A desaparecida abertura de Grey’s Anatomy

GreysOpening5

 

Mesmo os maiores fãs de Grey’s Anatomy se esquecem, mas nas primeiras temporadas a série tinha uma sequência de abertura.

Ela misturava cenas de instrumentais médicos e produtos femininos: um batom, um salto, um estetoscópio e um escalpo eram mostrados, apontando que a série se trataria de um drama médico sob a ótica feminina: a ótica de uma Grey.

 

GREYSOPEN1

GREYSOPEN2

 

Toda a abertura tinha o foco na feminilidade em contraste com a medicina, e com ambos os aspectos sendo intercalados, terminando com um casal sobre uma maca, reforçando essa inter-relação. Reparem aliás, que os sapatos que aparecem na cena final da abertura, junto com o nome da criadora Shonda Rhimes, são os mesmos sapatos vermelhos que aparecem no primeiro frame da abertura com o nome de Ellen Pompeo.

 

GreysOpening6

 

Na segunda temporada, a abertura ganhou mais um frame com a entrada de Kate Walsh (Addison Montgomery) no elenco fixo. Com isso, víamos a transição de uma sala de cirurgia para uma um restaurante e um casal jantando.

 

GreysAnatomy Abertura

 

Gray’s Anatomy, na verdade, Livro de Anatomia Gray é um conhecido compilado anatômico nos EUA que formou muitas gerações de médicos por lá.  A criadora se baseou no famoso livro médico para nomear sua série e sua protagonista, mas modificou a vogal (provavelmente para evitar problemas legais). Muito melhor do que o nome original que a autora pretendia dar para a série: “Complications”.

Mesmo nunca sendo apontado por Shonda, a mulher que aparece na abertura da série é Ellen Pompeo (alguns dizem ser Kate Walsh, que apareceria como personagem no seriado tempos depois). Shondanás explica, em seu twitter oficial,  o porquê da sequência ter sido removida nas temporadas futuras:

 Eram 30 segundos de boa música que substituíam 30 segundos de histórias sendo contadas.”

Entende-se também que a abertura tinha aspectos muito femininos, e que de certa forma limitava o público da série. Desta forma, com o logo simples, o público ficaria mais neutro.

Tocada por Psapp, a música Cozy in th Rocket acompanhava a sequência e pode ser ouvida na integra abaixo:

Na abertura original, a musica era toda instrumental e a única parte vocal era  “Nobody knows where you may end up, nobody knows” e alguns gemidos.Uma sacada bem esperta para uma série médica era a cadência estilizada na música que imitava o barulho de um monitor cardíaco.

Apesar de não aparecer mais no início de cada episódio, que sempre se inicia com a narração (normalmente feita por Ellen Pompeo), a canção pode ser ouvida em parte ao final dele, junto aos créditos.

O logo branco que substituiu toda a sequência também é muito bacana, mas na nossa opinião, nada supera versão abaixo:

 

Share this post

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.