Arrow – 3×11 – Midnight City

ar311a0460bjpg-c41cda3
Emocionante. Essa é a palavra que define o décimo primeiro episódio da terceira temporada de Arrow! O episódio é uma continuação direta do episódio anterior, focando nas decisões de Felicity, que ilumina as escolhas de Laurel e a incentiva a continuar o legado deixado por Sara.

Continua após publicidade

Brick e sua gangue invadem a prefeitura sequestrando os vereadores. A prefeita é salva por Ray, Quentin e Laurel, que reagiram. Laurel decide mais uma vez vestir o traje de Canário Negro de sua irmã e ir salvar os vereadores sequestrados por Brick. Diggle é contra a decisão de Laurel e pede para Roy acompanha-la nessa jornada.

Continua após a publicidade

Arsenal e Canário Negro enfrentam Brick, mas a falta de experiência de combate de Laurel e a imprudência de Arsenal custam à vida de um vereador, deixando-os arrasados. Brick consegue fugir com os demais vereadores e Laurel desiste de ser Canário Negro, sendo consolada e persuadida por Felicity a voltar a vestir o manto.

Continua após publicidade

AR311B_0040b_595_STV-Main-White-TVFelicity retorna ao team Arrow e auxilia Diggle, Roy e Laurel no resgate dos vereadores, bem como auxilia Ray no desenvolvimento de seu traje de super-herói. O Team Arrow consegue resgatar os vereadores, mas não capturarem Brick, que conseguiu enfim amedrontar a prefeita e dominar o Glades, periferia de Starling, apesar de todos os esforços da equipe do Arqueiro Verde.

Enquanto isso, Oliver se cura com a ajuda do casal Katana e Maseo, e o local em que eles se encontram é invadidos por assassinos da Liga de Ra’s Al Ghul, que morrem nas mãos de Katana e Maseo. Maseo antes de partir, pede para Oliver retornar a Starling.

Continua após publicidade

O episódio foi repleto de ação e me emocionou em várias partes.

PRÓS

  • A cena de Laurel se passando por Sara no telefone com Quentin foi de cortar o coração. Katie Cassidy deu um show de atuação, e foi impossível não se comover com suas lágrimas. Sem duvida o melhor episódio da Laurel na série!
  • A falta de pratica de Laurel como Canário Negro foi muito inteligente. Deu um toque de realismo na série e no próprio arco da personagem.
  • Felicity Smoak liderando a equipe é sempre interessante de acompanhar. Felicity é a personagem feminina mais forte da série.

CONTRAS

  • A cena em que Laurel pula a janela e se agarra a uma escada de um helicóptero em movimento é extremamente inverossímil. Laurel até ontem era somente uma advogada, treinou meia dúzia de aulas de boxe na academia, nunca foi habituada nessa vida como Oliver e Sara, e já na sua primeira vez numa missão oficial já consegue tal feito? Essa cena foi de longe a pior do episódio.