Arrow – 4×10 – Blood Debts

Sem título

Imagem: Lucas Franco/Arquivo Pessoal

 

Finalmente Arrow retorna para nossos corações em um episódio completo por altos e baixos. Depois de ficarmos no chão junto com Felicity no nono episódio, descobrimos que a garota não está morta, não sei se comemoro, ou fico triste e nem será a grande morte da temporada. Na verdade, a garota ficou bem em segundo plano neste episódio, até mesmo para Oliver, que focou toda sua raiva na busca por Damien Darhk. Mesmo com diversas especulações já desmentidas sobre Felicity ser a nova Oráculo, a garota parece que estará paraplégica por um bom tempo… Mas nada que uma nanotecnologia da PALMER TECHS não resolva seu problema.

Diggle finalmente parou de bancar o policial bom e caiu em cima de seu irmão na porrada. Andy é um personagem bem aquém ao que eu esperava, e esse plot dele preso nessa jaula não tá legal. Poderiam muito bem colocar ele como um braço direito forte de Damien que faria mais sucesso. Mas parece que a porrada surtiu efeito e conseguimos algumas informações sobre nosso querido Demonio Branco.

Continua após a publicidade

Lembram do Machin?? Aquele que Thea botou fogo em alguns episódios atrás e que defendia a anarquia com uns grafites loucos?? Ele está de volta querendo vingança de Damien e Oliver parece se interessar pelo desejo do rapaz.

Depois de passarem boa parte do episódio capturando Machin, Oliver surta e resolve liberar o rapaz em seu caminho para a prisão para que ele possa matar Damien. Boa ideia ou não, no fim das contas boa parte do plano deu certo e fomos agraciados com deliciosas cenas de luta entre Arrow e Damien.

Não posso esquecer de mencionar Lian Yu que já tá me dando sono há séculos. Já passou da hora de acabar com essa fase da série porque tá um sono sem fim. Eles estão tentando continuar com a fase de misticismo apresentada no episódio de Constantine, mas a enrolação é tanta que está ficando massante e irritante.

No fim das contas, Machin conseguiu escapar e ainda pode causar problemas futuros. Quanto a Damien, parece que não é o único insano da família. Sua esposa parece não ter os parafusos no lugar e está ao seu lado nesse misterioso projeto Genesis/campo de milho. Oliver provou a Felicity que quando ele realmente estará ao seu lado na saúde e na doença, continuando com a proposta de casamento. Para os que acreditavam que Felicity seria a grande morte da temporada se enganaram. A garota está viva como nunca e com olhos de sangue atrás do grande responsável pela suposta morte.

Tags Arrow
Lucas Franco

Lucas Franco

Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.

3 comments

Add yours
  1. Caroline Marques
    Caroline Marques 22 janeiro, 2016 at 20:20 Responder

    IEIIII Arrow voltooou o// Estou super curiosa com a pessoa nessa cova, to achando que é a mãe dela! Ótima review Luquinhas!

  2. Avatar
    Diogo Azis 23 janeiro, 2016 at 12:14 Responder

    Aeeww finalmente a espera acabou e para felicidade geral FELICITY IS ALIVE!! O que era meio óbvio. Só acho que podem acabar também com os flashbacks da ilha? Já ta chato! Sobre a pessoa na cova continuo apostando no Lance, mas agora pode ser a mãe da Felicity também. Boa review Luke =D

  3. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 24 janeiro, 2016 at 11:53 Responder

    Felicity Smoak is alive! Eu pensei que o episódio seria focado totalmente nela, e não foi, ainda bem. Agora fiquei de cara com aquela mulher do diabo galego, ela é tão peste quanto ele, e acho que ela vai dar muita dor de cabeça ainda. Sobre a morte, desde o começo aposto minhas fichas em Lance, mas já to começando achar que possa não ser ele e sim Diggle, só sei que estou ficando agoniado com esses flashs forwards, e adorei Felicity badass nele. Excelente review, como sempre Luke!

Post a new comment