A hora e a vez de Ellen Pompeo

Greys Anatomy Ellen Pompeo

 

Grey’s Anatomy retornou esta semana pronta para calar a boca de muita gente. Digo isso porque, sim, ela calou a minha. Não é de hoje que venho defendendo o encerramento do show, o desgaste de algumas histórias e repetições de plots usados constantemente pela série (assista nosso Papo de Séries sobre este assunto). Porém, um fio de esperança me despertou esta semana, quando vi um sentido em ainda assistir à série. Chegou a hora e a vez de Ellen Pompeo.

A protagonista que está a frente do show há 12 temporadas, na verdade, nunca realmente brilhou. OK, ela teve grandes momentos na série, como a mão na bomba e o afogamento no episódio da barca, porém, Ellen Pompeo nunca conseguiu conquistar seu espaço de verdade na série com uma atuação memorável. Isso tudo mudou esta semana, quando a sua personagem foi atacada por um paciente no Grey Sloan Memorial Hospital.

Continua após a publicidade

O ataque, que a deixou temporariamente surda e sem poder falar, refletiu uma atuação que esperamos de Ellen há 11 anos. Suas expressões mostravam confusão, medo, raiva e desespero. Shonda Rhimes parece finalmente ter criado uma situação em que Ellen pudesse explorar todos os seus atributos como atriz. Em um mundo onde não existe mais McDreamy (para quê, se tem um Alex ao seu lado), Meredith vem enfrentado uma realidade que até agora não existia para a personagem. Ela sempre estava lá, esperando seu príncipe no cavalo branco para salvá-la, grande parte disso, por conta do conforto que a relação com Derek a proporcionava. Agora ela está no mundo com três filhos e uma tarefa de cuidar de si mesmo. E como se tudo isso não bastasse, o Universo (a.k.a. Shonda) conspira para que ela sempre esteja passando por uma prova de fogo. Assim, os problemas criados pela “Penny Perfeita” foram apenas o começo.

A direção de Denzel Washington neste episódio, “The Sound of Silence” (leia aqui nossa review), permitiu que Ellen Pompeo vivenciasse situações de pânico, desespero e tristeza com a sua personagem, fazendo jus a um posto que ela ocupa na série há doze temporadas. Esta atuação, na verdade, serviu para mostrar o que nós ainda não havíamos visto: o melhor da atriz em cena. E a sensação que fica é que estávamos o tempo todo esperando isso. Se costumávamos apenas falar de como Kerry Washington ou Viola Davis roubavam a cena no #TGIT, esta semana Ellen chutou o balde e mostrou quem realmente manda no lugar – e há muitos anos.

Foi-se os tempos em que Katherine Heigl recebia os destaques na premiação com sua Izzie, mostrando que o Cristina Yang disse, em seu último episódio, para Meredith faz muito sentido. Sim, Meredith Grey é o sol, e sempre foi. Deixemos ela brilhar.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    lucas_santtos 14 fevereiro, 2016 at 15:57 Responder

    Ellen Pompeo maravilhosa demais! Foi pra mostrar com ainda mais certeza que Grey’s tem sim fôlego pra continuar no ar por mais tempo.

Post a new comment