Arrow – 5×07 – Vigilante

Imagem: IMDb

Imagem: IMDb

 

O sétimo episódio da nova temporada de Arrow continua trazendo consistência ao novo fôlego que a série ganhou esse ano. Como estamos nos aproximando da midseason finale e a qualidade continua episódio a episódio, já temos a certeza que essa temporada superou os dois sofridos anos anteriores.

Chegamos ao ponto em que os flashbacks passam a ser tão interessantes quanto à trama do episódio no presente. Algo que não acontecia desde a primeira temporada da série, talvez segunda. O confronto de Oliver e Kovar era o que mais queríamos ver e chegou antes do esperado. Ver Dolph Lundgren num embate com Stephen Amell foi de encher a tela. Acredito que se fosse outro ator no lugar de Dolph, a cena não teria o peso que teve. Mais uma prova da boa qualidade que a produção tem buscado reconquistar para fechar o ciclo de cinco anos da melhor forma possível.

Continua após a publicidade

Arrow 5x07 2

Imagem: IMDb

O episódio introduziu um novo vigilante à cidade de Star City. Todos já sabemos sua identidade, graças à sua adaptação dos quadrinhos. Mas, para quem ainda não sabe, o episódio deixou uma pista de quem ele é. Basta ficar atento.

A primeira cena em que vemos o Vigilante em ação contra o team Arrow foi muito bem coordenada. Assim como o embate entre os dois ao final do episódio. Como foi dito por Wild Dog, Vigilante se parece muito com o Oliver de antigamente. Seus alvos e modo de atacar são muito parecidos com o Oliver Queen do começo da série. Quando Vigilante diz que entrou em ação para fazer o trabalho que eles não estão fazendo, já que a cidade continua uma bagunça, faz Oliver começar a questionar seu modo de agir. E isso tem sido o fantasma que o persegue nessa temporada.

O discurso de Oliver presente na introdução da série ilustra bem o momento que ele se encontra nessa temporada. Lá Oliver deixa claro que agora ele é outra pessoa, ele é o Arqueiro Verde. Não mais o Capuz ou apenas o Arqueiro, quando agia apenas como um vigilante em busca de vingança sem se importar que outras pessoas saíssem machucadas. E é esse seu passado que constantemente tenta atingi-lo. As pessoas vivem lembrando ou jogando em sua cara como ele costumava ser. Só que agora como principal protetor e líder da cidade, suas ações mudaram, sua forma de pensar mudou e suas experiências passadas o norteiam a se manter firme em suas convicções e agir como um verdadeiro herói. E é essa a grande diferença entre o Arqueiro Verde e o Vigilante.

Depois dos ataques no episódio anterior, Prometheus deu uma pausa essa semana. Mas suas maquinações por trás continuam e, como visto, ele está mais próximo do que parece, já que Ártemis anda agindo como sua informante. Sua traição foi um pouco frustrante para a construção da personagem, apesar que suas ações no episódio anterior já apontavam que algo do tipo poderia acontecer. Ou ela traiu mesmo o team Arrow, ou ela anda agindo como agente dupla, enganando Prometheus.

Outro que Prometheus tem atingido é Quentin Lance. O vilão tem se aproveitado do problema com bebida de Lance, trabalhando seu psicológico para que este passe realmente a acreditar que seja a pessoa por trás da máscara, despistando assim todos de tentarem descobrir sua misteriosa identidade. Como sua origem aqui é bem diferente da dos quadrinhos (a única relação com o Arqueiro Verde é que o vilão é morto por ele nos quadrinhos), os roteiristas podem nos enganar até o último minuto. Teorias apontam que Tommy Merlyn possa ser o alter ego de Prometheus, provavelmente ressuscitado no Poço de Lázaro por seu pai, Malcolm Merlyn. Caso seja, será um ótimo plot twist.

O próximo episódio será o especial de número 100 e pensava que a cena final do episódio poderia de alguma forma fazer uma ligação ou dar alguma pista do que está por vir. O fato de o episódio 100 também ser o episódio crossover das séries da DC possa ser o motivo dessa falta de ligação. Sendo assim, acredito que Prometheus possa estar planejando um grande ataque para o episódio seguinte, o midseason finale.

No geral, Vigilante foi um episódio mediado. Simplesmente por ter demorado para engatilhar. A história só foi pegar na cena em que o Vigilante aparece pela primeira vez, e quando isso aconteceu já tinham se passado 18 minutos de episódio. Quase metade. Além disso, alguns pontos ainda podem ser melhorados. Curtis continua incomodando muito e precisa de uma solução urgente. Tem momentos em que as ações dos novos recrutas acabam soando muito amadoras.

Apesar dos pontos de melhoria, o novo fôlego que a série ganhou nessa quinta temporada continua em ascensão. E os dois próximos episódios poderão ajudar a recuperar as pequenas recaídas.

PS: Na próxima semana não teremos episódio devido ao feriado de Thanksgiving nos EUA.

EASTER EGGS:

– Esse foi o episódio de número 99.

– Vigilante, o herói que intitula o episódio, surgiu nos quadrinhos nos anos 40. Mas o personagem cujo alter ego é Adrian Chase foi o segundo Vigilante. Nos quadrinhos, Adrian era um promotor público que resolveu fazer justiça com as próprias mãos e adotou um uniforme negro com visor vermelho. Depois de perceber que havia se distanciado de seu juramento, Chase acaba cometendo suicídio.

– Nesse episódio, vemos pela primeira vez John Diggle Jr. como bebê, já que o personagem já apareceu no episódio “Star City 2046” da primeira temporada de Legends of Tomorrow. No futuro visitado pelo grupo, o personagem assumiu o uniforme de Arqueiro.

– Durante o episódio, Rocky IV é mencionado. Filme que Dolph Lundgren, o Konstantin Kovar, fez parte do elenco.

– Felicity cita a série Making a Murderer quando brinca que a prisão de Eric Dunn poderia ser a base da história da segunda temporada da série.

– 52 Spot It: O Canal 52 apareceu novamente neste episódio, fazendo uma referência aos Novos 52 da DC.

– Flechas Especiais: nesse episódio vimos uma flecha que atirou uma rede à prova de balas!

Tags Arrow
Avatar

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.

No comments

Add yours