American Crime – 1×06 – Episode Six

AMERICAN CRIME

Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana

 

O episódio de número seis de American Crime mostra o desdobramento e as consequências da overdose da Aubry. E ao contrário do que todos pensavam, a moça não morreu. Os roteiristas pregaram uma bela de uma pegadinha na gente, hein?

A situação de Carter se encontra mais complicada do que nunca. Agora seu caso fica praticamente indefensável, já que ele infligiu todas as regras que lhes foram impostas. Sua irmã faz de tudo para que ele consiga sair da cadeia de novo, mas o advogado diz que está tudo muito difícil. E para dificultar ainda mais a vida do rapaz, seu caso está sendo classificado como crime de ódio, por acharem que ele matou Matt por racismo. Barb finalmente conseguiu o que queria.

Continua após a publicidade

Outro ponto importante no episódio é a presença do detetive no hospital para colher informações com Gwen. Ele mostra umas fotos do Carter e a pergunta se ela se lembra dele e do dia do assassinato de Matt. É uma cena ótima, pois vemos Gwen ficar agoniada e começar a chorar perante o desconforto da situação. Mas para mim, ela se lembra de tudo e não deve querer revelar alguma informação que considere importante…

Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana

Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana

E por falar em ótima cena, presenciamos uma atuação fantástica de Caitlin Gerard, atriz que interpreta Aubry. Sua personagem se encontra internada no hospital se recuperando da overdose, e quando seu pai conversa com ela, a moça tem um típico episódio de abstinência. A atriz passa tanta realidade à cena, que é quase palpável o sofrimento pelo qual Aubry está passando.

Elogios não faltam à American Crime, e a quantidade de bons atores que ela vem nos entregando é sensacional. A direção também continua de parabéns por essas belíssimas cenas que dão um toque de especial na série. A única coisa que me incomoda é que por onde a gente olha nessa série, o assunto racismo e preconceito é debatido. Não há um núcleo que não seja sobre o assunto. Quer dizer, eu sei que a temática da série é essa – e ela vem fazendo isso muito bem, aliás – mas a partir do momento que todos os seus plots abordam o mesmo assunto, acaba ficando uma coisa forçada e perdendo um pouco da graça. Espero que isso possa ser revertido.

Izabella Viana

Izabella Viana

Enfermeira, viciada em séries, apaixonada por livros e que tem como melhor amiga a menina Netflix. Daquelas que trocam uma noite de balada pelo conforto de sua casa assistindo a um bom seriado. Do coração: Friends, Dexter, Breaking Bad e Grey's Anatomy.

No comments

Add yours