8×18 de The Flash entrega boa história e muitas surpresas

Episódio introduziu a velocista Fast Track e trouxe de volta Eobard Thawne e John Diggle.

Imagem: The CW/Divulgação
- Publicidade -

The Flash apresentou o melhor episódio da temporada até aqui e um dos melhores em tempos. “The Man in the Yellow Tie” foi tenso, interessante, divertido e canônico. Resgatou a nostalgia de épocas passadas, confirmou teorias, fechou pontas soltas e abriu novos horizontes. Tirando as duas cenas envolvendo um estranho novo poder de Cecile (que ficaram bem soltas, mas que podem ser importantes para os próximos), cada segundo deste episódio conseguiu prender a atenção de quem o assistiu.

- Publicidade -

A velocista Fast Track é finalmente introduzida em The Flash

A nova velocista, Meena Dhawan, foi uma das melhores adições na lista de velocistas de The Flash. Apesar de seus poderes serem temporários, ela poderá ser essencial para o que está por vir no arco. Foi divertido que tenham colocado a personagem para fazer a introdução do episódio como Barry (e outros velocistas também) costuma fazer vez ou outra. Parte disso se deve pelo bom casting ao escolherem o carisma de Kausar Mohammed para interpretá-la.

A grande reviravolta do episódio se deu ao revelar que a pessoa que a tem auxiliado nas pesquisas é ninguém menos que Eobard Thawne. Mas não o Thawne preso em Lian Yu, e sim uma versão do personagem que ganhou uma segunda chance quando “morto” pelo Flash Negro. O personagem pode estar mentindo sobre sua amnésia, mas caso não, sua redenção (para esta sua versão) pode estar por acontecer. De qualquer forma, foi muito bom terem trazido a versão de Thawne interpretado por Matt Letscher de volta dentro desta trama.

- Publicidade -
Imagem: The CW/Divulgação

Fim da linha para John Diggle como Lanterna Verde

De tudo o que aconteceu neste episódio, com certeza a grande surpresa foi a participação de John Diggle. Depois de dois anos e meio do fim de Arrow e algumas participações pelas séries do Arrowverso, enfim a teoria sob a caixa cósmica misteriosa se confirmou. Mas não como os fãs tanto esperavam.

Parece que a Warner e a produção das séries decidiram não continuar com sua transformação em Lanterna Verde. Já que a The CW decidiu encerrar quase todas as produções dos heróis da DC e as que estavam por vir. Por isso, sua participação neste episódio teve este objetivo.

O nome dos Lanternas não foi abertamente dito, assim como o anel não foi mostrado. Mas a recusa de Diggle para se manter próximo da família condiz bastante com o personagem. Infelizmente (ou felizmente) este foi o fim do personagem e do que poderia ser a adição dos heróis cósmicos na TV.

- Publicidade -

O episódio ainda teve uma rápida participação de Ray Palmer, uma mulher misteriosa que parece estar por trás dos novos “poderes” de Cecile, o projeto de Mark para trazer Nevasca de volta e a libertação de Thawne pelas mãos de Deon. Muita coisa aconteceu em apenas um episódio.

Mas é importante que os próximos episódios não soem corridos e que todos os pontos dessa nova história consigam se encerrar de forma satisfatório. Se conseguirem manter a qualidade deste episódio, com certeza teremos uma grande sequência para fechar muito bem esta oitava temporada de The Flash.

Nota: 5/5

- Publicidade -
- Publicidade -