Arrow – 4×02 – The Candidate

344604
Imagem: Banco de Séries/Divulgação

 

Continua após publicidade

Depois de um final misterioso e surpreendente do primeiro episódio, poderíamos esperar por um segundo um pouco mais calmo e explicativo. Sim, tivemos um episódio onde o foco foi direcionado aos dilemas pessoais de cada personagem. Claro que a ação não ficou de fora, mas tivemos um pouco mais de diálogo e momentos conflitantes na vida de cada herói.

Continua após a publicidade

No início, já vemos o time trabalhando em conjunto para salvar a cidade dos ghosts que estão por todo lado. Eu acho muito incrível a dinamização das cenas de luta em grupo. Eles conseguem trabalhar muito bem a posição de cada um na luta assim como o modo com que eles se interagem. Um ponto cômico destas cenas foi a ansiedade de Felicity por codinomes para ela e Diggle, uma vez que ficar gritando seus nomes aos quatro cantos não parece uma boa escolha.

Continua após publicidade

Felicity é a nova CEO da Palmer Tech, e passa dificuldades quando se vê na posição de líder, tendo que tomar atitudes para demitir funcionários e reduzir os custos. Neste meio tempo somos apresentados a Curtis Holt, um funcionário que será uma pessoa de grande ajuda tanto na empresa quando na vida secreta de Felicity. Não somente nossa querida nerd loira está passando por problemas. Thea depois que retornou de Nanda Parbat, possui uma sede violenta por justiça e sangue, não sabendo medir seu limite durante a luta. Isso preocupa Oliver, que passa o episódio tentando entender a irmã e ainda protagoniza uma cena épica de luta com ela dentro do novo QG.

Star City não está nos seus melhores momentos, mas ainda assim temos aqueles que anseiam por justiça. Jessica Danforth, uma amiga de Moira, chega a cidade para lançar sua candidatura e no momento do anuncio oficial já temos um tiroteio e uma tentativa de sequestro. Oliver e Thea conseguem acalmar a situação, mas as coisas não ficam nada tranquilas quando a filha de Jessica é sequestrada por Lonnie Machin, que queria mostrar seu valor para Damien Darhk, após ser esnobado pelo vilão. Eles conseguem libertar a garota e impedir o vilão de matá-la. A mãe percebendo o perigo que sua família pode correr, decide retirar sua candidatura.

Continua após publicidade

Nos flashbacks de Lian Yu, vemos Oliver ainda trabalhando para ARGUS e tomando uma posição importante em um esquema ilegal de trabalho escravo. Enquanto isso, no tempo presente, nosso herói decide que precisa ajudar a cidade não apenas como o Arqueiro Verde, mas também como Oliver Queen, decidindo lançar sua candidatura a prefeito da cidade. No fim do episódio, uma notícia que já era esperada pelos grandes fãs das séries da DC, Sara Lance estará de volta como Canário Branco, uma vez que Thea e Laurel irão levar seu corpo ao poço de Lázaro para ressuscitar a garota.

O episódio ao meu ver foi bom, mas pelo conhecimento da volta de Sara para a série, pessoalmente fiquei sentindo um gosto de quero mais no fim do episódio. Apesar disso acredito que a temporada retornou com uma história bacana e os dilemas pessoais são interessantes para que o seriado não fique voltado apenas no protagonista. Mas ainda assim gostaria de ver um pouco mais das cenas épicas de luta com interação de todos os heróis do time.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!