A Tumba do Drácula: o grande clássico de terror da Marvel

A Tumba do Drácula

 

O mito escrito no clássico de Bram Stocker ganhou várias releituras no século passado e não deve deixar de ser objeto de novas produções tão cedo, como falamos aqui na coluna Da Estante Para a TV em um texto especial sobre as versões que o personagem ganhou na tevê e no Cinema.

O que a geração atual talvez não saiba é que nem só de heróis mais populares o universo Marvel é habitado, e lá na década de 1970 foi casa para importantes arcos envolvendo o Conde Drácula no formato HQ. No Brasil, a distribuição aconteceu primeiramente por meio da editora Bloch em formatinhos, e só depois a Abril assumiu as publicações.

Continua após a publicidade

tumbaEm outubro do ano passado, a Panini Comics, que vem fazendo um trabalho excepcional com os clássicos da Marvel, relançou “A Tumba de Drácula” em um primeiro volume que reúne as seis primeiras edições da revista – com quadrinhos coloridos e as capas originais em inglês que acabam sendo um belíssimo bônus. Tudo publicado entre abril de 1972 e janeiro de 1973.

O roteiro se propõe a desenvolver o retorno do Príncipe das Trevas para o nosso mundo sem esquecer-se de referências que fizeram dele o clássico que é. Uma das personagens pontuais aqui é justamente alguém que tem ligação direta com o inesquecível Van Helsing.

O encadernado traz ainda duas histórias completas de “Drácula Lives”, em preto e branco. Assim como “a tumba”, o enredo lançado em agosto de 1973 também traz roteiro de Gerry Conway e arte de Gene Colan e Tom Palmer. Grandes nomes do quadrinho como Archie Goodwin e Gardner Fox também colaboraram.

A iniciativa é louvável, já que muitos destes títulos são verdadeiras raridades. Lá atrás, o sucesso das revistinhas foi essencial para que outros títulos de terror também chegassem ao mercado, o que pode se repetir com os lançamentos da Panini. A ideia é lançar também as primeiras histórias do “Motoqueiro Fantasma” e de “O Lobisomen” no mesmo estilo.

O segundo volume, que deve sair entre abril e maio deste ano, vai introduzir Blade, o caçador de vampiros, que foi um importante personagem para os arcos da Marvel. Para quem não chegou a conhecer a cronologia, Blade aparece pela primeira vez na décima edição de “A Tumba de Drácula”. Há planos até para a participação do vampiro em publicações especiais do “Doutor Estranho” e dos “X-Men”. Sem dúvidas, material essencial para colecionadores do gênero.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours