Após anos, Katherine Heigl ainda fala sobre sua saída de Grey’s Anatomy

Katherine Heigl

Imagem: TV Line

Continua após as recomendações

 

A última vez que o telespectador teve a oportunidade de assistir Katherine Heigl em Grey’s Anatomy foi no episódio exibido em 21 de janeiro de 2010 batizado de I Like You So Much Better When You’re Naked. Desde então, a atriz tem falado, comentado e reproduzido diversas vezes para a imprensa seus problemas nos bastidores da série médica, tal qual seu relacionamento com Shonda Rhimes.

Continua após a publicidade

Para quem não lembra, atriz retirou sua inscrição para ser considerada à uma indicação ao Emmy a quase nove anos, pois segundo a própria a atriz ela não se considerava merecedora o suficiente de ser nomeada visto que sua personagem tinha tido uma história morna na referente temporada de Grey’s Anatomy. “Numa tentativa de manter a integridade da organização da Academia, eu retirei meu nome da lista de contenção, disse em entrevista ao Los Angeles Times à época.

“Eu não me senti bem em relação a minha performance e uma parte de mim pensou, como eu venci no ano anterior, precisava retornar com algo mais dramático e um material muito mais emocional,” disse a atriz numa entrevista recente ao apresentador Howard Stern. “Eu voltei porque fiquei realmente constrangida,” disse a atriz se referindo ao momento em que sua relação com Shonda Rhimes entortou.

“Fui até ela [Shonda] e disse, ‘Me desculpe. Aquilo não foi legal, e eu não deveria ter dito.’ E eu realmente não deveria ter falado na publicamente. Porém no momento, eu não pensei que as pessoas iriam saber ou escutar…Silenciosamente eu não me inscrevi e aquilo, rapidamente, se tornou uma história e eu me senti obrigado a falar sobre isso e….’Cala boca, Katie.'”

Para a atriz, implorar por mais tempo na série não lhe trouxe os melhores sentimentos. “Sim, a gente se sente suja,” admitiu a atriz. “E em seguida você se sente egoísta porque não está sendo justa com todos de alguma forma. Só que todos têm que olhar para suas próprias carreiras…Há muitas pessoas na indústria. É um grande show. Isso, entretanto, foi o sentimento que me permitiu chegar tão longe…eu não sei como todos se mantém bons da cabeça.”

“Eu nunca fiz terapia até alguns anos atrás. Eu comecei a ir por causa de toda a reação porque não estava lidando bem. Eu estava me sentindo um grande pedaço de bosta na sola do sapato,” confessou a atriz ao apresentador. Eu realmente lutei muito a não tomar toda aquela reação para o lado pessoal e não sentir que era algo de errado comigo.”

“Foi um momento estranho. Eu lembro de fazer um filme independente e ter medo de falar qualquer coisa sobre qualquer assunto. Me lembro de usar sapatos bem pequenos, pois estava com receio de reclamar para o guarda roupa porque eles poderiam me achar difícil demais. E depois disso, percebi que estava realmente fora do comum, aquela situação estava fora de controle,” confessa.

“Ele [o terapeuta] foi recomendado a mim por um amigo e eu não sabia mais pra onde ir…foi conveniente, felizmente ele foi aquilo que eu precisava. Eu estive fora por apenas cinco vezes na minha vida…Para mim, meu desejo era a vontade de querer dormir a noite.”

Katherine Heigl terá a chance de se redimir com o público quando retornar à TV, protagonizando a série Doubt, no dia 15 de fevereiro.

Fonte: Us Weekly

Nenhum comentário

Adicione o seu