A Lista Terminal, vale assistir a série do Prime Video?

Após uma missão secreta fracassar o Seal James Reece volta para casa com todo seu pelotão morto, mas ele se recusa a acreditar na versão oficial dos fatos e busca a verdade a qualquer preço.

A Lista Terminal, vale assistir a série do Prime Video?

No dia 01 de Julho estreou A Lista Terminal, mais um sucesso no Prime Video. E nós te contamos um pouco mais sobre tudo o que aconteceu nesta primeira temporada.

Continua após publicidade

A princípio a série baseada no best-seller de Jack Carr parece que bebe da fonte dos clichês de ação. Bem como outro recente sucesso do Prime, Reacher. Porém se você é fã de séries do mesmo gênero, irá adorar passar os 8 episódios grudados na tela para saber como tudo termina. Ou melhor como a lista termina.

Contexto de A Lista Terminal

Reece interpretado por Chris Pratt é o líder de um pelotão de Seals, que tragicamente são mortos em uma ação fracassada. No entanto é aí que a história apenas começa. Antes mesmo de retornar para casa o Seal começa a sofrer alucinações.

Continua após publicidade

Leia também: 7 séries tipo A Lista Terminal que você precisa assistir

Além disso, há algo maior por trás das mortes de seus companheiros, mas pelo que parece só ele acredita nisso. Quando seu estado clínico é colocado em xeque tudo fica turvo tanto na visão do personagem quanto na nossa.

Realidade

Todavia, um fuzileiro é treinado para as piores situações e o tema é muito abordado na série. Também como os transtornos pós-guerra (TEPT). Quando seu único colega sobrevivente é encontrado morto as coisas começam a deixar Reece cada vez mais paranoico do que realmente está acontecendo.

Então ao aprofundar as investigações as teorias conspiratórias são trazidas em forma de um surto por parte do Seal. Tudo acontece para que ele seja colocado como um soldado que perde o controle da realidade.

Continua após publicidade
The Terminal List
IMAGEM: DIVULGAÇÃO

Cada vez mais confuso

Do mesmo modo Reece passa a ter convicção de que está sofrendo com algum problema neurológico, comum em ex-combatentes. A direção da série consegue trabalhar muito bem na questão da confusão mental do protagonista. Em seguida o Seal decide ir buscar ajuda e a partir deste ponto é que tudo começa a desmoronar na vida de James Reece.

Pouco depois de iniciar uma bateria de exames, o Seal é atacado e ao que tudo indica uma queima de arquivo é o motivo. Logo após este confronto Reece encontra sua família morta em sua casa.

A Lista Terminal

Depois que isso ocorre e com a ajuda da jornalista Kate, Reece começa a ligar os pontos para descobrir uma trama muito maior do que havia imaginado.

Continua após publicidade

Com a ajuda de Ben, seu ex-companheiro e grande amigo, o Seal encontra as pessoas e a conspiração por trás das mortes dos seus companheiros e de sua família. Sem a trava moral que o segurava, Reece prepara uma brutal vingança para todos aqueles envolvidos em toda essa história. Dessa maneira surge a lista que dá nome a série.

The Terminal List
IMAGEM: DIVULGAÇÃO

 Brutalidade

Ao passo que descobre que a maior motivação das mortes é o dinheiro, Reece fica cada vez mais violento para chegar ao fim da lista na série A Lista Terminal. Até mesmo seus amigos que dão suporte a essa missão o questionam do limiar que o Seal atravessa.

Leia também: A Lista Terminal, 2ª temporada: tudo o que sabemos

Assim como o combatente descobre que está com um tumor cerebral, que é o motivo de todas as suas alucinações. Assim como todo seu pelotão tinha o mesmo problema. Conforme a trama avança, vemos que desde indústrias privadas e o alto escalão do governo americano tem sua parcela de culpa em tudo o que houve.

A Lista Terminal não é tão clichê: vale assistir?

The Terminal List
IMAGEM: DIVULGAÇÃO

Ao contrário de outras séries policiais e de conspiração, A Lista Terminal pesa muito a mão nas cenas em que Reece está a todo vapor na execução da sua lista. Bem como a cena que acontece no México, onde o sicário que executou sua família encontra um final nada agradável. Assim como o plano de Reece para atingir o dono da indústria responsável, em plena luz do dia.

Pouco antes de encontrar a redenção de sua vingança, e após ser o fugitivo mais procurado dos Estados Unidos, Reece ainda descobre uma última traição.

Em contrapartida todo o desenrolar da trama acontece de forma que o final é previsível, no entanto isso não é algo ruim. Tal qual é o prometido a série entrega de uma excelente maneira todo o caminho de redenção para Reece e seus companheiros caídos.

Finalmente o Seal é visto uma última vez navegando para algum lugar da África, e com pelo menos o sentimento de ter completado sua lista.

Por fim, você não deve esperar um agente cheio de glamour como algumas outras séries do gênero. No entanto por uma história de vingança e conspirações a brutalidade de Reece é mais do que compreensível, mesmo que falte um pouco de carisma por parte do protagonista.

Definitivamente é uma série que vai fazer jus a sua expectativa e alguns fãs já esperam pela adaptação de mais um livro de Jack Carr. Por isso, vale a pena assistir A Lista Terminal.

Séries sempre fizeram parte da minha vida e hoje me orgulho em poder escrever sobre elas.