. Então, quando ela disse sim àquilo tudo, algo mudou.

Continua após publicidade
New Amsterdam 4x01
Imagem: Divulgação.

Três semanas depois

O New Amsterdam está o caos que sempre é, e Max se vê em uma nova empreitada: dar uma nova vida para o hospital. E o movimento simples que ele toma, além das medidas exageradas do “como posso ajudar?”, é mudar o tom da pintura do hospital. Mas mal sabia ele que o pintor se tornaria seu pior pesadelo, ao se revelar, no fim do episódio, um incendiário que começou a queimar várias partes do hospital.

Leia também: 7×01 de Chicago Med trouxe novos médicos e foi ótimo

Mas, enquanto não descobríamos quem era o culpado, coube a Iggy confrontar uma antiga paciente – também incendiária – para tentar ajudar a descobrir. Só que os traumas do passado Iggy se fizeram presentes e nos fazem questionar: está tudo bem com ele? Bem, já sabemos a resposta. Após ele passar por um trauma com seu paciente obsessivo, além de todo o seu problema com o físico e comida, nosso psiquiatra não está nos seus melhores dias. E me preocupo diante do seu comportamento com os pacientes.

Será que vem mais problemas aí? Acredito que sim. Ele decidiu que não iria mais atender pacientes, e essa não foi uma decisão fácil. É uma pena que o personagem não seja mais o mesmo, mas vou usar o otimismo de New Amsterdam e apostar que alguma trama boa com ele venha aí.

New Amsterdam 4x01
Imagem: Divulgação.

Flyod e Bloom navegam por tramas duvidosas

Confesso que também não sou muito fã de onde Flyod e Bloom estão agora. O primeiro se entregou a um romance para se tornar algo secundário. Envolver-se com uma mulher casada, que se permite a ter casos amorosos… Reparei que os enredos de Flyod estão sempre relacionados a sentimentos, e eu gosto disso.

Mas ele merecia algo muito melhor do que isso. Gostaria de ver uma trama que faça sentido para o personagem, que o faça evoluir e mostrar o verdadeiro homem que é. New Amsterdam pode ser melhor que isso.

Já Bloom está na história com sua namorada, mas ela vira chefe dela. Primeiro, achei um erro a forma como Bloom se sujeitou a colocá-la dentro do hospital. Ela ainda vai descobrir sobre isso e, claro, vai dar m*erda. Mas qual o sentido de Bloom contar para todos que Leyla é sua namorada? Só para os outros médicos a tratá-la com indiferença? Sem noção da parte dela. Eu gosto de Bloom, mas torço para que ela se encontre nesta temporada. Se não, ela vai se tornar apenas mais uma personagem com uma trama sem graça.

New Amsterdam 4x01
Imagem: Divulgação.

De partida para Londres?

Depois de buscar uma substituta para Sharpe no New Amsterdam, Max se deu conta de que não pode arrumar outra pessoa. Nem para o hospital nem para ele. Dessa forma, ele tem a brilhante ideia: ele vai junto com Helen para Londres. Ok, Max. Ele se jogou de cabeça mesmo, hein!?

Acho uma mudança muito drástica, embora bonita. Precisava mesmo disso tudo? Bem, acredito que nenhum dos dois vá, mas vai ser curioso ver os resquícios dessa atitude do médico.

New Amsterdam voltou bem e com fôlego para uma excelente quarta temporada. Se ela continuar a manter suas promessas, tudo vai ficar bem.

Nota: 4.5/5

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.