Arrow – 3×20 – The Fallen

Arrow 3x20

Imagem: Banco de Séries

 

Agora o negócio ficou complicado. Pois bem, desde que assumi o posto de reviewer para Arrow aqui no Mix de Séries, meu humor em relação a série andava variando. Eu gostava de um episódio, detestava outro. Criticava os roteiristas por certas coisas, ao mesmo tempo elogiava-os por outras. Alguns episódios depois e estamos aqui, faltando três  para o fim da temporada. O plot central ainda é a Liga dos Assassinos e a transformação de Oliver no herdeiro do Demônio. Isso sim, foi algo que me incomodou desde o começo. Ainda incomoda. Mas este episódio conseguiu transformar este plot ruim em algo que pode até render boas histórias… E eu digo o porquê.

Arrow se perdeu no seu formato original. Prova disso é que, por exemplo, os flashs nem são mais tão importantes assim pra série. E Oliver não está mais nos seus “cinco anos presos na ilha”. Eu gostava mais destes flashs do que tudo, e isso se perdeu. Quando Ollie retornou dos mortos para Starling, os roteiristas estavam bem perdidos. Jogaram com personagens aqui e ali, mexeram em todos eles, testaram, e inclusive mandaram embora – até agora estou tentando entender o porque de mandarem o Roy embora no episódio passado.

Continua após a publicidade

Reinventar-se era preciso. E talvez um plot que aparentemente fosse ruim, poderia se tornar algo bom. E é o que eu estou torcendo extremamente para que aconteça com essa transformação do Oliver em Ra’s Al Ghul. Desta vez, o Arqueiro Verde não tinha como recusar a oferta: Thea estava morta, e somente o Poço de Lázaro na fortaleza da Liga dos Assassinos poderia trazê-la de volta à vida; Em troca, Ollie deveria se tornar o novo Ra’s.

A ida até Nanda Parbat foi fácil. Felicity moveu os pauzinhos e conseguiu o jatinho (e um pé na bunda) de Ray. Chegar lá era o de menos. O negócio é que, uma vez ressuscitada, Thea não voltaria como antes. O Poço muda as pessoas, e Malcolm foi contra desde o início. Mas não teve jeito. O poço foi usado. As consequências para Thea neste momento podem ser desastrosas. Quero muito que chegue ao ponto de Oliver se arrepender de ressuscitar sua irmã. Olha o quão legal seria?

Os Olicitys comemoraram, pois o casal teve um pega quente lá no meio disso tudo. Acabou sendo uma espécie de despedida. Isso porque, o Arqueiro agora se transformou. Novo uniforme, novo conceito. Para que será que o Al Sah-him – Herdeiro do Demônio servirá nos planos de Ra’s? Terá sido o fim do Arqueiro Verde que conhecemos?

Pois bem, essas perguntas deverão ser respondidas em meio ao retorno de Thea que está mais perdida que cego em tiroteio, e o desfalque do Team Arrow em Starling City. Como disse no início desta review, agora o negócio ficou complicado. Mas conseguem enxergar no que isso pode dar certo? A intenção de Ra’s tem de ter algum fundamento. E fazer Oliver voltar-se ao que ele mais ama poderá ser uma das intenções do vilão. E se isso tudo não passar de uma farsa, e se houver um plano maior do que simplesmente uma substituição? Vamos aguardar…

Ps1: Concordem comigo, os flashs estão ou não estão soltos, a deriva sem qualquer conexão com nada? O que me mantem preso nele agora, é descobrir como o Akio morreu (tadinho), e como ele voltará para a “ilha infernal”.

Ps2: Eu gostei do Maseo neste episódio. Ajudou o Diggle, Felicity e Malcolm a escaparem com Thea, e relembrou o homem que Oliver conheceu há alguns anos atrás.

Ps3: Por que não levaram a Canário junto para Nanda Parbat? Laurel ficou lá moscando. Alguém explica?

Ps4: Quantos episódios durará este adeus de Ollie e seus amigos? um? dois? Abram suas apostas…

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Z3dwRuh5CuA[/youtube]

Tags Arrow
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

3 comments

Add yours
  1. Caroline Marques
    Caroline Marques 24 abril, 2015 at 19:39 Responder

    Não acho os flashs desconexos sabe, mas to percebendo que eles estão enrolando pra que eles não acabem. Esse treco de vírus na China, ele foi aos EUA e voltou la, ta meio complicado de aceitar!
    Thea saindo do poço ficou meio O Chamado 😛

  2. Avatar
    Deem 24 abril, 2015 at 23:25 Responder

    Adorei o Ep e concordo que no momento os flasbacks estão meio chatos, não diria perdidos, pois eles estão explicando o que o oliver passou até voltar aquela cena que vimos no Pilot, onde ele volta pra ilha. Ainda teremos ele no bratva, enfim…
    Ainda tem muita coisa pra rolar antes de o Oliver conseguir conciliar seus 2 lados, mais eles já disseram q o que está rolando é definitivo pra ele virar o Green Arrow na S4.

    PS: Você pode não saber, mais a saída do Roy harper da história foi por escolha do ator. Ele tinha outros projetos em vista.

  3. Daniele
    Daniele 17 maio, 2015 at 20:46 Responder

    Eu odiei esse episódio. Desde o retorno do hiatus, Arrow voltou BEEEEEM ruim. Eu não consigo imaginar o Ollie como herdeiro do demônio. Como assisti o episódio quando a SF foi ao ar, já soube q o SF foi ruim e foi bastante criticado, mas não sei o motivo heheheh (ainda bem :p)

    Felicity tá mimizenta. Cadê seu humor que ela tinha? Isso se perdeu e esse plot do Ra’s tá tenso de engolir.

    Pensando seriamente em abandonar arrow na S4

Post a new comment