A mística e misteriosa abertura de Charmed

Muitos podem nem se lembrar mas nos anos 1990 as séries de TV chegavam, mais do que nunca, com força na TV brasileira – seja ela pela TV aberta, ou pela então recém difusão da televisão a cabo. Os jovens adolescentes daquela época, sem dúvidas, aproveitaram e cresceram com programas que definiram uma geração e Charmed pode ser incluído neste grupo.

Produzida pela WB, emissora que foi a “mãe” de muitas séries adolescentes na virada do nos anos 1990 para os anos 2000, a série contava a história das irmãs Halliwell, três bruxas consideradas as mais poderosas na comunidade sobrenatural, tendo cada uma delas um poder sobrenatural. Em tempos em que séries como The Vampire Diaries e Supernatural predominam o mercado, Charmed pode acabar sendo considerada apenas mais uma, mas a série marcou época por diversos elementos de sua narrativa, e também por uma característica única: a sua inesquecível abertura.

 

Charmed Abertura

 

A sequência de introdução de Charmed, assim como a de muitas séries na época, tinha a função de destacar os atores e seus personagens, utilizando de plano de fundo elementos que fizessem menção a história contada no show. Na época a TV não precisava brigar por audiência com streaming e internet, e logo, perder 30 segundos ou 01 minuto de tempo de intervalo para exibirem uma vinheta de abertura não significava “menos um ou dois comerciais lucrativos”, filosofia aplicada hoje nas exibições da televisão aberta norte americana.

Na abertura, um fato curioso era que as protagonistas foram creditadas pela ordem de idade das personagem, deixando Shannen Doherty, Holly Marie Combs e Alyssa Milano nesta ordem.

 

Charmed Cast

 

A partir da quarta temporada, com a saída de Shannen Doherty, Alyssa Milano assumiu a liderança dos créditos, seguida de Rose McGowan e Holly Marie Combs.

Utilizar sequências da série – e principalmente do piloto – em suas aberturas era uma tendência, e Charmed a seguiu. Intercalando com paisagens como a Ponte Golden Gate e símbolos como um pentagrama – que evoca um símbolo de mistério e magia, algumas cenas do piloto completavam as cenas exibidas na introdução.

 

Charmed

Charmed Introdução

Essa dinâmica foi usada nas três primeiras temporadas mas, depois da saída de Doherty, acabou sendo modificada posteriormente, por cenas renovadas, além da inclusão de símbolos como uma gárgula, um talismã, scrying de cristal, tatuagem do símbolo do tríquetra e velas, que compunham um cenário místico para a introdução.

Um diferencial da abertura era que, apenas as protagonistas eram fixas na introdução, sendo os outros atores apenas creditados quando apareciam no episódio.

Obviamente que, talvez o fato mais lembrado da abertura seja a sua trilha sonora, embalada por um cover de “How Soon Is Now?” dos The Smiths. A música, que foi regravada pela banda Love Spirit Love para o filme Jovens Bruxas, de 1996, acabou se tornando um hit por conta da série, e permaneceu com sua função até o final da série. A música só não era exibida em episódios duplos ou em estreias de temporada, quando a vinheta era substituída por um instrumental de 05 segundos.

Relembre a clássica abertura de todas as temporadas nesta compilação:

 

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.