Arrow – 3×19 – Broken Arrow

Arrow 3x19

Imagem: Banco de Séries

 

Que que foi esse episódio de Arrow em minha gente? Deu o que falar… Gostei!

Pois bem, voltamos de uma curta pausa para os episódios finais e começamos exatamente do ponto onde paramos: Roy se entregando para a puliça como se ele fosse o Arqueiro. Plano meio fuen né? Afinal, o Capital Lance sabe que o Olie é o homem por trás do capuz. Entretanto, sem uma declaração formal e com Roy se auto declarando, nada podia ser feito com Queen.

Continua após a publicidade

Essa história me incomoda? Sim. Por mais que o Lance tivesse motivos – a morte da Sara (?), e tudo mais, gente, ele está perseguindo o Arqueiro. Aquele que ele virou amiguinho, e sabia que ele defendia os fracos e oprimidos. Oliver ajudou a polícia inúmeras vezes, e ver o Capital Lance cego em seu ódio a ponto de esquecer isso tudo é meio confuso. Mas…

Enquanto Oliver ficava de molho de Starling, uma vez que a “Flecha Caverna” e todo o seu equipamento foi confiscado, coube a Ray ser o herói do dia – um meta-humano de Central City foi parar em Starling e causou o maior problema. Eléktron entrou em ação, em ótimas cenas, diga-se de passagem. Gostei da interação de Ray, e ele tem tudo para conduzir bem o próximo spinoff de Arrow, principalmente após Cisco descobrir que na verdade, o meta-humano não veio de Central City. Portanto, o acelerador de partículas atingiu pessoas fora do perímetro em que eles calculavam.

Felicity esteve ótima neste episódio. Parece que deixá-la ao lado de Ray a transformou novamente na nerd que todos nós amamos. E sim, talvez os roteiristas tenham percebido que não é uma boa ideia deixá-la próxima a Olie. Tanto que o momento Olicity deste episódio foi chatíssimo.

Pois bem, vamos aos momentos WHAT A FUCK da semana. Primeiro: Roy está saindo da série. Sim meus amigos, como foi noticiado aqui no Mix de Séries, Colton Haynes deixou o elenco da série e não voltará. O nosso Arsenal precisou fingir a própria morte para que escapasse da prisão, e então pudesse viver em paz longe de Starling City. Agora te pergunto, porque os roteiristas investiram tanto no personagem então? Pra dar nisso? Achei meio perdido da parte deles.

E o segundo momento: Thea lutando contra Ra’s Al Ghul que apareceu no apê dela para… MATÁ-LA. Ai meu Deus, essa história se complica cada vez mais. Obviamente Ra’s usou esse fato de matar a irmã de Oliver para barganhar a transformação do herói em Ra’s Al Ghul. Pois bem, chegou a hora de finalmente usarem o poço de Lázaro? Irão ressuscitar a guria? Provavelmente sim né?

Não sei o que pensar… Só sentir.

 

PS: Mais alguém está se importando por esses flashes “who” do Ollie em Hong Kong?

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_Tbcb_sSAVA[/youtube]

Tags Arrow
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

3 comments

Add yours
  1. Caroline Marques
    Caroline Marques 18 abril, 2015 at 01:30 Responder

    Só senti uma coisa: Ela vai voltar, e vai voltar possuída com o demônio! Thea pelo jeito vai ser uma ninja do time! Já havia lido referências a ela se tornar Mia – Speedy … Vejamos

  2. Avatar
    lucas_santtos 18 abril, 2015 at 12:49 Responder

    Rapaz, que episódio mais foda!
    Deu pra ficar revoltado com a saída do Roy, assim como você não entendo o porque investir tanto num personagem e tirá-lo da série dessa forma, mas a sequencia de cenas desse episódio foi realmente ótima. Sofri junto.

    Será que não existe a possibilidade de Ra’s Al Ghu ter matado a Thea e ela nunca mais voltar? Sonho de consumo uma coisa dessas!

  3. Avatar
    Bruno Henrique 22 abril, 2015 at 11:00 Responder

    Na hora que o Ra’s sentou a pexêra na Thea eu falei, ETACARAY, PARTIU, NANDA PARBAT RESSUCITAR A IRMBÃ.

    #SddsRoy

Post a new comment