Arrow – 5×22 – Missing

Imagem: The CW/Divulgação

Continua após as recomendações

Toda vez que paro para pensar em como Arrow tem tido um ano incrível, me surpreendo. O trauma dos anos anteriores foi tanto que não imaginávamos ver a série se recuperar como fez nesse ano e num nível muito alto. Os roteiristas deixaram de tentar tornar o Arqueiro numa cópia fajuta de Batman (e de sugar histórias e personagens das histórias do Homem Morcego) e transformá-lo no Arqueiro Verde bruto e denso que fomos apresentados no começo da série. Graças a isso, Arrow não só encontrou seu melhor vilão desde Slade Wilson como entregou a melhor temporada desde então.

Continua após a publicidade

Por estar indo realmente bem, o medo da trama ir para o fundo do poço de novo era muito. Mas não foi o que aconteceu. E apesar de ainda termos mais um episódio, já podemos dizer que sim, a quinta temporada de Arrow foi incrível! Mas vamos deixar para fazer um balanço geral na semana que vem e conversarmos sobre o penúltimo episódio desse ano, “Missing“.

Como era de se esperar, Chase não iria se entregar tão facilmente e, mais um vez, mostrou que está sempre um passo à frente de Oliver. Com a ajuda de Talia al Ghul e Evelyn Sharp, a Ártemis, ele recrutou a Sirene Negra, ou a versão de Laurel Lance da Terra 2, para seu time e sequestrou TODOS os membros do team Arrow, levando-os para o lugar mais icônico da série e onde tudo começou: a ilha Lian Yu. O plano do vilão foi sempre destruir Oliver de dentro para fora, não importa o que precisasse fazer para conseguir, e depois de desestabiliza-lo psicologicamente semanas atrás, chegou a vez de tirar dele todos os seus amigos.

Para destruir ainda mais a reputação do herói, o plano de Chase era fazer o próprio Arqueiro libertá-lo da cadeia. E sua tacada final foi mostrar que seu filho William também foi levado por ele. Temos então uma das melhores cenas do episódio quando Oliver implora por seu filho e Chase diz “Bom, você envolveu minha mulher, ela era inocente também”. Josh Segarra merece todo o reconhecimento pelo excelente trabalho que tem feito na série, pois sabemos que um personagem não depende apenas de um bom roteiro. O mais impressionante é saber que o ator não sabia o rumo que seu personagem tomaria ao longo da temporada, o que demonstra ainda mais o talento do ator.

Com todos seus amigos e família capturados, abre-se então o terreno para o maior confronto que a série já teve e que veremos na season finale semana que vem. Só que pra isso, Oliver precisa buscar novos (e inesperados) aliados para poder enfrentar toda a equipe de Prometheus. É então que surge Malcolm Merlyn com a proposta de se aliar a ele com intenção de resgatar sua filha Thea (depois de tudo o que fez em Legends of Tomorrow? Really? ), e Nyssa al Ghul, que esperávamos ver de volta a série desde que Talia deu as caras. Nyssa não só voltou para ajudar seu “marido” (ela ainda o chama assim, acredite se quiser), mas para o grande embate entre irmãs e facções da Liga dos Assassinos.

Um ponto importante é notar como a Liga dos Assassinos de Talia é muito melhor e mais interessante que a do seu pai, mostrada na terceira temporada. O nível de ameaça e mistério transmitido por eles é bem maior. E para fechar esse grupo, aproveitando a viagem até Lian Yu, por que não pedir ajuda ao seu maior antagonista: Slade Wilson, o Exterminador? Seu retorno era mais do que esperado, e trazer todos esses personagens de volta nos dá aquele sensação de nostalgia que essa temporada tem nos dado desde seu começo. E ter todos esses personagens de volta reunidos para o grande confronto torna todo o momento ainda mais grandioso.

Por falar em nostalgia, além de Malcolm Merlyn, Nyssa al Ghul, Slade Wilson e Laurel Lance (e seu encontro com o papai Quentin Lance), tivemos ainda a participação de Yao Fei, mesmo que através de uma alucinação, durante os flashbacks. Para completar todas essas aparições e fazer mais uma homenagem aos cinco anos de série, Kovar usa uma droga em Oliver que o faz reviver todas as dores que sentiu quando ganhou suas cicatrizes, dessa forma pudermos rever várias cenas icônicas da série.

Estamos a um episódio de fecharmos esse grande ciclo que acompanhamos ao longo de cinco temporadas, então nada melhor que relembrarmos todos esses personagens e momentos marcantes da série, e encerrarmos onde tudo começou.

Arrow está pronto pra retomar o posto de melhor temporada do ano no Arrowverso e deixou tudo preparado para o embate do ano e a season finale mais incrível desse universo até aqui: o grande confronto em Lian Yu. Poderemos ver duas Canários se enfrentando, o embate entre as irmãs al Ghul, Thea talvez de volta à ação, e ainda por cima Arqueiro Verde, Prometheus, Exterminador e Merlyn em um grande confronto de gigantes. Será ou não um final épico?

EASTER EGGS:

– Como tradição na série, este foi o quinto penúltimo episódio de uma temporada que ganha o título do episódio de uma música de Bruce Springsteen. A música “Missing” estreou originalmente na trilha sonora do filme Acerto Final (1995).

– Este episódio marca a primeira aparição de Byron Mann como Yao Fei em 4 anos. Sua última aparição foi no episódio “Darkness on the Egde of Town“, o penúltimo da primeira temporada.

– Este episódio também marca o retorno de Manu Bennett como Slade Wilson. Sua última aparição foi no episódio “The Return” da terceira temporada.

– Felicity comprou o bolo de aniversário de Oliver na Lord Messa Bakery. Lord Messa é a artista que frequentemente cria as artes para as séries do Arrowverso. Sua arte aparece no bolo, juntamente com o número 6 que significa o número de membros no team Arrow e também que a série irá retornar para a sexta temporada.

– Nyssa al Ghul conta a Oliver que quando era criança seu pai a levou a ilha Lian Yu e que foi onde conheceu Sara Lance. Quando a Sara esteve na Liga dos Assassinos nos anos 60, como visto no episódio “Left Behind” da primeira temporada de Legends of Tomorrow, ela pede a Ra’s al Ghul se certificar de que Nyssa estaria próxima de Lian Yu para que as duas pudessem se conhecer, mantendo assim sua linha do tempo intacta.

– Este episódio marca a primeira aparição de Malcolm Merlyn na presente história da quinta temporada. Ele tinha apenas aparecido em flashbacks no episódio “Kapiushon” e em sonhos em “Invadion!”. Depois do episódio “Schism“, season finale da quarta temporada, ele se uniu a Legião do Mal na segunda temporada de Legends of Tomorrow. Sendo assim, essa sua aparição em Arrow se passa um ano depois da Legião do Mal ter sido derrotada.

Nenhum comentário

Adicione o seu

Tags Arrow