Arrow, 7ª temporada: informações, trailer e spoilers

Imagem: Divulgação

Série mãe do universo CW/DC na televisão, Arrow retorna nesta segunda (15) para sua sétima temporada, nos Estados Unidos. Novamente, a promessa é de reformulação. Quem sabe, a última.

Desde a quarta temporada, a produção do seriado vem explorando diferentes caminhos para agradar ao público e manter o Arqueiro Esmeralda bem situado no universo. Meta-humanos, magia, retorno às raízes, dissolução e reformulação da equipe, a série já passou por todas essas fases. Com exceção da quinta temporada, elogiada por público e crítica, parece que esse esforço de fazer algo novo ainda não se consolidou.

Talvez por isso, os rumores de que a nova temporada possa ser a última têm ganhado força. O que certamente deixará os fãs tristes, pois o carinho com o seriado é grande, apesar do percurso turbulento.

Mas, afinal, o que esperar da sétima temporada de Arrow?

Mudanças na equipe de produção

A primeira alteração significativa ocorreu ainda na sexta temporada, quando foi anunciada a saída de Marc Guggenheim e Wendy Mericle da posição de showrunners. Agora, Beth Schwartz assume o comando da série, com a promessa de aprofundar a veia dramática e os conflitos.

Guggenheim era a cabeça pensante em Arrow desde a primeira temporada, sendo uma pessoa mais envolvida com o universo das HQs. Nas três primeiras temporadas, possuía comando quase absoluto do roteiro. Na quarta temporada, Wendy Mericle ganhou maior força na criação, para poder explorar os relacionamentos entre os personagens. A ela credita-se o desenvolvimento do romance “Olicity”, adorado e odiado.

Os dois ainda participarão da equipe de criação, mas caberá a Schwartz as decisões principais, como a trama da temporada e o tom a ser adotado. Pelos primeiros teasers e promos, podemos esperar algo mais próximo da 1ª e 5ª temporada.

Oliver Queen preso

Ao final da sexta temporada, os roteiristas tomaram uma decisão corajosa e necessária para a lógica da série: a identidade de Oliver foi revelada e ele foi preso. Agora, o desafio da nova temporada é explorar essa realidade do protagonista preso, lidando com os criminoso que prendeu e vendo seu legado como Arqueiro ser posto a prova.

De acordo com o próprio Stephen Amell, a trama da prisão não será algo rapidamente resolvido e pontual (a exemplo do arco Flashpoint na série irmã). O ator chegou a comentar que, em certo momento, a série terá duas histórias paralelas: a sua na prisão, e da equipe lidando com a escalada do crime em Star City.

Outro aspecto animador para a temporada é o visual do personagem, que deverá finalmente ostentar a barba clássica dos quadrinhos. Se o humor sarcástico já não é mais uma possibilidade, aproximar a imagem ao Arqueiro clássico pode ser uma boa forma de dar adeus aos fãs.

Como estará a cidade após a prisão de Oliver?

Outro ponto que deverá ser explorado nesta temporada é o impacto da revelação de identidade do Arqueiro Verde na população. Vez ou outra a série aborda a dualidade da figura do vigilante, herói para uns, criminoso para outros. Parte do arco envolvendo Adrian Chase tinha esse foco, para desconstruir Oliver.

Desta vez, não há mais dúvidas ou discussões: Oliver Queen é o Arqueiro Verde. O mundo todo sabe. E quais as consequências disso? Velhos inimigos poderão retornar? A população se sentirá desprotegida? Novos vigilantes aparecerão?

Dedicar um trecho da série a como Star City vive com essa novidade pode ser um acerto grande da série.

Além disso, é preciso saber como os aliados de Oliver reagirão. Temos o Team Arrow desmontado, Felicity e William isolados, Thea longe, e Quentin Lance morto. Há bastante coisa para ser mostrada ao público por aí, principalmente como a Laurel Lance da Terra – 2 agirá após a morte de Quentin. Os teasers sugerem que ela assumirá o posto de promotora. Veremos como isso se desenrolará.

Os Caçadores e Richard Dragon

Um ponto a parte de todas as temporadas de Arrow diz respeito aos vilões da série. Na sexta temporada, os roteiristas tentaram criar um grande vilão à semelhança do feito com Slade Wilson. Foi mostrada a transformação de Ricardo Díaz, um traficante médio na cidade, em Dragon, um senhor do crime poderoso e persistente.

As leitoras e leitores da versão Novos 52 do Arqueiro Verde sabem que Richard Dragon é um dos, se não o, principais vilões recentes do personagem. Assim, faz sentido a série explorar mais sua criação e coloca-lo como o primeiro vilão a ter protagonismo em duas temporadas.

Além de Dragon, teremos a aparição dos Caçadores (The Longbow Hunters). Ao fim da sexta temporada, com a menção ao grupo, parecia que seriam os principais vilões da série. Porém, na sua apresentação em trailer recente, ainda não foi possível identificar maior protagonismo do grupo na série. Curioso também porque nas cenas da prisão, Oliver encara dois membros do grupo nos quadrinhos (Vertigo e Brick).

Também tivemos a indicação nos trailers da aparição de um novo Arqueiro Verde. Será Roy Harper em mais uma tentativa de salvar Oliver? Ou teremos realmente um novo postulante ao manto do vigilante, talvez adotando métodos mais violentos?

Em mais uma temporada, os fãs de Arrow esperam que a série continue a trazer novas histórias do Arqueiro e surpreenda com boas tramas e, quem sabe, um final épico.

O episódio “Innmate 4587”, estreia da sétima temporada, vai ao ar nos EUA nesta segunda, 15/10. Fique ligado no Mix para as reviews e notícias do seriado.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XeA7FpZxpIY&t=1s[/youtube]

Tags Arrow
Luiz Alves

Luiz Alves

Historiador, fã de histórias em quadrinhos e jogador de RPG de longa data. Tem interesse por séries de suspense, como Hannibal, The Killing, Luther etc., de fantasia, como Penny Dreadful; e de todas as séries baseadas em HQs.

No comments

Add yours