American Crime – 2×06 – Episode 6

Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana
Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana
Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana

 

Continua após publicidade

Num episódio totalmente pautado no preconceito, ficou evidente que American Crime é uma série real e incrivelmente atual. Assuntos que merecem ser abordados, que precisam estar em foco na mídia e em discussão pela sociedade são tratados na série, principalmente nessa fantástica segunda temporada.

Continua após a publicidade

No episódio de número 6, Eric encara as consequências de ter sua homossexualidade assumida. Sua escola resolve fazer um escarcéu para mostrar que apoia o menino. Leslie promove um evento de boas vindas a Eric. O técnico do time de basquete diz que eles precisam dar suporte a ele. Eric é obrigado a fazer um discurso sobre ser homossexual ao mesmo tempo que é capitão do time. Mas será mesmo que toda essa atenção deveria ser dada? Será mesmo que tratá-lo quase como uma pessoa especial é o correto? Porque, como vimos, a outra escola, ao saber de Taylor, apenas o aceitou sem fazer qualquer escândalo e sem constranger o menino… Acho que Leyland tem muito a aprender com a escola pública.

Continua após publicidade

Como se não bastasse toda a pressão que a escola exerce sobre Eric, vemos o quão preconceituosa sua própria mãe pode ser. Num discurso nojento, ela trata seu filho como se ele tivesse uma doença, justamente por ser gay, e ainda se questiona em que ponto da criação eles erraram. E para completar, ainda tem a audácia de perguntar ao seu ex marido se ele abusou do garoto alguma vez na vida. Porque parece que para alguém ser gay algum motivo muito sombrio deve haver por trás, não é mesmo?

Aqui, vemos o outro lado da família LaCroix. Revoltados com a proporção que o caso está tomando e pelas consequências que seu filho está sofrendo, eles resolvem partir para a ameaça. Michael LaCroix tem uma atitude bastante controversa. Ao mesmo tempo em que ele diz que coisas ruins continuam acontecendo com pessoas boas, ele exige que o policial “dê um susto” na família Blaine, para que Anne desista de tudo. É muito hipocrisia.

Continua após publicidade
Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana
Imagem: Arquivo Pessoal/Izabella Viana

Por fim, como se não bastasse tanto absurdo em um episódio só, Eric liga para Taylor falando que eles precisam conversar. Mas mal sabia ele que estava sendo atraído para uma emboscada. Ao chegar no local combinado, Taylor percebe que o time de basquete está ali para “dar uma lição” nele. Agora eles vão partir para a violência com a desculpa de estarem fazendo isso pelo time. É de cair o queixo no chão. A série está indo muito bem, e impressiona a cada dia que passa. E vocês, o que estão achando?