Arrow – 3×15 – Nanda Parbat

Arrow 3x15

Foto: Banco de Séries

 

Venho por meio desta review expressar a minha vergonha ao assistir este episódio de Arrow. Que roteiro perdido é este, meu Deus? Sério, alguém quer me explicar? Porque ó… ficou feio, viu?

Os personagens estão completamente descaracterizados, e para falar a verdade nem eles mesmo sabem para onde estão indo. Talvez seja este o sentimento dos roteiristas ao se perguntarem para onde levarão a série a partir de agora.

Primeiro preciso comentar que, o que foi essa invasão do Oliver à fortaleza de Ra’s Al Ghul, Nanda Parbat? Por favor gente, Oliver JAMAIS chegaria ali. Jamais. Você pode virar pra mim e dizer, “ah, mas era uma armadilha, o Ra’s queria que ele chegasse ali“. Não, gente, não tem cabimento. Ra’s não chegaria a este ponto, de deixar uma brecha tão livre assim, e mesmo que fosse essa a intenção, Ra’s tem somente DEZ homens vigiando sua fortaleza? Que furo, viu?

Tão furada quanto este sentimento cego de Oliver de ir até a toca do leão, onde ele quase morreu da última vez, pra resgatar MALCOLM MERLYN, somente por conta de “tirar sentimento de culpa da Thea”, ah, qual é? Sério? Não tinha uma desculpa melhor? E depois ele vem querer dar lição de moral para Laurel, falando que ela deixa a emoção influenciar maior do que a razão.

E a Thea é outra que está insuportavelmente chata. Em 40 minutos conseguiu fazer fofoca de que ela matou a Sara para o ELENCO INTEIRO. E ela esperou o irmão dela ir para Nanda Parbat, só para depois ir contar para Nyssa que foi ela que matou? Gente, gente… quantos furos.

Até os flashs desta vez tiveram furos. Olie voltou pra Hong Kong, para ser “liberto” lá? Ahm? Ele estava em Starling City, e “voltou para voltar”? É isso? Não. Alguém tinha que ir lá e “impedir”. Não ficou claro quem planejou aquele ataque, mas tudo está virando coincidência demais para o roteiro ficar “plausível”, e vamos concordar, está longe disso.

A única coisa sã no meio dessa confusão toda é a Laurel, que está presa as suas ideias do começo. Ela se ateve a vingança contra Malcolm, e achou suicídio essa ida de Oliver atrás do vilão. E apesar de ter o mesmo pensamento que a Canário Negro, Felicity está também um saco nesse chove não molha sobre o Ray.

Porém, o mais decepcionante ficou para o final: Ra’s quer que o Oliver seja seu sucessor? Oi? O homem que ele “matou” há alguns episódios? E que está treinando para tentar matá-lo? AHM? Ehr, por favor, deem férias para quem está escrevendo Arrow no momento, porque dessa maneira vai ficar difícil.

Ps: Tivemos o Poço de Lázaro no começo do episódio, mostrando que sim, ele existe. Pelo menos isso.

Ps 2: Eléktron is the new Homem de Ferro? All Right

Tags ArrowCW

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.