A essência perdida de Glee

4temporada

Continua após as recomendações

Infelizmente, não se pode dizer que a atual fase de Glee é boa. Depois da perda de Cory Monteith, que completou um ano no último dia 13, a turma do Colégio McKinley não foi mais a mesma. Mas esse não foi o principal problema da série, que estreou em 2009 com a promessa de ser o novo “High School Musical” (promessa não cumprida – ainda bem!). Desde a formatura de boa parte do Glee Club, a história perdeu seu charme e os novos personagens não agradaram ao público, tanto que a última temporada só será focada no núcleo de Nova York e terá apenas 13 episódios. Porém, como o nome já diz, essa coluna fala sobre livros e, para quem quer relembrar os bons tempos do programa, “Glee – O Início” é uma ótima pedida.

 

Continua após a publicidade

Livro
Apesar de curtinho, o livro contém o humor inteligente e certeiro de Ryan Murphy, criador da série, mesmo sendo escrito pela autora Sophia Lowell, e reafirma o que Glee era em seus tempos áureos, ou seja, muito mais do que uma história sobre adolescentes cantores. Rachel e sua turma mostraram ao mundo que você não precisa ser igual a todos para ser aceito e que as diferenças que existem em cada um são o principal ingrediente para se destacar.

A história das páginas mostra o que acontecia no colégio Mc Kinley antes da série começar. O texto é bastante fiel ao roteiro da série e sua narrativa leve e divertida mostra como era a vida de Mr. Schue, Finn, Santana, Brittany, Quinn, Kurt, Mercedes, Artie, Tina e, é claro, de Rachel Berry, antes do Glee. A personalidade de cada integrante foi transportada para o livro muito bem pela autora. Quem ainda não assistiu Glee, recomendo começar pelo livro, pois, na narração é possível saber detalhes sobre cada um dos personagens jamais mencionados no programa.

Talvez o único defeito que os fãs sentirão falta é que a parte musical, a mais importante da série, ficou de fora. Além de “Glee – O Início”, Sophia Lowell lançou nos Estados Unidos mais livros que complementam o programa, porém, essas obras não foram traduzidas para o português.

 

corylea

 

Para quem ainda sente falta de Cory (acredito que praticamente todos os fãs da série), o livro pode matar um pouquinho a saudade, tanto do ator – que era, junto com Lea Michele – a essência da série – quanto dos bons momentos que o programa teve, afinal, não dá para negar que Glee deveria ter acabado no episódio 5×03 – “The Quarterback”.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours