A verdade sobre Victoria Pedretti que os fãs de YOU não sabiam

Atriz ficou popular com personagens em séries da Netflix.

YOU Victoria Pedretti
Continua após publicidade

Desde sua estreia em 2018 como Nell em A Maldição da Residência Hill, de Mike Flanagan, Victoria Pedretti se tornou a nova face do terror e dos thrillers. Seja assombrando sua família em “Residência Hill”, lutando contra fantasmas em A Maldição da Mansão Bly, de Flanagan, ou se apaixonando por um serial killer em YOU, Pedretti rapidamente provou ser uma mestre da escuridão e da surpresa.

Continua após publicidade

Qualquer que seja o gênero, seus personagens nunca são o que parecem; eles contêm profundidades que não são tão óbvias na superfície. Tudo isso enquanto o público e os críticos parecem cativados por sua capacidade de se mover entre espaços de luz e escuridão. Ela traz sutileza e sensibilidade para esses papéis, e tal fato ajuda seus personagens a se destacarem em gêneros os quais você acha que sabe o que esperar.

Enquanto Pedretti vem deixando sua marca na televisão, ela também aparece em alguns – você adivinhou – filmes sombrios. Ela foi vista em “Shirley“, estrelada por Elisabeth Moss como Shirley Jackson (que, coincidentemente, foi a autora de “A Maldição da Residência Hill“).

Continua após publicidade
Continua após publicidade

E também apareceu como um membro da família Manson em “Era Uma Vez em Hollywood” de Quentin Tarantino. Pedretti também integrou o elenco de “Lucky“, um filme baseado no livro de memórias da autora de “The Lovely Bones“, Alice Sebold. Então, está claro que Pedretti continuará a surpreender o público com seus personagens complexos.

Eis algumas curiosidades sobre a atriz que muitos fãs de YOU podem não saber.

Continua após publicidade

Ela é uma garota da Filadélfia

A atriz de YOU nasceu na Filadélfia em 1995, onde, como disse em entrevista à revista V, cresceu “exigindo atenção“, cantando e dançando. Ela começou a atuar quando adolescente e foi uma das quatro alunas do clube de teatro do ensino médio, ao qual se juntou depois dela perder um papel para o musical da escola. Felizmente, Pedretti sentiu que havia algo no espaço do drama para ela, então, ela continuou seus estudos matriculando-se na Escola de Drama da Carnegie Mellon em Pittsburgh.

Continua após publicidade

Leia também: YOU tem péssima notícia sobre a 4ª temporada em 2022

Carnegie Mellon deu a ela algumas das ferramentas que ajudaram em seu sucesso, mas Pedretti falou sobre como estar na escola de teatro também a conscientizou de como seria difícil se sustentar financeiramente com atuação. Ela disse à revista V que “se preparou muito por anos sem nunca ter a oportunidade de trabalhar na minha área”. Esse sentimento talvez não tenha ajudado quando alguns de seus professores de atuação sugeriram que ela não era talhada para atuar e deveria tentar dirigir. Ainda bem que Pedretti não seguiu esse conselho.

Continua após publicidade
YOU Victoria Pedretti
Imagem: Divulgação.

Ela conseguiu o papel em A Maldição da Residência Hill assim que seu dinheiro acabou

Embora Pedretti fosse preparada para passar anos tentando ser atriz, isso não tornou necessariamente a realidade dessa espera mais fácil. Depois de se formar na Carnegie Mellon, em 2017, Pedretti se mudou para Nova York.

Continua após publicidade

Então, ela tentou trabalhar como atriz, mas ainda não estava sendo escalada. Como ela disse à Cosmopolitan, o dinheiro pós-faculdade acabara e ela estava prestes a procurar emprego com qualquer coisa, quando recebeu a ligação para “The Haunting of Hill House”, de Mike Flanagan. O papel era para Nell, o membro mais jovem da família Crain, que luta para se desvencilhar dos horrores e traumas da Residência Hill. Tais horrores assombram de forma contínua desde a infância até a idade adulta.

Continua após publicidade

Leia também: A verdade sobre Penn Badgley, de YOU, que os fãs não sabiam

Em uma entrevista com o Collider, Pedretti mencionou que, embora seu papel em A Maldição da Residência Hill não tenha levado a uma súbita onda de oportunidades de atuação, o showrunner Greg Berlanti decidiu escalá-la para a segunda temporada de YOU. Tudo isso, depois de vê-la na série limitada. Claro, a vez de Pedretti em “Hill House” também abriu a porta para ela estrelar como Dani Clayton em A Maldição da Mansão Bly. Não é à toa que ela ganhou o apelido de “uma das novas rainhas do grito”.

