Ainda vale a pena assistir Grey's Anatomy?

 

Uma das melhores e mais populares séries de drama já feitas está se encaminhando, com muitas controvérsias, para a 12ª temporada. Só que hoje, quero propor uma discussão polêmica: ainda vale a pena ver Grey’s Anatomy?

Antes, preciso avisar: se você ainda não viu as onze temporadas e não gosta de spoiler, não leia!

Shonda Rhimes, a criadora da série, pode até ser considerada uma psicopata assassina que não tem dó dos seus fãs, mas ninguém pode negar que ela também é simplesmente genial. Cada personagem de Grey’s é trabalhado com uma profundidade tão real que é impossível não se apegar. E, por isso, é muito complicado abandonar a série desse jeito. Só que a pergunta que todo fã se faz é: será que ela ainda é a mesma?

Nas primeiras temporadas, conhecemos Meredith, Derek, Cristina, Alex, Izzie, George, Burke, Richard, Bailey, Addison e Mark. Esse, no começo, era o núcleo principal, a espinha dorsal da série. Durante esses anos, vimos Burke abandonar Cristina no altar e ir embora, Addison se mudar e ter seu spin-off, George morrer duramente, Izzie ter câncer e sumir, Mark morrer de uma complicação na queda de um avião e Cristina partir em busca do seu sonho de ser uma deusa da cardio na Suíça. Em compensação, tivemos a entrada de personagens incríveis como Lexie (só que aí ela morreu também), Callie (que entrou no fim da segunda, mas só a conhecemos melhor na terceira), Arizona, Owen, April, Jackson e, mais recentemente, Amelia e Maggie.

Todo mundo suportou, por anos, as idas e vindas de Grey’s e a dor de se despedir de cada personagem querido, cada personagem que, lá no início, fazia Grey’s ser Grey’s. Superamos cada perda e cada história chata (como George e Izzie; Cristina traumatizada e etc) sabendo que, mesmo com todos esses acontecimentos, a série ainda era uma das melhores já feitas na atualidade. Tudo estava caminhando bem até que, na décima primeira temporada, recebemos uma bomba: Derek morreu.

 

 

Quando li isso pela primeira vez, pensei “não, pera… não é possível”. A dor era real. Perder o McDreamy era algo inacreditável, até mesmo para o nível de Shondaland. Derek podia não estar mais aparecendo tanto na série, mas fazia parte da grande motivação de muita gente para assistir o show. Meredith e Derek, ou MerDer, foram um exemplo de casal na TV que podia casar, ter filhos e, mesmo assim, não ficar chato de ver. Cada degrau que subiam juntos, cada história que criavam, cada olhar babão e apaixonado que ele dava para ela, cada momento dos dois, foi acompanhado por uma legião de fãs em todo o mundo. E todos esperavam que, depois de tanta tragédia, a Meredith pudesse ter um final com ele. Não precisava nem ser um final 100% feliz (Alzheimer e etc), mas todos esperavam que fosse com ele!

Junte a isso, o fato do outro casal forte da série (Calzona!) estar em uma crise constante há temporadas, se tornando até chato de ver (queremos elas super fofas de volta!!!) e de April e Jackson também estarem passando por situações difíceis (nem falo do quanto sofri com aquele bebê. Esse era um casal que não merecia mesmo).

Quando soube da morte, parei, peguei meus DVD’s das primeiras temporadas, revivi o frescor inicial de Grey’s e pensei: vale a pena continuar? Será que vou, cada vez mais, acompanhar a história da vida da Meredith se desfazendo? Vendo a personagem tendo que se reerguer inúmeras vezes, sofrendo (e eu sofrendo junto!) e, provavelmente, não tendo um final feliz? Estaria Grey’s Anatomy caindo em um buraco das séries que deviam ser canceladas, mas não são? Será que a hora já passou? O que vocês acham?

Bom, não sei o que as pessoas acham, mas a série já foi confirmada para a 12a temporada e já disseram que não vai ser a última. Afinal, a audiência é sempre muito boa! Pelo visto, ninguém quer fazer que nem eu e boicotar a Shondanás pra sempre, infelizmente…

 

#RIPDerek #PraSempreMcDreamy #PraSempreMerDer

Avatar

5 comments

Add yours
  1. Avatar
    lucas_santtos 28 junho, 2015 at 20:35 Responder

    Greyza sempre foi uma das minhas preferidas, mas a série se perdeu um pouco em algumas temporadas, principalmente da sétima pra frente, que pra mim foi onde as coisas realmente começaram a decair. Lembro que quando foi anunciado que Yang sairia no final da décima e tivemos aquela despedida maravilhosa da personagem eu mesmo fiquei afirmando que não voltaria a ver quando a seguinte estreasse. Eis que não resisti, meu vício foi mais forte e lá estava eu, assistindo a season premiere. Confesso que me surpreendi bastante, porque pra mim Shodanás conseguiu dar uma renovada nos ares e acabou que no final das contas a saída de Yang foi superada. A morte do Derek foi o maior baque, ninguém esperava e aconteceu no que pra mim foi o melhor episódio da temporada. Eu particularmente achei que foi um mal necessário, talvez Shonda pudesse apenas ter mandado o personagem de volta pra DC e não matá-lo, mas aceitei a tragédia e acredito que será bom para Meredith. Agora sobre a próxima temporada, sei que mais uma vez estarei aqui, firme e forte acompanhando, mas acho que eles precisam encerrar a história, não sei até que ponto Shondanás vai conseguir continuar renovando a história ou quantos personagens ainda pretende matar, mas um final digno, enquanto a série está num bom momento seria muito bem vindo.

  2. Avatar
    Ilo Rafael 28 junho, 2015 at 22:20 Responder

    Pois é… Na minha opinião, a última temporada realmente BOA foi a 8ª. E como foi boa. Depois dessa teve a 9ª, um pouco menos empolgante e mais diferente, mas ainda assim no nível Grey’s. A 10ª foi que realmente não teve nada que prestasse. A série até tinha conseguido se reerguer nessa 11ª, que tenho que confessar, foi surpreendente revigorada mesmo sem Cristina. Acredito que se comparou sim aos bons primeiros anos, mas uma hora cansa né. Eu ainda acho que Derek, e o ator tinha contrato pra 12ª, ficasse logo em DC. Porque voltar pra morrer eu achei desnecessário. Ele já tava sem aparecer mesmo. O que era que tinha deixar a temporada terminar com eles brigados e na 12ª ele voltava de DC e tentava se acertar? Dava tempo demais de Patrick Dempsey correr lá as fórmula 1 dele. Mas já que morreu, cá estamos nós. Eu não acho que a audiência dura mais umas 3 temporadas, como o canal deve querer. Eu particularmente sou aquela pessoa que assiste desde o começo, não vou abandonar nunca e vou ver até a 2479546ª se tiver.
    Mas a cada temporada que vai passando eu tenho mais certeza de como está na hora de acabar.

    PS: O presidente da ABC sobre a 12ª Temporada: “Essa não será nossa última temporada de Grey’s Anatomy. Nem a próxima depois dela. Ainda temos alguns anos pela frente.”
    PORRA

Post a new comment