A 2ª temporada de Orphan Black e seus personagens não-clones

orphan black 2

Continua após publicidade

Muito já se sabe sobre o que está por vir para os nossos clones favoritos quando Orphan Black retornar para sua 2ª temporada no dia 19 de abril. E você saberá mais abaixo. Mas o que dizer de todos aqueles personagens não-clones do show? O que há de novo para Felix? E para Mrs. S? E Paul? E Delphine? E Art? Bem, nós fomos direto à fonte para descobrir. O EW conversou com Graeme Manson, co-criador de Orphan Black, para descobrir o que está por vir para esses personagens, bem como algumas outras informações sobre a 2ª temporada. Vem com a gente, #CloneClub!

Continua após a publicidade

orphan black 3

Continua após publicidade

ENTERTAINMENT WEEKLY: Então, eu soube que vocês estão procurando explorar mais o mundo na 2ª temporada.
GRAEME MANSON: Isso é parte do contrato. Queríamos sair mais do estúdio, então precisávamos de um tempo quente para usar algumas locações e tirar essa sensação urbana – não perdê-la, mas nós gostamos de nossos ambientes diferentes. Tivemos muito sucesso os retratando na primeira temporada, então nos sentimos confiantes de que poderíamos adicionar mais ambientes. Mas em novembro, é como se estivéssemos impedidos de sair de casa!

EW: A temporada terminou de um modo dramático com Cosima descobrindo que os clones foram patenteados, e, em seguida, apenas alguns dias depois, no mundo real, a Suprema Corte se pronunciou sobre a questão do patenteamento de clones. É algo que vocês vão abordar na 2ª temporada?
MANSON: Sim, mas não é algo que nós vamos insistir muito. É uma coisa interessante, mas difícil de trazer para a TV. Algumas pessoas levam isso muito a sério, como se você não pudesse patentear uma pessoa e a escravidão não existisse. É uma questão bem mais complexa.

Continua após publicidade

EW: Essa descoberta das patentes vem quando Cosima está tentando descobrir mais sobre sua doença. No que isso culminará na 2ª temporada?
MANSON: Sendo uma cientista, Cosima vai assumir a liderança, com Delphine, no diagnóstico e tratamento da sua própria doença. E é difícil para ela. Ela tem uma visão positiva sobre a vida e acaba enfrentando sua própria mortalidade – em certo sentido, isso é realmente de partir o coração. Em outro sentido, ela é uma personagem que faz. Como meu clone favorito, é muito difícil colocar Cosima nessa posição, enfrentando a sua própria mortalidade. Por outro lado, ela cava mais fundo e se mostra uma menina corajosa. Talvez, em sua própria maneira, tão corajosa quanto Sarah. Acho que coragem pode ser um dos traços genéticos que elas compartilham. Eu não sei como você codifica isso, mas é a natureza. Todas são corajosas e todas estão em erupção. Mas Cosima vai ter que fazer alguns acordos com o diabo para chegar a essência da sua própria biologia e doença, e estará a um passo do ventre da besta.

EW: E sobre Delphine, que está igualmente dividida entre o Instituto Dyad e sua fidelidade a um clone?orphan black 4
MANSON: Em primeiro lugar, Evelyne Brochu manda bem e nós amamos essa relação. Nós amamos Cophine. Essa relação permanece preocupante. Seus corações estão envoltos nisso, mas não significa que elas estão alheias aos jogos de poder. Acho que Cosima, no curso de sua doença, vai ter que crescer, enfrentar alguns fatos e ser um pouco mais cruel com si mesma. Ela é uma pessoa alegre, festiva, confiante. Não é da sua natureza estar desconfiada e sorrateira e ter que nadar com os tubarões. Mas, ao final do dia, seus corações estão agarrados nisto, então o que Delphine conquistará: um coração ou a Dyad?

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

EW: Falando sobre outros personagens não-clones na 2 ª temporada, o que podemos esperar de Felix?
MANSON: Fashion e fabuloso, mais inteligência e selvageria. Ele recebe as melhores linhas. Mas também, em um determinado ponto nesta temporada, ele vai ficar cansado de ser um capacho e aquele que sempre ajuda Sarah quando ela fica em perigo. Felix foi sugado para dentro deste mundo, tanto quanto Sarah foi. As coisas não vão ser um mar de rosas para os dois nesta temporada. Eles vão passar por alguns períodos difíceis e, ao fazer isso, vamos descobrir mais sobre Felix. Ele vai estar lá fora e por conta própria. Não quer dizer que ele não é um aliado dos clones, porque ele é. Mas um pouco mais de independência está definitivamente determinado e também alguns bons momentos entre Felix e Alison nesta temporada.

