As novidades da Netflix em fevereiro: o que vale a pena (ou não) assistir

Fevereiro foi um mês fraquíssimo na Netflix. Ao menos no âmbito das séries, tudo foi muito morno. Embora tenha trazido novas temporadas de alguns sucessos (como Supernatural e Vikings), a plataforma trouxe poucos títulos, talvez já esperando o fato de que, no Brasil, o povo não fica muito em casa durante o mês de fevereiro.

Continua após a publicidade

Segunda temporada da série do Showtime que traz o embate entre um promotor de justiça e um bilionário que sempre andou na margem da lei. Egos entram em conflito e o dinheiro é o que vale menos em uma batalha de homens que tem tudo – e nada – a perder.

Talvez a primeira temporada tenha feito sucesso na Netflix, o que fez a plataforma investir em um formato semelhante àquele de Better Call Saul. Depois que os capítulos são exibidos nos EUA, eles são disponibilizados na plataforma. Assim, uma vez por semana há um episódio novo. Até agora, Billions tem feito uma temporada tão boa quanto a anterior, o que quer dizer muito, já que a série é uma das melhores novidades de 2016.

O negócio da família. Os irmãos Winchester continuam suas idas e vindas matando monstros, brigando e se amando. A 11ª chega à plataforma dando continuidade a um sucesso absoluto.

A essa altura do campeonato, não importa realmente se Supernatural está boa ou não. O que quero dizer é: a série viu sua 11ª chegar à Netflix e só vai assistir esta quem assistiu as outras dez. Ou seja: são os fãs que voltarão pra assistir e, para eles, Supernatural segue com muita coisa para queimar. Ainda há fôlego na série. Mas até quando? Enquanto tiver coisa nova, a Netflix trará para o público.

O épico da History chega na quarta temporada surpreendendo. Neste ano, a série acompanha as batalhas entre Ragnar e Rollo, o crescimento de Bjorn e a invasão da Inglaterra. O escopo aumenta e não decepciona.

Vikings sempre foi subestimada de certa forma. Em sua quarta temporada, a série parece abraçar o lado épico e aumenta a escala, aproximando a técnica e a narrativa ao formato cinematográfico. A fotografia, que sempre foi ótima, está mais impecável do que nunca e as cenas de ação surpreendem ainda mais. Com a nova temporada disponível, torcemos para que mais pessoas conheçam o show.

Na nova temporada, produzida pela Netflix, os domadores de dragão unem forças com outras tribos para, juntos, lutaram contra Viggo, que planeja uma nova arma.

É sabido que as séries animadas que continuam os filmes de forma semi-independente não possuem a mesma qualidade técnica. Ainda assim, Dragões merece atenção daqueles que gostam dos filmes ou já assistiram temporadas anteriores. Não é uma experiência tão completa, mas vale a pena. A diversão para os pequenos, ao menos, é garantida.

Depois de anos casados, as coisas andam meio frias entre um casal que chega à meia idade. Preocupados e sem conseguir ter um filho, a relação anda tumultuada. Terapias não ajudam, mas Ele resolve sair com uma acompanhante apenas para ter uma experiência nova. Sem sexo, sem envolvimento, apenas uma conversa e uma análise. Mas eles se atraem. Tudo complica quando a esposa também conhece a acompanhante. E também se apaixona.

Injustamente fora do radar do grande público, Eu Tu Ela chegou de mansinho na Netflix. O que a princípio parece uma trama frouxa repleta de clichês, torna-se, com o tempo, uma interessante mistura de comédia, drama e romance permeada com interessantes comentários sociais. A série aborda temas pouco trabalhados, e tudo de forma adulta, sem deixar-se levar por piadas gratuitas ou preconceito. Segunda temporada já garantida.

Matheus Pereira

Matheus Pereira

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.

No comments

Add yours