A nostalgia na abertura de Fuller House

O Aberturas de hoje vai falar de uma série que marcou a infância de muita gente no Brasil e que voltou nessa semana no catálogo da Netflix (Obrigado, Netflix!!!): Fuller House. Talvez você não reconheça pelo nome em inglês, devido a tradução, mas com certeza você já ouviu falar em “Full House” ou simplesmente, Três é Demais.

Fuller House chegou às telinhas como a continuação da série original, que foi ao ar de 1987 a 1995. A série trabalha com a mesma proposta de sua antecessora, continuando as aventuras da família Tanner. Porém dessa vez, a história é focada em D.J. Tanner-Fuller que perdeu recentemente o marido, e está grávida. A sua irmã mais nova, Stephanie Tanner  aspirante a cantora, e sua melhor amiga, mãe solteira Kimmy Gibbler – e sua filha adolescente Ramona, todas se mudam para a casa de DJ para ajudá-la a cuidar dos dois filhos dela – o rebelde JD e o neurótico Max.

Além da nostalgia do enredo e do elenco, Netflix resolveu brincar com nossas emoções e fazer uma abertura sensacional para a série. Repaginada para o século XXI, o tema clássico “Everywhere Yoy Look” foi interpretado por Carly Rae Jepsen continua dando à sequência aquele ar nostálgico e familiar.

 

 

Logo no inicio, temos a câmera sobrevoando a Golden Gate, simbolo da cidade de San Francisco, onde a série é ambientada, fazendo referência a clássica cena de introdução da série original.

As fotos da família Tanner, no início da abertura simbolizam um legado de uma geração, mostrando o elenco original na primeira e última temporada da saudosa Três é Demais.

 

Fuller House Abertura

 

Em seguida somos levados a uma sequência em que mostra cada ator ao longo dos anos, desde a infância até os dias atuais. Com uma abertura bem estilo anos 90, a série mostra o elenco regular, em cores vivas, que simbolizam a repaginada que a série necessitava para os dias atuais. Além disso, a abertura desenvolvida pelo Netflix utilizou o recurso de fotos antigas para ressaltar o tema familiar de Fuller House, com a mensagem de que, talvez, a série possa soar “meio infantil” por uma razão: todos nós não deixamos de ser crianças! O recurso chegou inclusive a ser aplicado no novo elenco infantil, utilizando fotos pessoais de quando os atores eram mais novinhos (mais?).

 

enhanced-6733-1456500621-1 (1)

 

Fuller4

 

Na abertura do piloto, o elenco original foi inserido como forma de homenagear aqueles que começaram o legado, aparecendo como “Convidados especiais”, incluindo John Stamos como o tio Jesse, Bob Saget, como Danny Tanner, Dave Coulier como o tio Joey, Lori Loughlin (que não envelheceu) como Becky, esposa do Tio Jesse. Até mesmo os gêmeos Katsopolis aparecem no finalzinho.

 

Fuller John

 

Ao final, a abertura se encerra com a foto da “nova família”. Começamos a abertura com a antiga foto, terminamos com a nova. Um legado passado para a nova geração.

Você pode ver a abertura completa aqui:

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=CApVLvd3E68[/youtube]

Avatar

No comments

Add yours