As homenagens à John Hughes nas séries de TV

“A vida passa rápido demais, e se você não parar de vez em quando para vivê-la acaba perdendo seu tempo”. BUELLER, Ferris.

 

John Hughes. Se você hoje tem por volta dos seus 30 anos de idade este nome significa muito em sua vida. Sim, eu falo do homem por trás de grandes genialidades do cinema. Não são filmes premiados, muito menos indicados à Oscar. Entretanto, são filmes que exprimem um significando imenso na vida de muita gente. John Hughes recentemente foi homenageado na comédia The Goldbergs, uma série que se passa nos anos 1980, e toda uma infância conseguiu ser revivida em 20 minutos, o que me inspirou a escrever este texto.

Talvez você tenha o seus 30 anos mas nem saiba quem foi John Hughes. Pois bem, ele é o nome por trás de grandes clássicos como Curtindo a Vida Adoidado, O Clube dos Cinco, Gatinhas e Gatões, Esqueceram de Mim, Quem Vê Cara Não Vê Coração, entre outros que são nomes conhecidos para aqueles que ficavam vendo a Sessão da Tarde nas tardes entre o final dos anos 1980 e o começo da década de 1990.

 

Continua após a publicidade

Curtindo A Vida Adoidado, Clube dos Cinco, Gatinhas e Gatões, Esqueceram de Mim… alguns dos clássicos

de John Hughes

 

Hughes era visionário e conseguiu a façanha de produzir filmes adolescentes que fossem sucesso comercialmente. Sim, porque antes o adolescente poderia ir ao cinema assistir a filmes que hoje são considerados cults, como Indiana Jones, Star Wars entre outros. Mas falar sobre adolescente para adolescente era uma meta que Hughes com certeza alcançou com êxito nos anos 1980. Os textos do cineasta são extremamente ricos em seus diálogos, fazendo com que o filme que era direcionado para o adolescente tratasse estes personagens foco como gente grande. São conflitos reais, que muitas vezes eram ignorados simplesmente por parecer “coisa de adolescente”. O primeiro beijo, a vergonha de suas origens, questionamentos sobre sexo, profissão, drogas… Tudo era muito naturalizado.

Infelizmente, o diretor acabou falecendo em 2009, jovem, aos 59 anos de idade, mas seu legado continua vivo até hoje. Prova disso são o que as séries de TV, que volta e meia trazem em seus episódios alguma maneira de homenagear suas histórias.

ER John Hughes

Episódio de E.R. inspirado em filmes de John Hughes

Episódio de E.R. inspirado em filmes de John Hughes

Talvez a que mais inspire seja O Clube dos Cinco (The Breakfast Club, 1985). A simples história de cinco alunos que passam um sábado inteiro em detenção na escola, cada um com seus problemas e conflitos, serve de base para muitos episódios nas séries de TV. E.R., por exemplo, inspirou todo um episódio (8×16 – “Secrets and Lies”) neste filme, ao trancar cinco médicos em uma detenção por mexerem em objetos sexuais de uma dominatrix que deu entrada no hospital. E ai você se pergunta: o que um filme adolescente poderia inspirar em um texto de um dos maiores dramas médicos de todos os tempos? A genialidade com que o Hughes em seu roteiro questionava a luta interna que todos nós enfrentamos em algum ponto de nossas vidas.

Os dramas adolescentes também se inspiraram em seu predecessor. Dawson’s Creek no episódio “Detention” (1×07) realizou o mesmo tipo de homenagem, assim como One Tree Hill (5×09 – For Tonight You’re Only Here to Know), ao trancar seus protagonistas na biblioteca da escola para que se questionassem sobre os mais diversos transtornos. A força do diretor é tão grande que ambas chegam a repetir homenagens. Creek no episódio “Castway” (6×15), homenageia o filme Construindo Uma Carreira (Career Opportunities, 1991) escrito por Hughes, em que um rapaz e uma moça passam uma noite em uma loja de conveniências. Já OTH separou todo um episódio para homenagear o diretor, que tinha recém falecido em 2009, no episódio “Don’t You Forget About Me” (7×15) – nome da música tema do clássico Clube dos Cinco, colocando diversas tramas escritas por Hughes servindo como base para as histórias contadas ali, como por exemplo os filme A Garota de Rosa Shocking (Pretty in Pink, 1986), Mulher Nota 1000 (Weird Science, 1985), Esqueceram de Mim (Home Alone, 1990) e Antes Só do que Mal Acompanhado (She’s Having a Baby, 1988).

 

One Tree Hill Gatinhas e Gatoes“Eu já tenho tudo o que desejei”. One Tree Hill homenageia cena de Gatinhas e Gatões.

 

Recentemente, The Goldbergs trouxe o nome de Hughes ao destaque de novo. A comédia da ABC volta e meia homenageia algo relacionado a cultura pop, e desta vez, um dos maiores filmes de Hughes foi o escolhido para tal: Curtindo a Vida Adoidado (Ferry’s Bueller Day Off, 1986). Um dos maiores clássicos dos anos 1980, inspirou o personagem da série Barry a criar o seu próprio dia de folga, que assim como o garoto do filme, tenta burlar a família para apenas matar um dia de aula, afinal como ele poderia ir à aula em um dia tão bonito como aquele?

Vale ressaltar que o episódio ainda teve a participação de Charlie Sheen, reprisando seu personagem que no longa de 1986 estava preso e tem um diálogo com a irmã de Ferris. O ator reprisa os mesmos diálogos com a irmã do protagonista Adam, e completa mais essa excelente homenagem com direito a muito “Twist and Shout” no fim.

 

The Goldbergs Curtindo a Vida

Curtindo a Vida Adoidado acima inspirando as cenas do episódio especial de The Goldbergs

 

Curtindo a Vida Adoidado com certeza moldou uma geração, e assim como muitos filmes de Hughes, sabe expressar em simples linhas, uma excelente leitura do que era ser adolescente naquela época e, principalmente, reconhecê-los como pessoas que enfrentavam problemas diariamente. Conflitos que podem parecer bobos para um adulto qualquer, mas que com certeza molda o caráter daquele que um dia irá crescer. Afinal, parafraseando O Clube dos Cinco, “quando crescemos, nosso coração morre!”.

Se você ainda não conhece a obra de Hughes, faça uma maratona. Confira alguns destes filmes citados no texto, e conheça um roteiro impecável, que servirá ainda por muito tempo para definir o que é ser um simples adolescente.

Confira abaixo a homenagem que o diretor recebeu no Oscar em 2010 devido à seu falecimento:

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=DvmVYNr0lk0[/youtube]

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

4 comments

Add yours
  1. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 19 março, 2015 at 08:12 Responder

    Esse texto ficou show, e torço por muitas outras referências. Esse episódio de The Goldbergs baseado em Curtindo A Vida Adoidado pra mim foi o segundo melhor episódio da série, com certeza

Post a new comment