EW: Diga-me o que vem por aí para Paul, que parece ainda estar tentando descobrir onde está sua lealdade.
MANSON: Ele é um cara em conflito, tentando servir a vários mestres ao mesmo tempo. Assim como a Mrs. S, ele tem algumas surpresas na manga e eu não acho que serão agradáveis.

EW: Vimos uma foto com Project LEDA escrito no verso. O Project LEDA será esclarecido na 2ª temporada?

orphan blackMANSON: Nós definitivamente vamos explorar o Project LEDA. Temos uma profunda história de fundo em Orphan Black e é fascinante a forma como ela se relaciona diretamente com o presente. Portanto, para avançar, Sarah tem que olhar para trás. Ela tem que olhar para as origens da experiência, assim como todos eles. Como faz Rachel. As pessoas podem querer verificar sua mitologia – há algumas pistas lá. Quem sabe o que sobre o Project LEDA? Mrs. S pode conhecer alguma coisa, mas ela não sabe tanto quanto os outros sabem.

EW: E sobre Art, que está à beira de descobrir toda a verdade sobre os clones?
MANSON: Art foi ficando tão perto da verdade e ele é um cara muito inteligente, que odeia um mistério. Eu acho que é seguro dizer que os olhos de Art vão se abrir. Art se transformou em um inquieto aliado até o final da 1ª temporada e essa é uma maneira decente para descrevê-lo novamente. Ele está realmente chegado ao cerne da questão. Ele entende. Ele sabe quem Sarah é e tem alguma simpatia pelo que ela está passando. É um bom amigo para se ter. Ele vai ter que lidar com Angie, assim como os outros.

EW: E depois há a misteriosa Mrs. S.
MANSON: Nós, obviamente, colocamos um bom suspense sobre essa personagem e suas motivações no final da 1ª temporada, e eu não acho que alguém vai ver o que está vindo para a Mrs. S na 2ª temporada. Ela tem um monte de cartas na manga. Ela é uma mulher de recursos e seu relacionamento com Sarah continua tenso e no centro do relacionamento está a batalha sobre Kira e quem é a melhor em mantê-la segura.

EW: A lealdade da Mrs. S está agora para Kira ou para Sarah?
MANSON: Bem, isso é instável e pode mudar conforme as circunstâncias, e a temporada vai realmente chegar a esse ponto – de que lado você está? – não apenas para a Mrs. S, mas para muitos personagens.

EW: Eu soube que a seita de religiosos extremistas, a Proletheans, liderada por Henrik Johannsen, vai adicionar uma nova dimensão super assustadora na 2ª temporada.

orphan black 1MANSON: Tomas tem essa visão arcaica da religião contra a ciência, a verdade é que a ciência e a religião são companheiras e se complementam – qualquer astrofísico irá dizer isso. Mas os nossos novos vilões, Proletheans, são movidos por sua crença em direitos divinos, mas eles certamente poderiam ver a ciência como um direito divino do homem. Qualquer ato do homem é um ato de Deus, portanto, se podemos usar a ciência, se você está usando a ciência em nome de Deus, então você está no caminho certo. Agora, se você é um ateu como Dr. Leekie, que está mais interessado em uma nova evolução, do que na sua evolução pessoal, que não está cumprindo a vontade de Deus, você pode ver que há divisões e contradições muito interessantes, bem como uma visão mais moderna e realista do relacionamento entre a ciência e a religião.

EW: O que mais você pode contar sobre 2 ª temporada?
MANSON: Há muita coisa acontecendo nesse enredo de Cosima e a Dyad. E alguns dos caras que você pensou que fossem bandidos no ano passado podem não ser neste ano. No final da temporada, introduzimos Rachel, e Tatiana faz um ótimo trabalho com ela. Nós acabamos de filmar o final e Rachel é uma pessoa bem complicada.

A segunda temporada de Orphan Black estreia dia 19 de abril na BBC America.