Arrow – 6×03 – Next of Kin

Imagem: The CW/Divulgação

“Seu nome é John Diggle e ele é o Arqueiro Verde!”

Como revelado pelos produtores em entrevistas ao longo do hiatos, a sexta temporada de Arrow tem construído sua trama passo a passo e sem muita pressa. Estamos no terceiro episódio e muitas perguntas ainda ficam no ar: qual o objetivo e os planos dos roteiristas ao trocar Oliver por Diggle como o herói título da série? O que aconteceu com o restante dos personagens que estavam em Lian Yu durante a explosão? Quem é o verdadeiro inimigo deste ano?

Talvez por ainda não termos a resposta desta última pergunta justifique essa troca de Oliver para Diggle como Arqueiro Verde. E o que vimos neste primeiro episódio dele como o líder foi satisfatório, isso quando as falhas de roteiro não estragam nossa credibilidade na história e nossa experiência como espectadores. Diggle usando o uniforme e as cenas de ação em grupo foram boas, com ressalva para a ótima cena de luta que começa fora do carro e termina dentro pelo ponto de vista de Reynolds. Sua relutância em se tornar o líder do grupo também mostrou que ele ainda tem o que trabalhar e crescer, e são essas fragilidades e desenvolvimentos que nos fazem comprar a ideia dos roteiristas. Nessa semana tivemos até uma “redenção” para a ideia egoísta de Oliver de deixar Diggle à frente da equipe (vide review anterior) ao colocá-los frente a frente novamente para discutirem suas decisões precoces.

O problema surge quando algumas reviravoltas e soluções são criadas de forma muito amadora e até mesmo ridículas, como a fuga de Onyx após explodir o caminhão e ao final quando a Canário Negro e o Sr. Incrível conseguem conter o gás após Diggle lhes dizer o que fazer, sendo que eles poderiam muito bem o ter feito sem ele falar o que era óbvio. Esses pequenos problemas tinham sido reduzido quase a zero na temporada passada e eles precisam se atentar antes que deixem essas falhas tomarem a qualidade da série novamente. Ao menos ao final do episódio os principais receios de Diggle parecem ter sido superados e poderemos ter um próximo episódio ainda melhor em termos de trabalho em equipe. Melhor ainda agora que Felicity e Curtis adaptaram a principal arma do Arqueiro, o arco e flecha, para o novo herói, uma besta, ou o “Monstro Verde”. Só que até quando conseguirá esconder seu segredo sobre sua repentina melhora fisiológica com uso de drogas?

Imagem: The CW/Divulgação

Agora que Oliver está se dedicando mais ao seu trabalho como prefeito e também ao seu papel como pai, ele vê a oportunidade perfeita para reatar seu relacionamento com Felicity. Com isso tudo ele praticamente se rebaixou a um personagem secundário dentro de sua própria série, afinal de contas essa se trata de uma série de super-heróis. Acredito que isso não irá se prolongar por muito tempo – o fato dele não ser mais o Arqueiro Verde – então aguardemos. Os roteiristas só precisam trabalhar isso com certo cuidado para não deixar que os problemas lá da quarta temporada voltem a dar as caras nesse ano. Por isso acredito que a falta de respostas para as perguntas do inicio desse texto possam ser um fator preocupante para este cenário traumático dos fãs.

Por enquanto, essa sexta temporada se mantém uma incógnita, em todos os seus sentidos. Só esperamos que os roteiristas não percam a mão e nos tragam um segundo ano consecutivo em termos de qualidade.

CURIOSIDADES:

– Agora que Diggle é o Arqueiro Verde, o monólogo de abertura do episódio foi alterado.

– Nos quadrinhos, Onyx Adams, mais chamada de Onyx, é ex-membro da Liga dos Assassinos, que mais tarde se redime como membro da família Batman. Em sua primeira aparição, ela era personagem secundária do Arqueiro Verde, Oliver Queen.

– Na lousa do apartamento de Felicity aparece a palavra “Oracle” riscada. Nos quadrinhos, Oráculo é o codinome de Bárbara Gordon que utiliza da tecnologia após ficar paralisada da cintura para baixo. Esta foi a segunda vez que o nome aparece na série, que já foi citado por Oliver na quarta temporada no episódio “A.W.O.L.”

Tags Arrow
Avatar

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.

2 comments

Add yours

Post a new comment