Ator de Glee se declara culpado por posse de pornografia infantil e pode pegar até 7 anos de prisão

Imagem: Fox/Divulgação

Continua após as recomendações

O ator Mark Salling, que ficou conhecido por seu trabalho na série musical Glee, onde interpretou o estudante rebelde Noah “Puck”, voltou a ser notícia de um jeito nada legal. Mark se declarou culpado por posse de pornografia infantil em um processo que se arrasta desde 2016.

Salling havia sido preso em dezembro de 2015, depois que a Polícia dos EUA encontrou milhares de imagens de pornografia infantil em seu computador pessoal.

Continua após a publicidade

De acordo com a US Weekly, para escapar de uma sentença que poderia chegar a 20 de prisão, o ator fez um acordo com a promotoria do caso e se declarou culpado e concordou em cumprir de 4 a 7 anos de prisão.

O acordo prevê ainda que Mark se registre oficialmente como um agressor sexual e que não tenha nenhum contato com qualquer pessoa menor de 18 anos, a menos que a mesma esteja acompanhada por seus responsáveis legais. Após cumprir a sentença, o ator deverá ficar a 100 metros de distância de pátios de escola, parques, piscinas públicas, playgrounds e salas de videogame. Ele também ficará sob vigilância do Estado durante 20 anos.

O ex-astro teen, hoje com 35 anos, deverá também pagar aproximadamente 50 mil dólares a cada uma das vítimas que solicitou, de acordo com os documentos do tribunal. Ele também deve entrar em um programa de tratamento para agressores sexuais. Segundo informações, o acordo ainda deverá ser aprovado pelo juiz.

Fonte: US Weekly

1 comentário

Adicione o seu

Post a new comment