5 razões pelas quais todos precisam assistir a Grey’s Anatomy

Imagem: Divulgação/ABC

Grey’s Anatomy é um sucesso absoluto e isso é inegável. No ano em que completou 12 anos no ar, a série consegue trazer mais e mais fãs para a saga de Meredith Grey. Claro, a facilidade no acesso à série – que está disponível na Netflix, contribui para a difusão do show em muitos lugares, incluindo no Brasil. Mas existem fatores que, de pessoa a pessoa, vão sendo passados e confirmam a qualidade de Grey’s Anatomy.

Claro, ela não é perfeita, e como muitas séries possui os seus baixos. Mas em um panorama geral, a série é o tipo de show necessário no currículo de um bom seriador.

Nós do Mix de Séries resolvemos colocar 5 motivos que justificam, de vez, a necessidade de todos assistirem  a Grey’s Anatomy.

A história é envolvente

A história de Grey’s Anatomy, por si só, é envolvente, mas a forma como ela evoluiu é que tem mérito. A série começa sobre 5 internos e suas dificuldades ao entrarem em um dos melhores programas médicos de Seattle, porém, em doze anos, a série se reinventou e passou a abordar a perspectiva da vida, da morte, e as dificuldades do dia-dia, de uma forma bem impactante. Grey’s Anatomy não é só uma série médica. É uma série sobre todos nós.

Os casos médicos

Mas claro que Grey’s Anatomy também arrasa nas histórias médicas. Casos clínicos que impressionam o público, situações complicadas, que muitas vezes levam os espectadores às lagrimas. Muitos destes momentos possuem um final feliz, mas outros tantos acabam em tragédias que não só nos atingem, como também aos personagens. Em muitos episódios, simples casos como grávidas, ou acidentes urbanos, embalam os episódios. Em outros, grandes momentos como epidemias, explosões e tantos outros acidentes mirabolantes compõem a correria do hospital.

Continua após a publicidade

Episódios que disparam nossos corações

Grey’s Anatomy também é lembrada por episódios épicos que fizeram nossos corações dispararem. Uma bomba na cavidade de um paciente no hospital, um atirador, acidentes de avião, de ônibus, de barca, médicos morrendo… São momentos como estes que caracterizam a atmosfera que encanta em Grey’s Anatomy e faz o público permanecer fiel doze anos após sua estreia.

Personagens que aprendamos a amar

Diferentemente da maioria das séries médicas, que focam no “caso da semana”, sem dar muita importância para a história dos personagens que a integram, Grey’s Anatomy foca exatamente no pessoal. E é por dar prioridade às histórias destes personagens é que nos conectamos tanto com a série. Quem aí não tem um amor incondicional pelos internos originais, Meredith, Cristina, Alex, George e Izzie? Ou pelos médicos que passaram ao longo dos anos como Derek, Mark, Callie e tantos outros que viraram favoritos dos fãs? Sem dúvidas, são personagens que aprendemos a amar.

As lições que tiramos para a vida

Além de todos esses aspectos, Grey’s Anatomy dá destaque para algumas lições que tiramos para nossas vidas. Todo episódio começa e termina com uma narração da protagonista Meredith Grey, e que de certa forma encaixa-se com o tema do episódio. Só que as reflexões usadas por eles podem ser perfeitamente adequadas às nossas vidas, tendo os episódios um motor de estímulo para resolvermos nossos problemas ou melhorarmos nossa perspectiva sobre a vida.

Todos vamos morrer. Não podemos escolher como ou quando. Mas podemos decidir como iremos viver. Então, faça isso. Decida! Essa é a vida que você quer viver? Essa é a pessoa que quer amar? Esse é o melhor que você pode ser? Você consegue ser mais forte? Mais gentil? Ter mais compaixão? Decida! Inspire. Expire. E decida.”

Continua após a publicidade

BÔNUS: AS MÚSICAS

As músicas de Grey’s Anatomy são um show à parte. Além de darem nome a cada episódio da série, elas compõem o cenário do show, como se fossem um personagem. De vários estilos e épocas, as músicas da série ajudam a embalar cenas de dores e alegrias. Já dedicamos um textinho só delas aqui no Mix de Séries, que você confere aqui.

Então, se você não assiste à série já sabe: corra e assista! Motivos é que não faltam…

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.