Ela estudou para interpretar uma “socialite” da Califórnia em YOU

Pedretti ficou conhecida por sua interpretação de Love Quinn, a obsessão de Joe, na segunda temporada de YOU. O amor é um paradoxo, para dizer o mínimo, pois ela prova ser muito mais do que a ideia que Joe projeta nela. Ela é uma rica socialite da Califórnia que basicamente levou uma vida livre de consequências, graças ao dinheiro de sua família. O que distorce sua percepção da realidade e do amor. De muitas maneiras, Love ocupa um espaço totalmente estranho de Pedretti, que decidiu se mudar para Los Angeles para entrar na cabeça dessa personagem.

Leia também: Final de YOU arruinou trama perfeita para a 4ª temporada

Pedretti contou à Cosmopolitan sobre sua experiência de se mudar para o bairro de Silver Lake (um centro de descolados e artistas), onde estudou socialites como Paris Hilton. E ainda mergulhou de cabeça na vida de Los Angeles, usando casualmente palavras como “iate” e falando sobre astrologia.

Em uma entrevista com a Variety, Pedretti discutiu como era importante capturar as raízes de Love na Califórnia tanto quanto seu histórico de classe. Então ela também leu muito Joan Didion e embarcou em uma turnê gastronômica por LA, para que ela pudesse se conectar mais com as habilidades de Love como uma chef.

Para alguém nativo da Filadélfia, foi um desafio entender como Love se relacionava com um lugar como LA, que parecia tão estranho para Pedretti. Felizmente, ela fez sua pesquisa para capturar perfeitamente uma personagem que nasceu e cresceu na Califórnia.

YOU Victoria Pedretti
Imagem: Divulgação.

Ela luta pelos direitos das mulheres

Pedretti discutiu abertamente como o personagem de Joe é problemático em YOU, dizendo a Glamour que “a ideia de que as pessoas realmente querem estar com o psicopata e o assassino é uma piada” e acrescentando que, assim que ele vê Love como um humano, em vez de uma ideia, ele se apaixona por ela. Enquanto Love não é a mais favorável das mulheres – veja seu relacionamento com Candace (Amber Childers), por exemplo –, Pedretti não é assim fora da tela.

Na mesma entrevista, Pedretti observa que as mulheres são 50% da população e ainda continuam sendo uma maioria oprimida, o que “só foi possível porque trabalhamos umas contra as outras”. Em última análise, ela acredita na irmandade e que as mulheres precisam apoiar as mulheres para alcançar a igualdade.

Enquanto vemos YOU explorar algumas dessas questões, Pedretti incorpora sua crença nos direitos das mulheres em sua própria vida. Ela participou do curta-metragem “This Is Not A Love Letter“, um videopoema pró-escolha escrito por Isabel Pask.

Pedretti compartilhou o vídeo com a Glamour UK em 2020, quando discutiu o processo de trabalhar com outras mulheres no filme de Pask e suas próprias opiniões sobre aborto e direitos das mulheres. É claro que a elevação das vozes femininas é algo que ela continuará fazendo, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

YOU Victoria Pedretti
Imagem: Divulgação.

Ela foi diagnosticada com Déficit de Atenção quando era criança

Pedretti se tornou um ícone queer graças ao seu papel como Dani em “The Haunting of Bly Manor”, mas ela foi explícita sobre querer evitar rótulos para seus personagens e para ela mesma. Ela se abriu para a Glamour UK sobre seu Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, que ela recebeu quando tinha seis anos.

Então, um médico lhe informou que, por causa de seu TDAH, seria muito mais difícil para ela viver um estilo de vida saudável. E, além disso, seria mais provável que ela encontrasse uma taxa mais alta de encarceramento, problemas médicos e dificuldades com a alfabetização.

Pedretti resistiu a essas implicações e disse o quão prejudicial era ser rotulada dessa forma em uma idade jovem, porque permitia que outras pessoas fizessem suposições sobre ela. Então, ela descobriu que as pessoas eram rápidas em contar a ela sobre seu próprio cérebro, principalmente quando ela estava na academia.

Mas, uma vez que ela deixou a escola e começou a construir uma vida para si mesma, ela parou de ver sua condição como um déficit. Dessa forma, ela considera isso como uma força sua. Pedretti quer ser uma voz na comunidade para ajudar as pessoas com a sua condição a se educarem. E, ainda, encontrarem ferramentas para viver, em vez de apenas serem informadas sobre quem são ou serem medicadas.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.