A nuclear abertura de Manhattan

Você nunca deve ter ouvido falar de Manhattan, mas  falaremos dela na coluna dessa semana. Manhattan foi um sucesso de críticas ano passado. Isso mesmo, a tímida série do canal WGN (o mesmo canal que exibe Salem) recebeu boas críticas e, consequentemente, uma boa audiência.

A trama se passa no final da década de 1930, época da Segunda Guerra Mundial, em Los Alamos, Novo México. A história acompanha a vida de dois cientistas que trabalham no Manhattan Project, que realizou pesquisas para o desenvolvimento da primeira bomba atômica americana. A trama acompanha também as dificuldades que eles encontram no trabalho, bem como seus relacionamentos com suas respectivas famílias, que nada sabem sobre o projeto.

Além de uma trama envolvente e cheia de momentos de tensão, a abertura de Manhattan é um show à parte. Com uma trilha sonora calma composta por Jonsi (Sigur Rós), a sequência de desenhos nos entrega o que seria o dia a dia dos moradores de Los Alamos, cientistas e policiais. Nos entrega também o que seria o conceito proposto pela série de “família nuclear”, justapondo a monotonia da vida em Los Alamos com a difícil matemática e física teórica que inaugurou a famosa era atômica. Além de desenhos voltados a construção da bomba, como os cálculos e arquivos confidenciais, temos também situações cotidianas – como a mesa jantar e a fritura de um ovo.

 

Continua após a publicidade

Untitled

 

Untitled2

 

Você pode conferir a abertura de Manhattan aqui:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=0fV5WNudPPU[/youtube]

 

Avatar

2 comments

Add yours

Post a new comment